- Publicidade -

Nova denúncia de contratos irregulares envolve Eduardo Paes e Grupo Globo

Entre 2009 a 2015, a empresa do Grupo Globo foi agraciada com contratos com a Educação, sem licitação que, em valores atualizados, chegam a R$ 33 milhões.

O ex-prefeito Eduardo Paes se envolveu em mais um polêmico contrato entre a Prefeitura e a Fundação Roberto Marinho (FRM). Entre 2009 a 2015, a empresa do Grupo Globo foi agraciada com contratos com a Educação, sem licitação que, em valores atualizados, chegam a R$ 33 milhões. A nebulosa negociação é mais um item da operação “Mama Jato” a ser enviado para análise do inquérito anunciado pelo procurador-geral do Estado do Rio de Janeiro, Eduardo Gussem, que vai investigar suspeitas de irregularidades em 19 contratos feitos sem licitação pela gestão de Eduardo Paes com a FRM e que somam cerca de R$ 300 milhões.

Em dezembro de 2010, a procuradora Christiane de Almeida Ferreira chegou a elaborar parecer questionando a contratação da Fundação sem processo seletivo. “…Considerando que o caso analisado nos remete ao Decreto nº 19.752/01, há a necessidade de processo seletivo; contudo, tendo em vista a especificidade do objeto a ser contratado, caberá a autoridade competente, se for o caso, solicitar a devida excepcionalização do Ilmo Prefeito”.

Apesar da recomendação da procuradora, um documento, com data de 25/01/2011, da secretária municipal de Educação, Cláudia Costin, ao então prefeito Eduardo Paes, ressalta: “a exitosa experiência da Fundação na implementação desse modelo (de aceleração de estudos) nas mais diversas comunidades da sociedade brasileira”.

O documento prossegue: “Conforme sugerido pela douta PG/PADM, submeto a V. Excia excepcionalização de processo seletivo visando à escolha da instituição para prestação do servido pretendido”.

Após o pedido da secretária, a FRM foi contratada. Isso é de causar espanto, uma vez que outras instituições no Brasil estão aptas a prestar o mesmo serviço, entre elas o Instituto Ayrton Senna.

OBRAS

Os valores pagos à FRM para a prestação de serviços à Secretaria Municipal de Educação (SME) deixaram de ser investidos em obras, serviços de manutenção e, principalmente, no pagamento de funcionários do magistério. Isso porque, para garantir que mais de R$ 33 milhões fossem repassados aos cofres da Fundação, a Prefeitura, à época, utilizou recursos das fontes 100, 107 e 142 (esta última destina repasses federais do Fundeb, que devem ser utilizados pelos municípios em educação infantil e fundamental, manutenção da educação básica e remuneração de profissionais do magistério da educação básica).

Com os R$ 33.919.716,03 (valores atualizados) que a gestão anterior desviou para a FRM, a Secretaria Municipal de Educação poderia ter investido:

– na compra de 4.845.673 uniformes escolares;
– na reforma de aproximadamente 33 escolas (custo médio);
-na climatização de 97 unidades de ensino;
-ou na aquisição de 1.399.905 Kits escolares.

AUDITORIA

Por determinação do prefeito Marcelo Crivella, técnicos da Secretaria Municipal de Educação (SME) realizaram novas auditorias nos processos da pasta e encontraram graves irregularidades em contratos sem licitação realizados pela gestão passada com a Fundação Roberto Marinho. De acordo com os artigos 24 e 25 da Lei de Licitações, a contratação sem licitação só se aplica nos casos em que, conforme os citados artigos, “… há uma situação de emergência, que pode colocar em risco, por exemplo, a vida de pessoas caso haja demora para a realização de determinado trabalho…” ou “…quando alguma atividade –seja obra, projeto educacional, ou cultural, entre outros – necessita de conhecimentos tão específicos e especializados que apenas uma pessoa, física ou jurídica…”.

Não é o caso em questão. A SME, naquele período, desrespeitou o que determina a lei, uma vez que existiam outras empresas que ofereciam o mesmo serviço no mercado, como o Instituto Ayrton Senna. Com isso, há claros indicativos de favorecimento na contratação da Fundação Roberto Marinho sem a realização de licitação, dizem os técnicos da SME.

A soma dos valores dos sete contratos sem licitação realizados durante o governo passado com a FRM para serviços de “aceleração de estudos” foi de R$ 22.336.091,00, à época. Com a devida atualização, os recursos desperdiçados chegam a R$ 33.919.716,03 – valores corrigidos pelo IPCA-E.

Atualmente, o programa de aceleração de estudos é realizado pela própria Secretaria Municipal de Educação, sem desperdício de dinheiro público.

A auditoria no total de contratos da Prefeitura do Rio com a Fundação Roberto Marinho, além dos citados com a SME, todos assinados na gestão passada e feitos sem licitação, já revela o uso indevido de cerca de R$ 300 milhões.

– Trata-se de uma denúncia grave em relação à Educação carioca. O prefeito Marcelo Crivella determinou que fizéssemos uma auditoria em todos os contratos sem licitação feitos na gestão passada com a Fundação Roberto Marinho. São milhões de reais desviados. Dinheiro esse que poderia ter sido revertido para beneficiar milhares de alunos. E que foi entregue para uma terceirizada fazer o que a Secretaria Municipal de Educação tem condições de realizar. Gostaríamos de reaver esse dinheiro para a Educação carioca. Ele fez muita falta e ainda faz – afirma a secretária municipal de Educação, Talma Romero Suane.

