- Publicidade -

Venda ilegal de pipoca gera déficit de mais de R$ 100 mil ao Estado do Rio

A inspeção também verificou a ausência de autorização para o ‘Maracanã Mais’ (área reservada aos camarotes)

- Publicidade -

A Comissão Especial de Esportes de Alto Rendimento da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) identificou, por meio de recente vistoria realizada no Estádio Jornalista Mário Filho (Maracanã), que a comercialização de pipoca sem autorização, em 12 jogos, causou um prejuízo de mais de R$100 mil aos cofres do Estado do Rio de Janeiro.

“Resolveram, sem qualquer contrato, vender pipoca em carrinhos de pipoca dentro do estádio. Em primeira análise, parece algo simplório, mas em 12 jogos, trouxe um enorme prejuízo ao estado do Rio de Janeiro”, declarou o presidente da comissão, deputado Rodrigo Amorim (PSL). Ele declarou, também, ter confirmado a comercialização não apenas de pipoca, mas de outros produtos sem cobertura jurídica e recolhimento de impostos.

- Publicidade -

O deputado ainda ressaltou que o comércio no Maracanã e no seu entorno tem funcionado de forma clandestina em dias de jogos e grandes eventos, por conta do número elevado de irregularidades verificadas: “A empresa que comercializa e detém o monopólio de vendas dentro do estádio tem registrado, nas Receitas Estadual e Federal, que a sua sede é no estádio. Isso é um verdadeiro absurdo”.

A inspeção também verificou a ausência de autorização para o ‘Maracanã Mais’ (área reservada aos camarotes) e presença de policiais armados em áreas de circulação dos torcedores. Além disso, foi encontrada, na área da rampa de acesso do Bellini, uma oficina improvisada.

“Identificamos que em um dos principais acessos ao estádio, onde passam centenas de pessoas por minuto em dias de jogos, há uma oficina improvisada. Ali tem farto material perfurocortante, martelo, barras de ferro. Numa hipótese de briga generalizada, esses materiais poderiam ser usados como arma”, explicou o deputado.

No decorrer da vistoria, o parlamentar afirmou ter ouvido relatos que o espaço do Museu do Índio tem servido como entreposto do crime: “Alguns produtos irregulares, contrabandeados, têm sido estocados naquele local, ao lado do estádio, e nos dias de jogos os ambulantes clandestinos comercializam esses produtos, causando graves prejuízos e transtornos. Tomaremos as medidas junto aos setores de inteligência da Segurança Pública no sentido de realizar uma ação para coibir e punir as pessoas que estão envolvidas nessa operação criminosa”.

O major Hilmar Faulhaber Neto, subcomandante do Batalhão Especializado em Policiamento em Estádios (BEPE), salientou que os torcedores não têm acesso ao local de funcionamento da oficina. “Nós temos conhecimento da oficina. A Polícia Militar realiza o laudo de segurança que aprova que o estádio possa receber os torcedores, aquela oficina está num local onde eles não têm acesso em dias de jogos. Não é o local ideal, a gestão do Flamengo poderia adotar uma área fechada para colocar aquele material. Porém, oferece o mínimo de segurança para que o público possa ser recebido no Maracanã”, comentou.

Mais segurança nos estádios

O caso do torcedor flamenguista que matou um botafoguense durante conflito entre torcidas no Engenhão, em 2017, também foi discutido na audiência. Entretanto, o major Faulhaber assegurou que a Polícia Militar tem trabalhado com um nível satisfatório de segurança. “Desde aquele jogo do Flamengo no Maracanã em que houve a invasão generalizada (contra o Independiente/ARG, em dezembro de 2017), não tivemos mais nenhum incidente grave. Isso é fruto de aperfeiçoamento, de adaptações, de tomada de procedimentos por parte tanto da gestão, quanto da Polícia Militar e da Prefeitura. Hoje, atuamos ali com um nível de segurança satisfatório”, frisou.

Participante da audiência, Marcelo Viana, diretor de competições da Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (FERJ), comentou sobre a importância de a comissão cobrar melhores condições nos estádios. “Nós temos um olhar jurídico, de quem está realmente voltado para tomar conta dos espetáculos. É importante para nós que os estádios estejam de forma regular e os torcedores, em segurança”, disse ele

- Publicidade -

Falando Nisso...
Conteúdo Relacionado

Mais Notícias
Conteúdo recomendado para você

Horóscopo de segunda-feira 20 de janeiro de 2020

Confira as previsões para o amor, dinheiro e saúde.

Vasco da Gama empata com o Bangu na estreia do Carioca

Gérman Cano também estreou pelo clube de São Januário

Flamengo e Macaé empatam no Maraca

Na próxima rodada, o rubro-negro terá o clássico contra o Vasco da Gama

Botafogo perde para o Volta Redonda na estreia do Carioca

O Esquadrão de Aço lidera o Grupo B com três pontos, ao lado do Madureira

Horóscopo de domingo 19 de janeiro de 2020

Confira as previsões para o amor, dinheiro e saúde.

BBB20: Conheça os participantes do Big Brother Brasil

São duas turmas, de várias tribos. Pessoas diversas, mas com o mesmo objetivo: viver todas as experiências que o BBB 20 pode proporcionar.

Flamengo e Botafogo estreiam no Carioca 2020 neste sábado

Após temporada mágica em 2019, Mengão estreia no Carioca contra o Macaé; bola também rola no Pará e em Pernambuco

Governo disponibiliza óculos de grau por R$ 60 para população de baixa renda

Programa Ótica Cidadã visa reduzir a evasão escolar por problemas de visão; beneficiários do Bolsa Família e desempregados também podem adquirir o item

MetrôRio realiza operação especial para shows de Elza Soares e Melin na Praia de Ipanema

Estações Jardim de Alah e Nossa Senhora da Paz terão reforço nos efetivos. Também haverá esquema especial para a primeira rodada do campeonato estadual

Governo do Rio quer conceder Cedae à iniciativa privada ainda este ano

Forma de concessão ainda tem de ser aprovada pela Câmara Metropolitana

Cedae recebe equipamento para aplicar carvão ativado na água

Pelo tamanho do equipamento, o transporte precisa ser feito durante a noite. Mais dois caminhões devem chegar ainda neste fim de semana à estação da Cedae.

Linha Amarela receberá 1,3 milhão de veículos no feriado de São Sebastião

Em caso de pane ou acidente, os condutores poderão acionar gratuitamente o socorro mecânico ou médico pelo telefone 0800-0242-355

Horóscopo de sábado 18 de janeiro de 2020

Confira as previsões para o amor, dinheiro e saúde.