- Publicidade -

Edições Sesc São Paulo publicam Um circo de rins e fígados: o teatro de Gerald Thomas

No Rio de Janeiro o livro será lançado na noite de 12 de dezembro, no Arte Sesc Flamengo, com bate-papo de Thomas e Luiz Felipe Reis, jornalista, curador e dramaturgo, seguido de autógrafos.

- Publicidade -

Na noite de 11 de dezembro, um evento no Sesc Avenida Paulista marcará o lançamento pelas Edições Sesc São Paulo do livro Um circo de rins e fígados: o teatro de Gerald Thomas, uma reunião das peças escritas e montadas por Thomas no Brasil e no exterior. Na ocasião, além da tradicional sessão de autógrafos com o autor-diretor, haverá bate-papo de Thomas com o jornalista Dirceu Alves Jr., seguido de leitura de trechos das peças por alguns dos atores e atrizes que atuaram em suas criações: Fabiana Gugli, Bete Coelho, Ney Latorraca e Edi Botelho, com direção de Gerald Thomas.
No Rio de Janeiro o livro será lançado na noite de 12 de dezembro, no Arte Sesc Flamengo, com bate-papo de Thomas e Luiz Felipe Reis, jornalista, curador e dramaturgo, seguido de autógrafos.

A obra apresenta os textos integrais de 24 peças acompanhadas de suas respectivas críticas de época, e traz ainda ensaios da organizadora Adriana Maciel, do jornalista Dirceu Alves Jr. e da professora de teoria do teatro Flora Süssekind. O livro configura-se como o mais completo em língua portuguesa sobre a profícua produção autoral desse dramaturgo brasileiro, abrangendo até mesmo o texto de sua peça mais recente, Dilúvio, encenada no Teatro Sesc Anchieta no final de 2017.

- Publicidade -

Os textos teatrais escritos por Gerald Thomas são vivos: emolduram-se à vivacidade dos atores em cena. Organizá-los em um único volume é um registro importante da força da palavra no palco, sem que seja somente ela a motriz de um diretor inquieto, provocador e tão importante para a história do teatro brasileiro.

Criado pela Tuut design, o projeto gráfico do livro tomou como ponto de partida uma declaração de Gerald Thomas, que define uma peça de teatro como um organismo vivo. Segundo ele: “Quando o ator respira, o publico está respirando junto, então o nosso pulmão atinge o pulmão do público. Logo, o teatro funciona como um órgão enorme, um coração, por exemplo, que inspira e expira, e o público inspira e expira junto com o ator. Isso faz com que o teatro se transforme em um pequeno universo.” O conceito adotou uma estética que transmite ousadia e experimentação. A lombada do livro fica exposta quando a capa é aberta, revelando que a marca desse projeto é sua estética visceral na exploração das partes para formar um todo que traduza a sua essência.

Atualmente Gerald Thomas está preparando “Gastrointestinal Prayer”, um solo com a atriz Lotte Andersen que estreia em Copenhagen, em março de 2020. Para o Brasil, ele está escrevendo uma nova peça inspirada em Rembrandt, prevista para estrear em São Paulo no segundo semestre de 2020.

Lançamentos em SP e no RJ

SÃO PAULO

Dia 11/12/2019, Quarta-feira, a partir das 20h.Local: Sesc Avenida Paulista – Av. Paulista, 119, Bela Vista, São Paulo.Tel.: 11 3170-080020h às 21:30h – Bate-papo com Gerald Thomas e Dirceu Alves Jr, seguido de leitura de textos. 21:30h às 23h – Sessão de autógrafos.VAGAS LIMITADAS. RETIRADA DE INGRESSOS 1 HORA ANTES, NO TÉRREO.

RIO DE JANEIRO

Dia 12/12/2019, Quinta-feira, às 19 horas.Local: Arte Sesc – Rua Marques de Abrantes, 99, Flamengo, Rio de Janeiro.19h às 19:30h – Bate-papo com Gerald Thomas e Luiz Felipe Reis, jornalista, curador e dramaturgo.19:30h às 21h – Sessão de autógrafos.

