- Publicidade -

Homem que trancou ex-mulher e amiga em casa incendiada vira réu por feminicídio

A decisão foi tomada após a análise dos depoimentos e a própria confissão do acusado na Delegacia

- Publicidade -

O juiz Marcelo Alberto Chaves Villas, em exercício na 1ª Vara Criminal de Nova Friburgo, Região Serrana do Rio, ratificou nesta quinta-feira (31/10) a prisão preventiva de Rodrigo Alves Martotti. Ele foi denunciado pelo crime de feminicídio de sua ex-companheira, a artista plástica Alessandra dos Santos Vaz, e de sua amiga Daniela Mousinho, que morreram em razão de graves queimaduras, após serem trancadas em uma casa incendiada pelo acusado. O crime, que ocorreu na noite do dia 7 deste mês, no Distrito de Mury.

A decisão foi tomada após a análise dos depoimentos e a própria confissão do acusado na Delegacia de Polícia, bem como o histórico de ameaças e agressões. Segundo o juiz, as circunstâncias objetivas sob como o crime foi cometido, isto é, com o acusado ateando fogo em um colchão e o colocando em chamas na porta do cômodo em que as vítimas estavam trancadas, conforme confessou em detalhes, revelam o caráter hediondo.

- Publicidade -

A artista plástica Alessandra Vaz, que teve 80% do corpo queimado, morreu na tarde do dia (11) em um hospital particular da cidade. Já sua amiga Daniela morreu dois dias antes. Após incendiar a casa, o homem fugiu no carro de uma das vítimas e acabou se envolvendo em um acidente. Ao buscar ajuda em um posto da Polícia Militar, em Lumiar, os agentes o levaram para a delegacia, onde ele acabou confessando o crime.

- Publicidade -

Em seu depoimento, Rodrigo contou aos investigadores que tinha uma sociedade com a ex, e que ela não estava cumprindo a parte dela no acordo após o fim do relacionamento, o que o levou a perder a cabeça.

Ainda na decisão, o juiz destaca que a própria Alessandra relatou que seu ex-companheiro não aceitava a separação e que ele estava completamente alterado e drogado.

“Extravasando o acusado sentimento embutido em comportamento ‘machista’ com atos de violência contra a pessoa do sexo feminino com qual tinha relacionamento afetivo, cometendo este crime brutal apenas por não aceitar o fim do relacionamento”, escreveu o juiz

- Advertisement -

Segundo o magistrado trata-se de um “crime inadmissível que deve ser duramente combatido. E a sociedade precisa de uma resposta rápida da Justiça”.

- Publicidade -

Falando Nisso...
Conteúdo Relacionado

Mais Notícias
Conteúdo recomendado para você

MP extingue multa adicional de 10% do FGTS que ia para União

A multa de 40% para o trabalhador não foi extinta

Reforma da Previdência é promulgada pelo Congresso

O texto altera regras de aposentadorias e pensões para mais de 72 milhões de pessoas

México concede asilo político a Evo Morales

Líder boliviano renunciou ao cargo em meio à forte crise no país

Bolsonaro assina MP que extingue o Dpvat

Acidentes ocorridos até o fim de 2019 continuam cobertos

Toyota Corolla: entenda a diferença de desvalorização entre as gerações

Toyota Corolla SE-G automático possui a maior diferença de desvalorização entre gerações, com -10,19%. Por outro lado, a versão GLi automática desvaloriza apenas -4,89% anualmente

CNN Brasil anuncia Caio Junqueira e Raquel Landim como comentaristas de política e economia

O canal de notícias 24 horas estará disponível em breve para assinantes da TV paga

Com participação de Adriana Bombom, Vou Pro Sereno lança clipe

Bem-humorado, vídeo de "Eu Volto Pra Almoçar" traz diversos personagens para mostrar um domingo qualquer de futebol no subúrbio

Horóscopo de terça-feira 12 de novembro de 2019

Descubra o que os astros estão reservando para seu dia

Linha Amarela é a melhor opção entre as zonas Norte e Oeste

A pista segue livre de bolsões d'água

TJ libera uso de paletó e gravata a partir de 1º de dezembro

A liberação vai até o dia 20 de março de 2020

Enem: Candidatos que se sentiram prejudicados podem pedir nova prova até o dia 18

Inep vai dar a resposta às solicitações ainda em novembro

Vasco da Gama pode garantir permanência na Série A contra o Flamengo

Time de Luxemburgo venceu por 3 a 0 pela primeira vez no Brasileirão

Bolsonaro entrega 4,1 mil moradias populares na Paraíba

Empreendimento beneficiará 16 mil pessoas

Vasco da Gama reencontra a vitória contra o CSA-AL, veja os gols

Em duelo válido pela 32ª rodada, Cruzmaltino faz 3 a 0 sobre o Azulão, reencontra o caminho da vitória e sobe de posição na tabela

Horóscopo de segunda-feira 11 de novembro de 2019

As previsões para o amor, dinheiro e saúde.