quinta-feira, fevereiro 20, 2020
34.3 C
Rio de Janeiro
Início Esportes Rio de Janeiro teve temporada histórica no poker de 2019 e promete mais do mesmo no novo ano
- Publicidade -

Rio de Janeiro teve temporada histórica no poker de 2019 e promete mais do mesmo no novo ano

Jogador que brilhou no Campeonato Brasileiro de Poker, Mesqueu se consagrou com a maior pontuação da história do campeonato

Mais Lidas

Morte de bebê de 8 meses por sarampo é a primeira no Rio em 20 anos

Criança faleceu no início de janeiro em Nova Iguaçu

Amor de Mãe: Lídia desmascara Tales e procura Penha

A ficha da socialite caiu quando ela soube dos crimes já cometidos pelo jovem
- Advertisement -

O poker carioca já é extremamente consolidado há anos. Uma vez campeão do Campeonato Brasileiro de Poker por Equipes (CBPE), os jogadores do Rio de Janeiro figuram entre os principais do país desde os primórdios da modalidade no Brasil.

Só que 2019 entrou para um novo patamar na história do poker carioca. Com um veterano campeão brasileiro nascido no Estado do Rio de Janeiro e outros ótimos resultados em diversos torneios, os competidores cariocas se superaram em um ano incrível.

- Publicidade -

Assim como acontece no poker online, na versão física o jogo é também repleto de táticas e possibilidades estratégicas e o Estado do Rio de Janeiro conta com os melhores jogadores do país no que tange a esse assunto. O grande destaque carioca em 2019 vai para Marcelo Mesqueu.

Publicidade

Jogador que brilhou no Campeonato Brasileiro de Poker, Mesqueu se consagrou com a maior pontuação da história do campeonato: 4.444 pontos somados. Nas sete etapas disputadas, o carioca somou em todas e não deu chance para nenhum adversário chegar perto.

A vantagem de Mesqueu sobre o segundo colocado foi praticamente o dobro e isso marcou um ano simplesmente incrível do carioca.

“A emoção é muito forte, mesmo não tendo a disputa até o fim, adrenalina no ápice, mas é uma coisa bem gostosa, a família toda aqui presente. É algo que eu não achava que teria outra oportunidade, depois do que aconteceu em 2017”, disse o jogador após a conquista.

A vitória de Mesqueu é a cereja no bolo de uma carreira impressionante. O jogador é um veterano das mesas de poker e tem o seu nome vinculado às primeiras colocações de torneios relevantes há aproximadamente uma década.

Com um histórico de destaque e um ano tão espetacular como 2019, não há dúvidas de que Mesqueu vai começar a nova temporada do Campeonato Brasileiro de Poker como um dos principais favoritos ao título.

Mesqueu não foi o único carioca que brilhou no Campeonato Brasileiro de Poker deste ano. Vários outros jogadores do Estado também fizeram bonito e elevaram ainda mais o status do poker do Rio de Janeiro no cenário nacional.

Entre os cariocas que se destacaram no Campeonato Brasileiro deste ano, outro nome de muita relevância é Pablo Almeida. O jogador ficou na sexta colocação do ranking principal — o mesmo que Mesqueu venceu.

Além de ter ficado com a honrosa sexta colocação de um ranking tão disputado e acirrado, Pablo foi o grande campeão do ranking Omaha. Essa modalidade é a segunda mais importante de todo Campeonato Brasileiro e Pablo dominou de maneira impressionante.

Com quase 300 pontos de diferença em relação ao segundo colocado, Pablo entrou para a última etapa da temporada, que foi disputada em São Paulo, com grandes chances de ser o campeão e assim assegurou o título sem muitas dificuldades.

“É muita felicidade, não comecei o ano planejando brigar pelo ranking, vou nas etapas para me divertir, mas foi acontecendo. É legal demais, uma sensação indescritível”, disse Pablo após a conquista cravada em São Paulo.

O Estado do Rio de Janeiro quase teve outro campeão no terceiro ranking do Campeonato Brasileiro de Poker. Na modalidade Mixed Games, que é composta por vários jogos diferentes de poker em um mesmo tipo de evento, Mesqueu ficou com a segunda colocação e por pouco não conquistou o título.

Mesqueu, campeão do ranking principal, ficou com 730 pontos nessa modalidade e terminou a temporada com só 30 atrás de Rogério Siqueira — competidor do Estado do Alagoas.

O carioca tinha assumido a liderança no penúltimo dia de torneio do Campeonato Brasileiro, mas na decisão perdeu para o alagoano, que virou nos momentos finais.

Vale citar que outros jogadores cariocas tiveram um ano de muito destaque no Campeonato Brasileiro de Poker deste ano, através do ranking principal. Felipe Brasil ficou com a 7ª colocação geral, enquanto Luiz Cunha (11º), Marcos Henrique (17º), Leonardo Ferreira (22º) e Manoel Filho (24º) completam a lista dos competidores do Rio de Janeiro que fizeram bonito no circuito em 2019.

Na temporada de 2019, nenhum outro Estado contou com mais jogadores no top 30 do Campeonato Brasileiro de Poker do que o Rio de Janeiro.

Com tantos jogadores na elite do poker brasileiro, é natural que as expectativas sejam muito grandes para o poker carioca em 2020 e, muito provavelmente, o Estado seguirá como um dos principais do país e conquistando grandes resultados individuais e coletivos.

- Publicidade -

Assine nossa Newsletter

Receba as priincipais notícias do Brasil e do Mundo em seu email

Falando Nisso...
Conteúdo Relacionado

- Publicidade -
-- Conteúdo Recomendado -
- Publicidade -

Mais Notícias
Conteúdo Relacionado

Flamengo e Independiente Del Valle jogam pela Recopa Sul-Americana

Os dois clubes estão no grupo A da atual edição da Libertadores

No Rio, cerca de 1,5 mil foram vítimas de importunação sexual

Casos foram registrados entre outubro de 2018 e dezembro de 2019

K-POP: Rio de Janeiro recebe turnê do BLANC S

O dueto se prepara para encontrar os fãs brasileiros.

“Emilinha” está em cartaz no Teatro Cesgranrio

No repertório, clássicos da MPB, boleros românticos e inesquecíveis marchinhas de Carnaval

K-POP: Rio de Janeiro recebe turnê do BLANC S

O dueto se prepara para encontrar os fãs brasileiros.

“Emilinha” está em cartaz no Teatro Cesgranrio

No repertório, clássicos da MPB, boleros românticos e inesquecíveis marchinhas de Carnaval

Fluminense empata e acaba eliminado da Sul-Americana

Tricolor ficou no 0 a 0 com Unión La Calera

Marta e sua importância para o futebol feminino

Aos 20 anos, conquistou pela primeira vez o prêmio de melhor jogadora do mundo da Fifa

Veja a Agenda dos Blocos de Rua do Rio em 2020

Não faltam opções para quem curtir a folia no Rio de Janeiro

Previsão do tempo para o Carnaval 2020 no Rio de Janeiro

No estado do Rio de Janeiro há risco de temporais à tarde e à noite na sexta-feira, 21 de fevereiro

Agenersa multa Cedae em cerca de R$ 5,6 mi por falta de água nos hidrantes do Museu Nacional

A decisão foi julgada nesta terça-feira (18/02) durante a Sessão Regulatória Ordinária

MetrôRio funcionará 24h durante o Carnaval 2020

Operação contará ainda com extensão da linha 2 até General Osório.
- Publicidade -