A Rede Municipal de Ensino, que conta com 1.540 unidades escolares e cerca de 640 mil alunos, é a maior do país. Esses recursos teriam muito mais serventia se fossem revertidos em benefícios diretos aos estudantes. Poderiam ser investidos em mais merenda para os alunos da Rede Municipal de Ensino e mais reformas em unidades escolares

- Advertisement -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Mais Notícias Relacionado
Recomendado para você

- Patrocinado -
- Publicidade -

Bolsonaro diz que incêndios na Amazônia não podem gerar sanções ao Brasil

Presidente fez pronunciamento nesta sexta falando sobre a Amazônia

Brasil gerou 43,8 mil empregos formais em julho

É o quarto mês consecutivo com saldo positivo na geração de empregos

Raquel Dodge prorroga força-tarefa da Lava Jato por um ano

A equipe também continuará com orçamento de aproximadamente R$ 800 mil para gastos com pagamentos de diárias e passagens para procuradores e servidores que estiverem no trabalho de investigação

Governo está procurando terrorista da Al Qaeda no Brasil

A informação foi dada por Sergio Moro e Ernesto Araújo.

Preço do gás natural pode cair 60% em dois anos

A expectativa do Governo do Estado é terminar os estudos sobre essa revisão em três meses

Coxinha: o salgado mais brasileiro ganha diferentes versões em bares e restaurantes cariocas

Confira releituras cariocas do salgado queridinho da família imperial

Confira a escalação do Vasco da Gama contra o São Paulo

Com quase 80% de aproveitamento em jogos em São Januário na temporada, o Vasco conta mais uma vez com a força da torcida

Vasco da Gama tem interesse em 3 atacantes e dois meias

O Gigante da Colina continua com sérias restrições orçamentarias e mudou o perfil de atleta que buscava no mercado.
- Publicidade -

Resultado das eleições primárias da Argentina surpreendeu tanto macristas quanto kirchneristas, avalia professor

O atual presidente Maurício Macri perdeu para a chapa de Cristina Kirchner e Alberto Fernandez por 10 pontos percentuais

Chapa Fernández-Kirchner vence eleições primárias na Argentina

A inflação na Argentina terminou o primeiro semestre deste ano em 22%, e 32% da população se encontram na linha da pobreza.

‘Prévia’ do PIB mostra necessidade de aprovação de reformas para país voltar a crescer, aponta economista

IBC-Br, medido pelo Banco Central, indicou recuo de 0,13% no 2º trimestre deste ano

ENCCEJA: prova será em 25 de agosto

A avaliação é destinada a brasileiros que não concluíram o ensino fundamental ou médio em idade adequada.

Guedes sobre recuperação econômica: “Tenham um pouco de paciência”

Em sua fala, Guedes fez uma longa defesa de políticas liberais contra o “atraso cognitivo”

Zona Oeste ganha centro cirúrgico para castração gratuita de cães e gatos

Com as novas mil vagas disponibilizadas na unidade, Vigilância Sanitária poderá fazer até 2,5 mil cirurgias por mês, com redução de riscos à saúde pública e economia para donos de animais de estimação

Vascaina? Maju Coutinho publica foto com cavalinho do Vasco da Gama

Maju completou 41 anos de vida e em sua homenagem recebeu uma linda festa surpresa de aniversário, organizada por sua amiga Taís Araújo.

Bombeiros resgatam mãe e filho de desabamento em Curicica

Além do trabalho de resgate, os bombeiros fizeram o escoramento da casa de quatro andares e das residências vizinhas

Desabamento em Curicica deixa duas pessoas desaparecidas

De acordo com informações dos bombeiros as duas pessoas estão no primeiro piso do imóvel.

Desembargadora concede habeas corpus a Eike Batista

Juíza argumenta que prisão violou a Constituição

MPRJ se pronuncia sobre investigações da Fundação Roberto Marinho

A representação feita pelo Prefeito Marcelo Crivela foi encaminhada ao referido órgão e está sendo apreciada pela promotora de justiça titular, que não se pronunciará enquanto não concluir a apuração dos fatos.

Mãe é presa no Complexo do Almemão por torturar filho de 9 meses

A Polícia Civil prendeu em flagrante, nessa sexta-feira (10), Edilaine de Araújo Assis, 19 anos, Naiara de Lima Silva, 24 anos, e...
video

WCnoBeat lança clipe de “Hoje Tem” com Filipe Ret e MC Davi

Com referência ao Baile da Gaiola, a música traz também uma mensagem de apoio ao DJ Rennan da Penha

Vasco da Gama: Luxemburgo elogia zaga e exalta triunfo sobre o Goiás

"O resultado muito importante para aquilo que nós queremos dentro da competição, que é primeiro sair da zona da confusão", disse o Técnico
video

Vasco da Gama vence o Goiás fora de casa, veja o gol

No Serra Dourada, Gigante derrotou o Esmeraldino por 1 a 0, em jogo válido pela 14ª rodada da Série A
- Publicidade -
- Publicidade -

Deu o que falarPOPULAR
As noícias mais lidas da semana

Bolsonaro diz que incêndios na Amazônia não podem gerar sanções ao Brasil

Presidente fez pronunciamento nesta sexta falando sobre a Amazônia

Vasco da Gama tem interesse em 3 atacantes e dois meias

O Gigante da Colina continua com sérias restrições orçamentarias e mudou o perfil de atleta que buscava no mercado.

Brasil gerou 43,8 mil empregos formais em julho

É o quarto mês consecutivo com saldo positivo na geração de empregos