- Publicidade -

Prefeitura retira novamente cobrança de pedágio na Linha Amarela

A ação ocorreu no fim da noite dessa terça-feira, depois que o prefeito Marcelo Crivella sancionou a lei complementar aprovada horas antes

- Publicidade -

Depois de a Câmara de Vereadores do Rio de Janeiro aprovar, ontem (6), a adoção da Linha Amarela pela prefeitura, o Executivo municipal voltou a liberar a passagem de veículos nos dois sentidos da via expressa, que liga a Barra da Tijuca, na zona oeste, ao centro da cidade e ao Aeroporto Internacional do Galeão.

A ação ocorreu no fim da noite dessa terça-feira, depois que o prefeito Marcelo Crivella sancionou a lei complementar aprovada horas antes. Por volta das 23h, agentes da prefeitura retiraram as cancelas, reconstruídas pela concessionária Lamsa na semana passada, após a prefeitura destruir as cabines de pedágio no dia 27. Também foram colocados cones para impedir a passagem pelas pistas com cobrança automática.

- Publicidade -

Segundo a prefeitura, a lei complementar estabelece que o órgão “editará as normas para executar a nova legislação, o que inclui a fixação da tarifa necessária à prestação de serviço”. Um grupo de trabalho, criado para discutir a questão, terá 20 dias para apresentar o plano de encampação.

“O documento deverá trazer orientações para a operação viária da Linha Amarela, o aproveitamento de recursos humanos em atividade sem a transferência de encargos do vínculo trabalhista, as ações de conservação e engenharia, além do controle financeiro e da já citada política tarifária”, informou a prefeitura em nota.

Lamsa

Em nota, a Lamsa afirmou que o prefeito Marcelo Crivella “afronta o Poder Judiciário”, ao “atacar” a empresa determinando a retirada das cancelas “na calada da noite”, em uma ação unilateral e “desprovida de embasamento jurídico”.

“A Lamsa lamenta e repudia de forma veemente a conduta autoritária do prefeito que, ao impedir novamente a cobrança de pedágio, descumpriu duas decisões judiciais. A primeira foi a liminar concedida no dia 22 de maio que o proibiu de levantar as cancelas da Linha Amarela”, diz a nota, citando também a liminar concedida na sexta-feira (1º).

De acordo com a concessionária, essa decisão determina que “a prefeitura do Rio de Janeiro só poderá encampar a concessão depois de processo administrativo específico, que assegura à concessionária amplo direito de defesa e indenização prévia em dinheiro, por conta dos investimentos feitos e ainda não amortizados e dos lucros cessantes”.

A Lamsa informa que buscará novamente na Justiça “a preservação dos seus direitos, violentados mais uma vez pelo prefeito”, e que manteve os serviços de operação e manutenção da Linha Amarela, como socorro médico e mecânico.

A prefeitura afirma que a empresa teria arrecadado R$ 1,6 bilhão a mais dos motoristas, ao longo dos últimos anos. Segundo cálculos do Tribunal de Contas do Município (TCM), o valor seria de R$ 480 milhões.

Estudo da Controladoria do Município estimou que o preço justo da tarifa deveria ser de R$ 2,06. Com a tarifa atual, de R$ 7,50 para carros de passeio em cada sentido, a Lamsa informou que fatura cerca de R$ 1 milhão por dia, o que daria R$ 360 milhões por ano.

Emenda aprovada pelos vereadores criou uma caução, garantia financeira, caso o município seja condenado futuramente a indenizar a Lamsa.

- Publicidade -

Falando Nisso...
Conteúdo Relacionado

Mais Notícias
Conteúdo recomendado para você

Ivete Sangalo lança novo EP e videoclipe

Anunciando o que está por vir, o EP abre com a faixa-título, “O Mundo Vai”

Wesley Safadão muda o visual para nova show

Cantor aposta no "Buzz Cut", estilo de cabelo totalmente diferente do início da carreira

Aline Riscado estrela novo clipe de dupla sertaneja

Os donos do sucesso “Golzinho Quadrado”, Júnior e Cézar gravaram em Maringá com a musa do verão

Fitoterapia cresce 662% e é alternativa para transtornos de ansiedade e outras doenças

Professor da USP fala sobre os benefícios das plantas medicinais

Horóscopo de sábado 25 de janeiro de 2020

Confira as previsões para o amor, dinheiro e saúde.

Junior Cigano volta ao octógono no UFC Raleigh

Brasileiros Rafael dos Anjos, Felipe ‘Cabocão’ e Herbert Burns também participam do evento

Defesa Civil do Rio de Janeiro acompanha evolução de ciclone

No decorrer do dia até a noite de sexta-feira (24), podem ocorrer pancadas de chuva moderadas a ocasionalmente fortes

Reforços do Vasco da Gama: Rejeição da torcida trava acerto com Jucilei

O diretor de futebol do Vasco da Gama, Andre Mazzuco, concedeu entrevista à rádio Tupi e negou que o negócio esteja fechado

Reforços do Botafogo: Clube tenta a contratação do japonês Honda e contrata equatoriano

Independente da chegada de Honda, o clube já ganhou mais um reforço: Gabriel Cortez, meia equatoriano de 24 anos

Confira o calendário de vistoria para ônibus, táxis, vans, ‘cabritinhos’, fretamento e veículos de transporte escolar

Na data e hora agendadas para a vistoria, os veículos e as documentações solicitadas deverão ser entregues no posto

Amigos da Onça recebe Mc Rebecca e Gabily no “Ensaios de Veraww”

Evento acontece todas as terças até o Carnaval e arrasta foliões para o HUB RJ, no Centro

Mallu Magalhães lança novo álbum em 2020

O último trabalho de Mallu foi “Vem”, lançado em 2017

Reforços do Vasco da Gama: Clube está próximo de contratar Gustavo Carvajal, do América de Cali

O presidente do América de Cali, da Colômbia declarou a uma rádio local que o clube está negocia dois jogadores com o futebol brasileiro

Jota Quest e Fernanda Abreu fazem shows em Rio das Ostras

Artistas e esportista Luiz Negão se apresentam na Praia de Costazul, ao lado do Emissário Submarino