- Publicidade -

EUA confirma favoritismo e é tetracampeã do mundo

Americanas vencem holandesas por 2 a 0 e conquistam quarta Copa do Mundo

O favoritismo era esperado e, com isso, o resultado não foi surpreendente. A seleção feminina dos Estados Unidos venceu neste domingo, em Lyon (França), a seleção holandesa por 2 a 0 e conquistou o bicampeonato consecutivo, quarto título mundial em oito edições de Copa do Mundo. As americanas se igualam as alemãs, que foram bicampeãs em 2003 e 2007. Para as holandesas, foi a melhor campanha numa Copa e o vice-campeonato das atuais campeãs europeias garante às Leoas Laranjas uma vaga nos Jogos Olímpicos de Tóquio, em 2020. A Suécia, terceira colocada na Copa, e a Inglaterra, quarta colocada, são as outras representantes da Europa – na decisão de sábado, em Nice, as suecas venceram as inglesas por 2 a 1, gols de Asllani e Jakobsson; Kirby descontou para as inglesas.

A americana Megan Rapinoe foi o grande nome do jogo e da Copa. Ela foi eleita a melhor jogadora em campo, a melhor jogadora da Copa e ganhou o prêmio como artilheira do mundial. Ela passa a ser a jogadora mais velha a receber essa premiação, com 34 anos e dois dias de idade. A goleira holandesa Van Veenendaal foi eleita a melhor da Copa na posição.

A final, assistida por 57.900 pessoas, teve, ainda, outras marcas dignas de registro. Foi apenas a segunda vez na história das Copas Femininas em que duas mulheres estiveram à frente das equipes finalistas – a primeira foi em 2003, na final entre Alemanha e Suécia. Esse ano, a Holanda foi dirigida por Sarina Wiegman; os Estados Unidos, por Jill Ellis. A britânica entra para a história como a segunda técnica bicampeã do mundo – o italiano Vittorio Pozzo era o único detentor dessa marca, campeão com a Itália nas Copas de 1934 e 1938.

A seleção campeã recebeu um prêmio de 4 milhões de dólares – vale dizer que a França, campeã do mundo da Copa de 2018, faturou 38 milhões de dólares. A próxima Copa do Mundo de Futebol Feminino, a ser disputada entre julho e agosto de 2023, ainda não tem sede definida, e ela só será conhecida em março de 2020, em evento da FIFA em Miami (EUA). Nove países são candidatos a sediar o evento. Além do Brasil, África do Sul, Argentina, Austrália, Bolívia. Coreias (Norte e Sul), Colômbia, Japão e Nova Zelândia.

Pelos resultados apresentados pelas emissoras de TV em todo o mundo, com recordes de audiência, a expectativa é de que o futebol feminino ganhe maior apoio da Fifa a partir desse mundial na França. A partida Brasil x França, por exemplo, foi assistida por mais de 35 milhões de espectadores no Brasil e outros 10,6 milhões na França, superando o jogo EUA x Japão da Copa de 2015, com público estimado de 25 milhões de pessoas nos Estados Unidos e recorde anterior. No Reino Unido, EUA x Inglaterra foi visto por 11,7 milhões de espectadores, a maior audiência da BBC no ano.

Entre as medidas previstas pela FIFA para incremento do futebol feminino estão um Mundial Feminino de Clubes, a Liga Mundial Feminina, ampliar o número de participantes na próxima Copa para 32 seleções, investir 500 milhões de dólares no futebol feminino e dobrar a premiação para o próximo Mundial – o que ainda será insuficiente para chegar próximo aos prêmios estimados para a Copa do Catar: são 400 milhões de dólares previstos para os homens e 60 milhões de dólares para as mulheres.

O jogo

O Rei Willem-Alexander, da Holanda, e o campeão mundial, o francês Mbappé, estiveram entre os torcedores no estádio de Lyon. E viram um início de jogo bem estudado, que logo quebrou uma marca: pela primeira vez nessa Copa as americanas não marcaram um gol até os 12 minutos de jogo.

A primeira boa oportunidade foi aos 27, num chute forte de Ertz. Foi quando a goleira holandesa começou a se destacar. Van Veenendaal defendeu no reflexo. A Holanda não se perturbou e manteve seu esquema, segurando a pressão norte-americana e arriscando nos contra-ataques. As atuais campeãs só voltaram a ameaçar aos 37, mas novamente Van Veenendaal brilhou: primeiro numa cabeçada de Mewis e, logo em seguida, num chute rasteiro de Morgan, que a goleira rebate, a bola bate na trave e volta para as mãos dela. E teve mais: aos 39, Morgan chutou forte de fora da área para defesa segura de Van Veenendaal.

