- Publicidade -

Supervia retira de circulação 20% de sua frota de trens no Rio

A Secretaria estadual de Transportes informou que lamenta os impactos causados aos passageiros e que está trabalhando para que a normalização do serviço ocorra o mais rápido possível.

- Publicidade -

A malha ferroviária do Rio de Janeiro amanheceu hoje (18) com 40 trens a menos. A redução de 20% da frota anunciada ontem já é uma realidade.

A situação provocou o ajuste da grade horária de quatro ramais – Deodoro, Japeri, Santa Cruz e Saracuruna – cuja operação nos horários de maior movimento tinha intervalos que variavam entre 4 e 15 minutos de acordo com o ramal.

Agora os intervalos estão indefinidos. Passageiros relataram pelas redes sociais pelo menos 30 minutos de espera nesta manhã. Além disso, algumas viagens do ramal Deodoro estão sendo feitas com trens de quatro vagões, em vez de oito. Apenas um trecho do ramal Saracuruna (central-Gramacho) e o ramal Belford Roxo circulam sem alterações.

- Publicidade -

A concessionária que administra o serviço, a Supervia, informou que a retirada de circulação dos trens, todos de um mesmo fabricante – o consórcio chinês CRRC – foi necessária para manter a segurança da operação diante de falhas na caixa de tração das composições.

Segundo a Supervia, os primeiros problemas foram detectados em setembro de 2016, quando a fabricante iniciou um processo de análise técnica. Desde novembro do ano passado vem sendo feito um recall nos trens, mas em junho deste ano, ainda de acordo com a concessionária, novas falhas foram identificadas e a própria fabricante suspendeu o recall até que uma solução fosse encontrada.

Responsabilidade

Os trens foram comprados pelo governo do estado do Rio entre 2014 e 2016. A Supervia informou também que, por estarem em período de garantia, a responsabilidade de solução do problema recai sobre a fabricante chinesa. Não há até o momento previsão de retorno da circulação dos trens. Segundo a concessionária, a situação também está sendo tratada pelo governo do estado.

“A SuperVia lamenta os transtornos e reforça que está mobilizada para adequar a operação da melhor forma, buscando impactar o mínimo possível a rotina dos passageiros. A todo momento, os canais de comunicação da concessionária, nos trens, estações e também na internet, estão informando sobre as condições de circulação de trens. A empresa espera uma solução rápida pelo fornecedor chinês, que permita que o serviço seja normalizado brevemente”, explicou.

A Secretaria estadual de Transportes informou que lamenta os impactos causados aos passageiros e que está trabalhando para que a normalização do serviço ocorra o mais rápido possível.

A Agetransp, agência reguladora das concessões de transporte público no estado, informou que – desde as 3h30 – reforçou a fiscalização nas estações sobre os intervalos e a comunicação feita aos passageiros. Segundo a agência, os comunicados precisam ser feitos antes que os passageiros ingressem nas estações. A agência ainda não divulgou um balanço sobre as fiscalizações nesta segunda-feira.

A Supervia também foi questionada sobre por que a alteração não foi informada com mais antecedência e por que só neste momento os trens foram retirados de circulação, já que desde junho o trabalho de recall está paralisado, mas a concessionária não respondeu até o fechamento desta reportagem.

O Centro de Operações da prefeitura do Rio divulgou orientações aos passageiros. Entre elas, que antecipem os deslocamentos ou adiem o horário de retorno para evitar os horários de pico, e que utilizem o metrô e as integrações com BRT e VLT, quando possível.

Para os passageiros dos municípios da Baixada Fluminense a única opção é utilizar os ônibus intermunicipais para a Central do Brasil, para, posteriormente, realizarem a integração com VLT, metrô e ônibus municipais.

- Publicidade -

Falando Nisso...
Conteúdo Relacionado

Mais Notícias
Conteúdo recomendado para você

Vera Magalhães será a nova apresentadora do Roda Viva

Jornalista tem passagens pela Folha de S.Paulo, onde ao longo de 14 anos foi chefe de reportagem de Política

MC Soffia e Karol Conka participam do Deixa Ela, na TV Cultura

Intitulada Deixa Ela Sonhar: ‘Sim, a gente consegue’, a edição apresenta mulheres que transpuseram diversos desafios

Maia diz que é direito do Senado votar prisão em segunda instância

Texto será o primeiro item da pauta da próxima reunião CCJ do Senado

Glenda Kozlowski vai apresentar reality no SBT após sair da Globo

O programa irá ao ar aos domingos de manhã, e contará com a participação de 22 jovens, com idades entre 18 e 20 anos, que sonham com uma carreira no universo do futebol

“Música na Band” exibe show da dupla João Bosco e Vinícius

O repertório conta com 20 faixas e traz hits como “Amiga Linda”, “Vazio”, “Meia Volta” e uma releitura da canção “Perigo”, grande sucesso dos anos 80.

Riocentro recebe 59ª edição da Feira da Providência

Arrecadação do evento será revertida em programas sociais no Rio

Abertas inscrições para implantar prótese mamária em mulheres no Rio

Mulheres mastectomizadas de todos os municípios fluminenses podem se inscrever para o mutirão

Horóscopo de quinta-feira 05 de dezembro de 2019

Confira as previsões para o amor, dinheiro e saúde.

Amo Séries completa dois anos com mais de 5 milhões de views no YouTube

Canal focado em listas, curiosidades e batalhas de séries ultrapassou 120 mil inscritos em 2019

Os melhores carros para os motoristas de aplicativos

Estudo aponta modelos mais indicados para quem utiliza - ou pretende utilizar - o automóvel como fonte de renda

Igualdade de gêneros no Natal: Mamãe Noel assume o trono do Papai Noel em shopping

Em campanha, Colinas Shopping mostra Mamãe Noel empoderada, como presidente das Fábricas de Doces e Presentes da Família Noel

Edições Sesc São Paulo publicam Um circo de rins e fígados: o teatro de Gerald Thomas

No Rio de Janeiro o livro será lançado na noite de 12 de dezembro, no Arte Sesc Flamengo, com bate-papo de Thomas e Luiz Felipe Reis, jornalista, curador e dramaturgo, seguido de autógrafos.

Previsões para 2020: Crises políticas, catástrofes e progresso. Veja o que videntes, astrólogos e esotéricos preveem

Muitas transformações farão de 2020 um ano de observação, cautela e prosperidade, onde quem estiver disposto, colherá ótimos frutos.

De feira de moda a Latin Jazz, como se divertir sem gastar muito na Lapa

Palco Lapa 145 recebe programação gratuita com shows de jazz, MPB, música latina e até feira de moda