Especificações técnicas do livro

Um circo de rins e fígados: o teatro de Gerald Thomas

Organizadora: Adriana Maciel

Edições Sesc São Paulo2019

Páginas: 594ISBN: 978-85-9493-190-0

Dimensões: 17,5 x 24,5 cmPreço: R$ 95,00
Fotos que integram o livro para download, com crédito na legenda: https://we.tl/t-9olR7Bh1zH

Gerald Thomas

Gerald Thomas é um autor e diretor de teatro cujas habilidades alcançam a dramaturgia, a iluminação, a cenografia, o figurino, o desenho e a música. Sua carreira teve início em Londres, onde vivenciou as primeiras experiências como diretor. Já em Nova York, faz encenações experimentais no teatro La MaMa a partir de textos de Samuel Beckett, com quem acaba trabalhando em Paris, adaptando ficções do autor irlandês. Estabeleceu ainda importantes e produtivas parcerias com o compositor Philip Glass e o dramaturgo alemão Heiner Müller.

A extensa trajetória o fez passar por pelo menos 15 países e vencer por duas vezes o Prêmio Molière e uma vez o Prêmio Mambembe. Tendo dirigido, entre outros, nomes como Fernanda Montenegro, Tônia Carrero, Sérgio Britto, Ítalo Rossi, Rubens Corrêa, Marco Nanini, Ney Latorraca e Julian Beck, em peças marcadas por ousadia e irreverência, o dramaturgo demarca a renovação da cena teatral brasileira nos anos 1980 e 1990, transformando-se em um dos mais instigantes encenadores da atualidade. Thomas é ainda autor dos livros Nada prova nada (Record, 2011), Arranhando a superfície (Cobogó, 2012) e da autobiografia Entre duas fileiras (Record, 2016).

O filósofo Gerd Bornheim considera que Thomas representa, no campo das discussões teatrais, mais do que um propositor de estéticas, mas “um pensador prático criador de uma Poética, ou seja, de um modo de produzir o novo”.

Para saber mais do trabalho de Gerald Thomas acesse http://www.geraldthomas.com

- Publicidade -

Falando Nisso...
Conteúdo Relacionado

Mais Notícias
Conteúdo recomendado para você

Kobe Bryant, astro da NBA, morre em acidente de helicóptero nos EUA

Queda de aeronave vitimou outras quatro pessoas à bordo da aeronave

Horóscopo de segunda-feira 27 de janeiro de 2020

Confira as previsões para o amor, dinheiro e saúde.

Vasco da Gama vence a primeira no Carioca com gol de Cano, veja o Gol

Argentino marcou seu primeiro gol pelo Gigante da Colina

Expectativa de reabertura do Museu Nacional emociona pesquisadores

Equipes trabalham intensamente na busca e restauro de peças do acervo

America goleia o Americano

Christianno, Flamel, Anderson Künzel e Wallinson marcaram os gols do Rubro.

Friburguense vence o Nova Iguaçu

Com o triunfo, o Tricolor Serrano chegou aos 4 pontos, junto do America

Madureira vence a terceira e segue 100%

Na próxima rodada, o Madura volta a jogar na terça-feira (28), às 19h15, contra o Boavista

“Sinal Vital” é o primeiro single do novo trabalho do Sorriso Maroto

As cenas mostram a banda interagindo com vários personagens

Céu lança clipe de “Corpocontinente”

A obra de Céu é marcada pelo posicionamento político sem panfletagem

Horóscopo de domingo 26 de janeiro de 2020

Confira as previsões para o amor, dinheiro e saúde.

Salve-se Quem Puder: O encontro de Alexia e Renzo em Cancún

Salve-se Quem Puder’ é a próxima novela das sete, criada e escrita por Daniel Ortiz

Ivete Sangalo lança novo EP e videoclipe

Anunciando o que está por vir, o EP abre com a faixa-título, “O Mundo Vai”

Wesley Safadão muda o visual para nova show

Cantor aposta no "Buzz Cut", estilo de cabelo totalmente diferente do início da carreira

Aline Riscado estrela novo clipe de dupla sertaneja

Os donos do sucesso “Golzinho Quadrado”, Júnior e Cézar gravaram em Maringá com a musa do verão