- Publicidade -
23 C
Rio de Janeiro
Início Rio de Janeiro Coronavírus: mais de 260 mil doses de vacina contra a gripe já foram aplicadas na cidade
- Publicidade -

Coronavírus: mais de 260 mil doses de vacina contra a gripe já foram aplicadas na cidade

Mais Lidas

Novos casos de vírus na Itália diminuem e a OMS vê progresso

             Preciso de ajuda? Contate-Nos     Detectamos atividades incomuns na sua rede de computadores         Para continuar, clique na caixa abaixo para nos informar que você...

A vacinação no Riocentro, em sistema drive thru, conta com o apoio da Cruz Vermelha e do Exército – Marcelo Piu/Prefeitura do Rio

A Prefeitura do Rio abriu nesta quarta-feira (25/03) mais um ponto de vacinação contra a gripe. O posto, montado no estacionamento do Riocentro vacinará das 8h às 17h. Além dessa nova estratégia, os cinco postos do Detran continuarão a vacinar das 10h às 16h. A população também tem à disposição as 233 clínicas da família e os centros municipais de Saúde. É importante ainda destacar que o município do Rio não adotou o escalonamento de idades nos seus postos de vacinação, que continuam recebendo todos os idosos a partir dos 60 anos. 

- Publicidade -

Outra medida adotada pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS) é a aplicação das doses em casa para pessoas acima de 80 anos. Do início da campanha até agora, já foram aplicadas mais de 260 mil doses da vacina na cidade. Desse total, mais de 4 mil foram vacinados em casa. 

“Não abriremos mão da nossa estratégia de vacinação, principalmente a do drive thru. Aqui na cidade não será adotada a estratégia por faixa etária, como sugerido pela Secretaria de Estado de Saúde. Pessoas acima de 80 anos devem aguardar em casa, evitando o risco de pegar coronavírus e gripe. Fique em casa!”, diz a secretária municipal de Saúde, Beatriz Busch.   

Para ampliar a cobertura, a SMS convidou médicos e enfermeiros da cidade para retirarem, gratuitamente, nos 29 postos da vigilância em saúde, as doses da vacina para oferecer a parentes, vizinhos e pacientes. Mais de 2.500 profissionais de saúde já fizeram a inscrição no link bit.ly/3duwH3M

Nessa primeira etapa, a Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza é para idosos acima de 60 anos e profissionais de saúde. A campanha vai até 22 de maio. Na segunda fase, a partir do dia 16 de abril, a vacina estará disponível para três outros grupos: professores das escolas públicas e privadas; profissionais das forças de segurança e salvamento; e portadores de doenças crônicas.   

Já no sábado, dia 9 de maio, dia D de mobilização nacional, se inicia a terceira fase da campanha, com mais grupos inseridos: crianças de seis meses a 5 anos, 11 meses e 29 dias; gestantes e mulheres até 45 dias após o parto; população privada de liberdade e funcionários do sistema prisional; indígenas; adultos de 55 a 59 anos; pessoas com deficiência.   

A SMS detalhou a estratégia de ações capazes de evitar aglomerações e esclareceu as principais dúvidas surgidas no primeiro dia de vacinação. Confira a seguir. 

Quem aplica a vacina precisa usar máscara e luva? 

Não. O profissional de saúde só deve usar máscara quando está atendendo um paciente com suspeita de coronavírus. Este é um protocolo determinado pelo Ministério da Saúde, válido para todo o Brasil, e não uma decisão da Prefeitura do Rio. 

Quem vai se vacinar precisa usar máscara? 

Não. Se o paciente tem suspeita de coronavírus, deve ficar em isolamento. Se está saudável, a máscara não é necessária. Se for usada por muito tempo e de forma errada, ela pode, inclusive, gerar contaminação. 

A vacina protege contra coronavírus? 

Não. Esta vacina é contra a gripe, especificamente contra os três tipos do vírus Influenza mais comuns no Hemisfério Sul, incluindo o H1N1. 

Drive Thru da Vacinação 

Estacionamento do Riocentro (entrada pelo portão D) – das 8h às 17h 

⇒ Postos Detran-RJ – das 10 às 16h 

Campo Grande – Estrada do Mendanha, 1672 

Ilha do Governador/Infraero – Estrada de Tubiacanga s/n 

Barra da Tijuca – Av. Ayrton Senna, 2541 

Catete – Rua Machado de Assis, 80 1 

Tijuca/Haddock Lobo –– Rua João Paulo I, 194 

Unidades de Saúde da SMS – das 8h às 17h

233 Clínicas da Família e Centros Municipais de Saúde

Clique aqui e saiba onde ser vacinado

Horário: 8h às 17h

Município compra cestas básicas para serem distribuídas à população prejudicada economicamente

Coronavírus: três hotéis já estão prontos para abrigar e proteger idosos de comunidades

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

Assine nossa Newsletter

Receba as priincipais notícias do Brasil e do Mundo em seu email

Falando Nisso...
Conteúdo Relacionado

- Publicidade -
-- Conteúdo Recomendado -
- Publicidade -

Mais Notícias
Conteúdo Relacionado

- Publicidade -