- Publicidade -

Etiene Medeiros conquista terceira medalha no Pan de Lima

- Publicidade -

A nadadora pernambucana Etiene Medeiros conquistou na noite desta quinta-feira (8) sua terceira medalha nos Jogos Pan-Americanos de Lima, no Peru. Nos 100m costas, Etiene garantiu o bronze, ao encerrar a prova com a marca de 1m00s67, subindo no pódio ao lado da norte-americana Phoebe Bacon, ouro em 59s47, e da canadense Danielle Hanus, prata em 1m00s34.

Com a conquista do bronze nesta quinta, somado às duas pratas dos revezamentos 4 x 100m nado livre feminino e 4 x 100m livre misto, na terça (6) e quarta-feira (7), respectivamente, Etiene Medeiros tem agora sete medalhas na competição, tendo garantido outras quatro em Toronto-2015. Ela tem pela frente mais duas disputas no Pan de Lima: 50m livre na sexta-feira (9), com eliminatórias às 13h e final às 22h30; e 4 x 100m medley feminino no sábado (10).

- Publicidade -

“Nadar para um minuto foi um resultado bom, dentro de uma faixa de tempos que é importante estar. Passou a virada dos 50 metros como havíamos combinado, na casa dos 29.2 e conseguiu fazer uma boa volta. Foi o suficiente para a medalha de bronze”, avaliou Fernando Vanzella, técnico de Etiene, que acabou não competindo no revezamento 4 x 100m medley misto, sendo substituída por Larissa Oliveira no quarteto brasileiro.

Além das duas pratas e do bronze, Etiene Medeiros tem no seu currículo outras quatro medalhas conquistadas no evento, em Toronto-2015: ouro nos 100m costas, com a marca de 59s61, recorde sul-americano que continua até hoje; prata nos 50m livre, na mesma noite, quebrando o recorde sul-americano com 24s55; bronze no revezamento 4×100 metros livre, neste, batendo a marca sul-americana, com o tempo de 3m37s39, junto com Larissa Oliveira, Graciele Herrmann e Daynara de Paula; e bronze no 4x100m medley, ao lado de Jhennifer Conceição, Larissa Oliveira e Daynara de Paula.

Prata do Mundial como motivação – Etiene Medeiros conquistou a medalha de prata no Campeonato Mundial de Natação da Coréia do Sul, na final disputada no fim do mês de julho. Mesmo fazendo uma grande prova, com o tempo de 27s44, ficou atrás da norte-americana Olivia Smoliga, que marcou 27s33.

Primeira brasileira a conquistar uma medalha de ouro em um Mundial de Natação, Etiene está entre as melhores do mundo nos 50 metros costas há seis anos. Antes do título em 2017, em Budapeste, na Hungria, a pernambucana foi quarta colocada no Mundial em Barcelona 2013 e bronze em Kazan 2015. Ela também é bicampeã do mundo em piscina curta (Doha/2014 e Windsor/2016), além da vitória no revezamento medley misto em 2014.

- Publicidade -

Falando Nisso...
Conteúdo Relacionado

Mais Notícias
Conteúdo recomendado para você

Vasco da Gama tem show da torcida no Maracanã e time melancólico em empate com a Chape

No embalo da torcida, Cruz-Maltino largou na frente, mas viu a Chape chegar ao empate nos minutos finais partida

Rio tem primeira Caminhada pelo Fim da Violência contra as Mulheres

A Caminhada pelo Fim da Violência contra as Mulheres contou também com o apoio de alguns homens

PM acusado de matar menina Ágatha Félix vira réu

Ele também foi afastado do patrulhamento nas ruas

Horóscopo de segunda-feira 09 de dezembro de 2019

Confira as previsões para o amor, dinheiro e saúde.

Ceará arranca empate com o Botafogo e permanece na Série A

No duelo de alvinegros, os cariocas largaram na frente com Marcos Vinícius, mas com Thiago Galhardo o Vozão chegou ao empate e carimbou a permanência

Fluminense vence o Corinthians e garante vaga na Sul-Americana

Com dois gols do jovem Evanílson, o Tricolor venceu por 2 a 1 e se garantiu na próxima edição do torneio continental

Santos massacra o Flamengo e dá carimbaço na faixa do campeão

Peixe não dá chances ao campeão brasileiro na Vila Belmiro, faz 4 a 0 e fica com o vice-campeonato, além de quebrar jejum de 24 partidas sem derrotas do Fla

Cruzeiro perde para o Palmeiras e está na segunda divisão

Clube é rebaixado pela primeira vez na história

Horóscopo de domingo 08 de dezembro de 2019

Confira as previsões para o amor, dinheiro e saúde.

Novo técnico do Fluminense: Eduardo Barroca e Ariel Holan são os mais cotados

Apesar de ter livrado o clube de mais um rebaixamento, Marcão não deve seguir no cargo e a diretoria busca opções no mercado.

Brasil e Paraguai terão livre comércio de automóveis

Os dois países atingirão o livre comércio até 2023

Braziliam Storm surfa pelo quarto título mundial

Medina, Ítalo Ferreira e Filipe Toledo têm chances de levar o caneco

Renata Fan apresenta o “Miss Universo 2019”

A mineira Júlia Horta, Miss Brasil Be Emotion 2019, é a representante brasileira na disputa e conta com uma forte torcida para conquistar o título