- Publicidade -

Rio pode perder R$ 56 bi, se STF decidir pela partilha dos royalties

Deputados fluminenses elaboram relatório para tentar evitar mudança

- Publicidade -

A Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj) vai enviar até o final deste mês um relatório a representantes dos governos do estado e da União com informações sobre as consequências negativas para o estado, caso haja a distribuição de royalties e participações especiais do petróleo por municípios e estados de todo o país. A informação foi divulgada hoje (7), durante audiência pública das comissões de Economia, Indústria e Comércio e de Minas e Energia da Casa.

O Supremo Tribunal Federal (STF) vai julgar no dia 20 de novembro a ação que determinará a constitucionalidade da Lei 12.734/12 (Lei de Partilha). Caso a Corte ratifique as alterações na distribuição dos recursos previstas pela norma, o Rio de Janeiro poderá perder R$ 56 bilhões até 2023. A lei, aprovada em 2012 pelo Congresso Nacional, foi suspensa no ano seguinte pela ministra Cármen Lúcia, do STF, que concedeu liminar a uma ação direta de inconstitucionalidade (Adin) apresentada pelo governo do Rio.

- Publicidade -

De acordo com Rubens Freitas, representante da Agência Nacional do Petróleo (ANP), o percentual dos royalties cairia de 26,25% para 4% nos municípios produtores e, nos de participações especiais, de 10% para 4%. Maricá, na região metropolitana do Rio, registraria queda de 69% nas receitas. “Quem vai ganhar com isso é o Fundo Especial de Royalties do Petróleo e a riqueza será distribuída a todos os estados e municípios”, afirmou.

Para o presidente da Comissão de Economia, Indústria e Comércio da Alerj, Renan Ferreirinha (PSB), os royalties são compensações dos estados produtores. “Precisamos de um embasamento técnico para que esse absurdo não prospere. A Alerj fará seu parecer técnico sobre essa possível perda, que é alarmante, perigosa, e vamos apresentá-lo em Brasília e também junto à Secretaria de Fazenda para que o governo do estado do Rio seja mais ativo nessa questão. O documento consiste em um resumo do que foi nossa audiência pública nesta segunda-feira”, disse o deputado.

Max Lemos (MDB), que preside a Comissão de Minas e Energia da Alerj, disse que a situação financeira do estado só tende a piorar, caso haja distribuição dos royalties a todos os estados e municípios. “Não podemos ficar nessa passividade. Depois de julgado, fica difícil mudar o quadro. O estado já vive uma situação difícil. imagina perder R$ 56 bilhões em quatro anos.”

Welberth Rezende (PPS) ressalta que a divisão dos royalties entre estados e municípios causaria grande impacto em serviços básicos no estado. “Provavelmente o estado do Rio de Janeiro vai quebrar com a redivisão dos royalties do petróleo para todos os estados e municípios, inclusive os não produtores. Serviços básicos seriam interrompidos e seria um ataque às empresas produtoras de petróleo. Vamos criar um cenário muito ruim para investimentos. Um estado que está contando moedas, que está num regime de recuperação fiscal, vai perder ainda de 30% a 40% de sua arrecadação?”, questionou.

*Com informações da Alerj

- Publicidade -

Falando Nisso...
Conteúdo Relacionado

Mais Notícias
Conteúdo recomendado para você

Horóscopo de sábado 14 de dezembro de 2019

Confira a previsão do horóscopo para o dia 14 de dezembro de 2019 e fique por dentro de tudo...

Vanderlei Luxemburgo não é mais o técnico do Vasco da Gama

Em breve, o Club de Regatas Vasco da Gama irá anunciar o nome do novo técnico.

Copa do Brasil 2020: sorteio define confrontos da Primeira Fase

Sorteio realizada na sede da CBF determinou confrontos da Primeira Fase e mando de campo da Segunda Fase da Copa do Brasil 2020

Vasco da Gama quer Everaldo da Chape e Luxemburgo está na mira de Santos e Palmeiras

O Gigante da Colina chegou a sondar os argentinos Nicolás Blandi e German Cano, que não empolgaram Vanderlei Luxemburgo.

Quem vai reforçar o seu time? Confira no ‘Central do Mercado’

Até o dia 6 de janeiro, a apresentação é de André Hernan, que passa o bastão para Carlos Cereto a partir do dia 7

Thyane Dantas curte férias em Orlando com Dom, Ysis e Yhudy

Eles esperam o papai Wesley Safadão, que se junta a eles para completar a bagunça

Monique Alfradique prestigia evento de grife de lingerie

Label italiana de lingerie e loungewear promoveu coquetel com a atriz para celebrar a abertura de sua primeira loja na Serra gaúcha

Marcela Tavares apresenta ‘Não Seja Burro’ em São Paulo

A humorista mulher com as redes sociais mais engajadas no Brasil se prepara para a segunda apresentação do stand-up

TRT do Rio bloqueia contas da prefeitura pra pagar servidores da saúde

A decisão foi tomada nesta quarta-feira (11) pelo vice-presidente do TRT, desembargador Cesar Marques Carvalho, durante audiência de conciliação entre a prefeitura e os trabalhadores

Segundo dia de paralisação na saúde do Rio é marcado por manifestações

Pelas redes sociais, o prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, anunciou nesta tarde que irá pagar os salários dos funcionários.

Raimundos celebra 25 anos de história no palco do Circo Voador

Noite ainda contará com Jimmy & Rats e Meu Funeral