A expectativa só fez aumentar para o segundo tempo. Afinal, em toda a Copa, nem Estados Unidos, nem Holanda haviam ficado atrás no placar em qualquer dos jogos até então. A temperatura elevada de 30 graus, apesar do céu encoberto, não ajudava as equipes a acelerarem a velocidade do jogo. Com 30 segundos as americanas tiveram um primeiro escanteio e logo uma chance de gol, em cabeçada de Ertz. Mas o ritmo do primeiro tempo logo voltou a ser visto.

A Holanda tentou sair um pouco mais para o jogo, mas com cuidado. As americanas arriscavam em contra-ataques, sem sucesso. Mas aos 12 minutos, numa bola esticada na área para Morgan, a zagueira holandesa Van der Gragt, imprudente, levantou demais o pé e, além de errar a bola, acertou a atacante norte-americana. A árbitra francesa Stephanie Frappart marcou escanteiro, mas foi chamada pelo árbitro de vídeo. E após rever o lance, marcou o pênalti. Rapinoe deslocou Van Veenendaal e abriu o placar para as americanas: 1 a 0. Rapinoe entra para a história como primeira jogadora a marcar um gol de pênalti numa final de Copa e por ser, também, a mais velha a marcar numa final de Copa, com 34 anos e dois dias. Ela foi eleita a melhor jogadora em campo na final.

Não havia o que fazer e a Holanda foi ao ataque buscar o empate. Miedema quase empatou aos 19, mas errou ao insistir no drible em vez de finalizar. E o castigo veio em seguida. Lavelle, que se destacava pela movimentação, arrancou sozinha e ganhou campo diante do recuo da zaga holandesa. Na entrada da área, deu um drible curto e bateu forte no canto: 2 a 0, aos 24 minutos. Com este gol, os Estados Unidos chegaram a 26, na Copa da França, um recorde para uma única edição de Mundial Feminino.

A técnica holandesa Wiegman resolveu mexer no time. Mas foram as americanas que voltaram a pressionar, com Heath e Morgan. O jogo ficou mais aberto e as mudanças feitas pelas duas treinadoras não surtiram muito efeito. Vitória incontestável das novas bicampeãs, quatro vezes campeãs em oito edições de Copa do Mundo de Futebol Feminino.

Os Estados Unidos jogaram com Naeher, O´Hara (Krieger), Dahlkemper, Sauerbrunn e Dunn; Mewis, Ertz e Lavelle; Heath (Lloyd), Morgan e Rapinoe (Press). Técnica – Jill Ellis. A Holanda, com Van Veenendaal; Van Lunteren, Dekker (Van de Sanden), Van der Gragt e Bloodworth; Groenen, Van de Donk e Spitse; Beerensteyn, Miedema e Martens (Roord). Técnica – Sarina Wiegman. A árbitra do jogo foi a francesa Stephanie Frappart.

* Sergio du Bocage é jornalista da TV Brasil e comentarista dos programas Stadium e No Mundo da Bola

- Publicidade -

De véspera, ministros do STF defendem prisão em 2ª instância

Tema será julgado na sessão do Supremo desta quinta-feira

Horóscopo de quinta-feira 17 de outubro de 2019

Confira a previsão do horóscopo para o dia...

Relatório final da CPI do Feminicídio recebe 106 recomendações

Na próxima semana os deputados da comissão vão se reunir para votar o parecer prévio do documento

Júlia Pereira e Amilcare Neto curtem lua de mel em lugares paradisíacos do continente Africano

Casal vivenciou momentos incríveis em destinos que nenhum dos dois conheciam

Bom Sucesso: Nana descobre que está grávida

Quem encontra o teste é Paloma (Grazi Massafera).

CET Rio realiza interdição do Túnel Rebouças

A companhia vai realizar manutenção no acesso

Onze20, Filipe Ret, 3030, PK e L7nnon se apresentam na Cidade das Artes

Viva Festival vai reunir os maiores nomes do reggae, rap, funk e eletrônico

Casa da Virgem Maria recebe visitantes durante o Natal na Turquia

Quem visitar Izmir, a "Pérola do Egeu", no oeste da Turquia, também poderá apreciar a culinária de Éfeso

Rio de Janeiro tem eventos em homenagem aos 90 anos de Fernanda Montenegro

No Teatro Ipanema, a peça “O Beijo no Asfalto”, de Nelson Rodrigues, será apresentada em forma de leitura dramatizada pelos alunos da CAL

Surtada: Tati Zaqui alcança 3º lugar no TOP 50 do Spotify

Música com Dadá Boladão e OIK vira hit em todo país

Gwyneth Paltrow brilha em Hollywood em evento que celebra conquistas femininas

Evento celebra as conquistas femininas da indústria cinematográfica e que também busca conscientizar o mercado

