- Publicidade -

Enem: redação segue viés esperado mas surpreende no tema

Para o professor de redação do Sistema Positivo de Ensino, Caio Castro, era esperado um tema mais neutro, do ponto de vista ideológico

- Publicidade -

Democratização do acesso ao cinema no Brasil foi o tema da redação do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio), aplicado no último domingo. O texto, em formato dissertativo-argumentativo de até 30 linhas, deveria ser desenvolvido a partir da situação-problema e dos textos motivadores. Para o professor de redação do Sistema Positivo de Ensino, Caio Castro, era esperado um tema mais neutro, do ponto de vista ideológico, mas o assunto surpreendeu por ser bem específico. 

“Tínhamos comentado que provavelmente a temática iria para um lado que não gerasse tanta polêmica quanto nos anos anteriores. O que surpreende é a vertente que ela trouxe para a discussão, trazendo um tema bem específico como proposta, mas que poderia ser abordado sob diversos aspectos”, expõe o especialista.

- Publicidade -

Os quatro textos bases, segundo o professor, ajudaram a observar e a compor uma estratégia argumentativa e levavam a direções bastante amplas, que possibilitavam que o aluno, a partir do seu conhecimento de mundo, se posicionasse e construísse uma argumentação. “Dentro dessa abordagem, não era aconselhável ficar explorando a natureza artística do cinema, mas sim de que forma podemos favorecer o acesso a essa arte, uma vez que a arte atua na subjetividade humana e, portanto, é um direito”, explica Castro. 

Para ele, foi possível pensar em diferentes perspectivas para a argumentação: “podemos pensar uma linha argumentativa explorando a tecnologia, passando pelos videocassetes, pelos dvds e chegando às plataformas digitais disponíveis hoje – e isso poderia trazer um viés de contra argumentação de que não é todo mundo que tem acesso à tecnologia”, destaca. Ademais, o candidato também poderia mencionar a necessidade de descentralização dos cinemas, com a promoção dos mesmos em regiões que se encontram afastadas dos grandes centros urbanos; a redução do ingresso; a criação de cinemas públicos; as iniciativas privadas de cinemas de rua; os festivais de cinema; entre outros, para a argumentação. 

- Publicidade -

Por fim, o professor lembra que o texto precisava de uma estrutura dissertativa argumentativa, então seria necessário um viés mais crítico das informações e uma estrutura que deixasse clara qual a tese e a proposta de intervenção. O conteúdo da transmissão ao vivo após a prova, com comentários de todas as áreas e o gabarito extraoficial do primeiro dia do Enem 2019 pode ser acessado no link: http://conteudo.ensinopositivo.com/gabarito-enem-2019.

- Publicidade -

Falando Nisso...
Conteúdo Relacionado

Mais Notícias
Conteúdo recomendado para você

Maia quer votação de pacote anticrime na Câmara na próxima semana

O relatório final do GT foi apresentado nesta terça-feira (19), na sede do STF, a Alexandre de Moraes.

Padre Reginaldo Manzotti lança “Hora de Amar”, com a participação de Naiara Azevedo

A música faz parte do novo DVD do sacerdote, recentemente gravado em Curitiba

Brasil vence Coreia do Sul em último jogo do ano da Seleção

Seleção Brasileira se impôs dentro de campo, brilhou no ataque e encerrou o ano com uma vitória por 3 a 0 diante da Coreia do Sul

PM é indiciado por morte da menina Ágatha Vitória no Rio

Criança de 8 anos, foi atingida na comunidade da Fazendinha, no Complexo do Alemão, no dia 20 de setembro.

Inep anuncia cancelamento de uma questão do Enem

A questão anulada consta no Caderno Azul como número 90; no Caderno Amarelo como 78; no Caderno Branco como 66; e no Caderno Rosa como 72.

Justiça decreta prisão do ex-presidente do Paraguai Horacio Cartes

Policiais federais fazem hoje (19) a operação para prender o ex-presidente e outros 19 investigados, de acordo com o Ministério Público Federal.

Realidade e ficção se unem na Black Friday 2019

Empresas têm adotado a realidade aumentada para atrair consumidores de forma diferenciada

UZZO passa a aceitar pagamentos de títulos em seu App

Pesquisa mostra que 70 milhões de brasileiros preferem usar aplicativos de celular para o pagamentos de contas

Agora é lei: Rio terá estatística sobre homicídios e feminicídios de jovens

O texto, de autoria da deputada Zeidan Lula (PT), obriga a tabulação de todos os dados classificados como homicídio e feminicídio contra a vítima jovem

Rio poderá ter política municipal de cuidados paliativos

O projeto prevê que os cuidados paliativos devem ser ofertados o mais precocemente possível no curso de qualquer doença potencialmente fatal

Agora é lei: radares móveis de velocidade têm que ser visíveis

A lei ainda determina que o Detran-RJ deve publicar anualmente uma lista com a receita arrecadada com a cobrança de multas

Linha Amarela: Lamsa limpa 7km de sistema de drenagem de seus viadutos

Concessionária também fará conservação das passarelas e varrição das pistas

UOL lança série documental: “PCC – Primeiro Cartel da Capital”

Com direção do cineasta João Wainer e conteúdo desenvolvido pela MOV, produtora de vídeos do UOL, série retrata a trajetória de uma das maiores organizações criminosas do Brasil

Wander Wildner e Gustavo Kaly fazem show intimista no Rio

Artistas se apresentam na Audio Rebel