- Publicidade -

Governo federal vai conectar 100% das escolas públicas aptas a receber internet

Acesso à web alcançará cerca de 70 mil instituições de ensino, em 5.296 municípios

- Publicidade -

Novas experiências e mais acesso à informação e ao conhecimento. Alunos de escolas públicas urbanas de 5.296 municípios serão beneficiados com internet até 2020. O governo federal, por meio do Ministério da Educação (MEC), anunciou nesta terça-feira, 19 de novembro, a ampliação do programa Educação Conectada nas escolas urbanas. Agora, 100% das escolas que atendem aos requisitos da iniciativa vão ganhar conexão ao mundo virtual, um investimento total de R$ 224 milhões até o final do ano.

Serão, ao todo, 70 mil escolas atendidas, o que significa 27,7 milhões de estudantes do Brasil conectados à internet. Esse é mais um passo importante para permitir pesquisas rápidas e acesso a conteúdos pedagógicos mais diversificados além dos já aplicados em sala de aula pelos professores.

Em cerimônia no Palácio do Planalto, com a presença do presidente Jair Bolsonaro, o ministro da Educação, Abraham Weintraub, afirmou que a medida será implementada imediatamente. “É uma medida para a volta às aulas em 2020. Vamos cuidar das exceções com a ampliação do Educação Conectada. O que era raro, isto é, uma escola pública com internet, passa a ser a regra”, afirmou o ministro.

No início deste mês, o MEC já havia anunciado a expansão do programa para 24,5 mil escolas urbanas, além de garantir que outras 9,9 mil contempladas em 2018 continuassem com o acesso à internet a partir do repasse de dinheiro para a manutenção do serviço. Com o anúncio de hoje, mais 32 mil instituições vão ganhar conexão em 2020 e outras 3,6 mil já atendidas vão receber recursos para manter o programa.

O Educação Conectada tem o objetivo de apoiar a universalização do acesso à internet em alta velocidade e fomentar o uso pedagógico de tecnologias digitais na educação básica.

Para o secretário de Educação Básica do MEC, Janio Macedo, em menos de um ano de governo o presidente Jair Bolsonaro apresentou medidas que caminharam a passos largos para permitir o uso da internet nas salas de aula. “Nós estamos cumprindo o compromisso de buscar a redução de desigualdades por meio de uma educação de qualidade”, disse.

Podem participar as instituições que tenham:

  • pelo menos três computadores para uso dos alunos;
  • no mínimo um computador para uso administrativo;
  • uma sala de aula em funcionamento ou mais;
  • mais de 14 alunos matriculados.


Investimento – Com a destinação dos R$ 224 milhões, será possível contratar os serviços de conexão à internet, implantar infraestrutura para distribuição do sinal nas unidades escolares, e adquirir ou contratar dispositivos eletrônicos – como roteador e nobreak.

Os recursos fazem parte do programa Dinheiro Direto na Escola, administrado pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE). Eles serão repassados diretamente para as instituições.

Para isso, as secretarias municipais e estaduais de Educação devem indicar as unidades escolares a serem contempladas até 19 de dezembro, pelo Sistema Integrado de Monitoramento Execução e Controle do Ministério da Educação (Simec – Módulo Educação Conectada).

Após a indicação e aprovação pelo FNDE, as instituições escolhidas devem realizar o chamado Plano de Aplicação Financeira, que basicamente reúne informações sobre onde o dinheiro será aplicado. Educação

Conectada nas escolas rurais – Outra etapa do programa leva internet também a escolas rurais, o chamado Educação Conectada Rural. Como são instituições situadas em locais de acesso mais difícil, a conexão é feita via satélite. Neste ano, o MEC repassou R$ 60 milhões para o Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) contratar o serviço de internet.

Cerca de 8 mil escolas rurais estarão conectadas à internet até o fim de 2019. Isso representa um aumento de 23% na meta inicial, que era de conectar 6,5 mil instituições no mesmo período. Até o momento, mais de 7 mil já desfrutam da internet.

Capacitação de professores – Além de oferecer a conexão às instituições, o MEC prevê a formação de professores por meio do ambiente virtual de aprendizagem do MEC, chamado de AVAMEC. Somente este ano, mais de 100 mil docentes concluíram cursos pela plataforma

- Publicidade -

Falando Nisso...
Conteúdo Relacionado

Mais Notícias
Conteúdo recomendado para você

Quem vai reforçar o seu time? Confira no ‘Central do Mercado’

Até o dia 6 de janeiro, a apresentação é de André Hernan, que passa o bastão para Carlos Cereto a partir do dia 7

Thyane Dantas curte férias em Orlando com Dom, Ysis e Yhudy

Eles esperam o papai Wesley Safadão, que se junta a eles para completar a bagunça

Monique Alfradique prestigia evento de grife de lingerie

Label italiana de lingerie e loungewear promoveu coquetel com a atriz para celebrar a abertura de sua primeira loja na Serra gaúcha

Marcela Tavares apresenta ‘Não Seja Burro’ em São Paulo

A humorista mulher com as redes sociais mais engajadas no Brasil se prepara para a segunda apresentação do stand-up

TRT do Rio bloqueia contas da prefeitura pra pagar servidores da saúde

A decisão foi tomada nesta quarta-feira (11) pelo vice-presidente do TRT, desembargador Cesar Marques Carvalho, durante audiência de conciliação entre a prefeitura e os trabalhadores

Segundo dia de paralisação na saúde do Rio é marcado por manifestações

Pelas redes sociais, o prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, anunciou nesta tarde que irá pagar os salários dos funcionários.

Raimundos celebra 25 anos de história no palco do Circo Voador

Noite ainda contará com Jimmy & Rats e Meu Funeral

Horóscopo de quinta-feira 12 de dezembro de 2019

Confira as previsões para o amor, dinheiro e saúde.

Odair Hellmann é o novo técnico do Fluminense

Treinador acertou com o Tricolor para 2020

Novo técnico do Fluminense: Tricolor deve contratar Odair Hellmann

Treinador é ex jogador do Fluminense, onde foi campeão da Série C

Grêmio, Internacional e Vasco da Gama querem Victor Luis do Palmeiras

Jogador espera no técnico do Verdão para decidir seu futuro

Hyoran avalia terceira temporada no Palmeiras

Desde que desembarcou no Verdão, em 2017, Hyoran acumula um total 61 partidas, 11 gols e 12 assistências.