- Publicidade -

Braziliam Storm surfa pelo quarto título mundial

Medina, Ítalo Ferreira e Filipe Toledo têm chances de levar o caneco

- Publicidade -

A partir do próximo domingo (8) os olhos dos amantes do surfe estarão voltados para a ilha de Oahu, no Havaí, onde acontece o Billabong Pipe Masters, última etapa do Circuito Mundial masculino da modalidade e o palco no qual será coroado o próximo campeão mundial.

Após a disputa de 10 etapas nos últimos sete meses, três brasileiros, um norte-americano e um sul-africano estão vivos na disputa promovida pela Liga Mundial de Surfe (WSL, na sigla em inglês).

Favoritismo brasileiro

- Publicidade -

O grande favorito a ficar com o título é o potiguar Ítalo Ferreira. Após a conquista das etapas de Gold Coast (Austrália) e de Peniche (Portugal), o brasileiro lidera o ranking do campeonato mundial com 51.070 pontos.

“Ítalo tem a vantagem dos pontos. Assim, caso todos os candidatos caiam na mesma etapa da competição, o título é do Ítalo. Entendo que chegar como líder na última etapa pode ser uma vantagem, mas pode se tornar uma desvantagem caso se torne uma fonte de pressão”, afirma Marcelo Boscoli, ex-surfista profissional, e que já atuou como comentarista da WSL no Circuito Mundial.

Outro brasileiro que chega com moral lá no alto é Gabriel Medina. O atual campeão mundial ocupa a segunda posição da corrida pelo título com 50.005 pontos e duas etapas conquistadas: Jeffreys Bay (África do Sul) e Lemoore (EUA). E o atleta, natural de São Sebastião (SP), torce por um tropeço de Ítalo para garantir o terceiro Mundial de sua carreira.

Na opinião de Marcelo Boscoli, Medina tem a vantagem de ter o melhor retrospecto em Pipeline: “Medina deve ser considerado favorito em qualquer situação. Ele é o postulante ao título atual que mais vezes viveu esta situação, chegar ao Havaí vivo na disputa. Além disso, tem o melhor retrospecto entre os que ainda lutam pelo Mundial. É frio e alcançou os melhores resultados em etapas decisivas”.

Um intruso na disputa brasileira é o sul-africano Jordy Smith. O surfista, que busca um inédito título mundial, ocupa a terceira posição do ranking com 49.985 pontos. Mesmo não tendo conquistado nenhuma etapa, ele foi muito constante durante toda a temporada, com a presença em três semifinais e duas finais.

Mas a presença do sul-africano em Pipeline ainda é incerta, pois ele sofreu uma lesão, no final de novembro, durante uma etapa do WQS (divisão de acesso) disputada no Havaí.

Em busca do título inédito

O terceiro representante do Brasil que busca a coroa de rei do surfe em 2019 é Filipe Toledo. Com a vitória na etapa do Rio de Janeiro (Brasil), o surfista natural de Ubatuba (SP) tem a quarta posição do ranking com 49.145 pontos. Ele também é um dos candidatos ao título que nunca garantiu um Mundial.

Fechando a lista de concorrentes aparece o norte-americano Kolohe Andino. Com 44.665 pontos tem pouquíssimas chances na disputa. Ele só leva o troféu Mundial para casa caso tenha uma performance fenomenal em Pipeline e conte com atuações desastrosas de seus quatro adversários.

Tóquio 2020

Além de ser o palco no qual será coroado o próximo campeão do Circuito Mundial, Pipeline também servirá para definir os atletas que representarão o Brasil no surfe na próxima edição dos Jogos Olímpicos, que acontecem em Tóquio em 2020.

Uma das possibilidades de classificação é através do ranking da WSL. Os 10 melhores colocados no final da temporada garantem uma vaga (com um limite de dois atletas por país).

Desta forma, os dois primeiros brasileiros no raking da WSL carimbam o passaporte para os Jogos de 2020.

- Publicidade -

Falando Nisso...
Conteúdo Relacionado

Mais Notícias
Conteúdo recomendado para você

Reforços do Vasco da Gama: Clube acerta a contratação de Jucilei, do São Paulo

O Gigante da Colina ainda busca dois laterais, um zagueiro e um camisa 10

Lei anticrime entra em vigor nesta quinta-feira (23)

Projeto foi sancionado pelo governo em 24 de dezembro de 2019

Prefeitura do Rio volta a pedir reabertura de instalações olímpicas

MPF pediu fechamento devido a falta de licenças obrigatórias

Moradores de prédios irregulares da Muzema são cadastrados no Rio

Condomínio irregular será desocupado posteriormente, diz prefeitura

“SBT Folia 2020” mostra todo o agito de Salvador entre os dias 21 e 25 de fevereiro

Helen Ganzarolli, Nadja Haddad e Léo Sampaio (apresentador da TV Aratu e especialista na folia baiana) irão comandar a festa

Série espanhola A ZONA estreia na HBO

A série contará com oito episódios, e reconta os eventos que se seguiram à explosão nuclear na Espanha

Riverdale retorna hoje na Warner Channel

Esse momento é seu, Riverdalian! A partir de hoje, 22 de janeiro, às 21h40*, Archie, Betty, Veronica e seus amigos estão de volta em episódios inéditos...

Vitor Kley, Oriente, 3030 e Atitude 67 fazem shows na Praia do Leblon

Em cenário paradisíaco, Tropikal Rio leva o melhor da música para o verão da praia do Leblon

Docas do Rio busca acordo com a EPL para utilizar infraestrutura de fibra óptica na Ponte Rio-Niterói

A CDRJ busca implantar, até o final de 2020, um Local Port Service (LPS) nos Portos do Rio de Janeiro e Niterói

Horóscopo de quinta-feira 23 de janeiro de 2020

Confira as previsões para o amor, dinheiro e saúde.

Luísa Sonza estreia na novela Amor de Mãe

Ela vive uma cantora famosa que vai convidar Ryan (Thiago Martins) para uma parceria musical.

Alerj solicita informações à Cedae sobre fornecimento de água

Parlamento Fluminense também oficiou Ministério Público Estadual e Tribunal de Contas