Eleições 2020: Eduardo Paes lidera pesquisa para prefeito

Marcelo Crivella e Freixo empataram na segunda colocação

III CaRIOca ProgFestival terá APOCALYPSE e Bacamarte

Festival de Rock Progressivo ainda contará com apresentação da banda Fleesh

Confira a provável escalação do Flamengo contra o Fortaleza

Mais Querido enfrenta a equipe cearense, nesta quarta-feira, às 20h, pelo Campeonato Brasileiro

Wesley Safadão leva Yhudy e sobrinhos para conhecer jogadores do Flamengo

Torcedor assumido do rubro-negro, Wesley usou as redes sociais para registrar o momento em que o filho e os sobrinhos encontraram alguns jogadores do time

Morre Lázaro Brandão, ex-presidente do Bradesco

Nascido em Itápolis, interior de São Paulo, Lázaro era economista e iniciou sua atividade profissional em 1942, na cidade de Marília

Shakira se junta a Pedro Capó e Camilo na nova versão de “Tutu”

Desde o seu lançamento em 9 de agosto, "Tutu" recebeu certificação de Ouro na Espanha, Argentina e Colômbia, "Platina + Ouro" no México e Peru e "Platina" nos Estados Unidos.

Foxbit lança XRP (Ripple) em sua plataforma

XRP é uma das criptomoedas mais negociadas no mundo

Teatro Municipal de Niterói Recebe A Banda Nave De Prata e Zé Renato

No Municipal de Niterói, a banda vai apresentar uma homenagem ao Clube da Esquina e Minas Gerais

Trabalho artesanal traz benefícios para saúde mental

Desenvolver a mente e equilibrar o emocional: O artesanato como terapia

Xiaomi ganha espaço entre os celulares mais buscados

Redmi Note 7 lidera ranking de smartphones mais buscados no Zoom pelo terceiro mês consecutivo

Três penteados para entrar no clima de Halloween

Confira algumas sugestões para você se inspirar

Confira as celebridades que estarão no Teleton 2019

Ação terá representantes de parceiros solidários como Band (José Luiz Datena), Record TV (Sabrina Sato), TV Cultura (Karyn Bravo, Mariana Kotscho e Roberta Manreza), Rede TV! (Luciana Gimenez) e TV Globo (Camila Queiroz e Klebber Toledo)

Conheça quatro funcionalidades do Windows 10 para pessoas com deficiência visual

Sistema permite que o usuário utilize comandos de voz para manusear o dispositivo e conta com recursos que auxiliam pessoas com baixa visão

Camila Queiroz e Klebber Toledo são liberados pela Globo para o SBT

Luciana Gimenez e Sabrina Sato também estarão no SBT

Bolsonaro assina MP que concede 13º pagamento do Bolsa Família

Na mesma solenidade, governo libera verbas para obras de Irmã Dulce

STF derruba liminar concedida por ministro a traficante Elias Maluco

O habeas corpus fora concedido em um processo que tramita na Justiça de São Gonçalo (RJ).

Confira a provável escalação do Botafogo contra o Vasco da Gama

Cícero vê clássico como oportunidade de dar resposta em reestreia de Valentim

Confira a provável escalação do Vasco da Gama contra o Botafogo

No treino desta terça, Luxemburgo deu coletes de titulares para Felipe Ferreira, Bruno Gomes e Gabriel Pec.

Sem Censura recebe a atriz Alexandra Richter

O programa Sem Censura ainda conta com a participação da aluna Juciara Belisário de Carvalho que está na faixa etária de 50 anos e não teve oportunidade de estudar na juventude

Festa literária das periferias do Rio dará destaque para o feminismo

A Flup será realizada pela primeira vez no Museu de Arte do Rio (MAR), na região portuária da cidade, localidade também conhecida como Pequena África

Vale a pena usar de novo: a ascensão dos brechós e a busca pela moda sustentável

Cada vez mais comum, o resgate de peças usadas e o consumo consciente tem se tornado tendência entre a geração millenium

Bad Medicine faz tributo a Bon Jovi no NewYorkCityCenter

O projeto Palco New York leva entretenimento gratuito às terças-feiras ao shopping.

Horóscopo de quarta-feira 16 de outubro de 2019

Confira a previsão do horóscopo para o dia 16 de outubro de 2019 e fique por dentro de...

Prestes a lançar música, Ananda fala sobre ativismo: ” Como bissexual, eu preciso falar sobre LGBTfobia

A cantora, do hit Quero que Tu Vá", discursa sobre sexualidade, feminismo e racismo

Após “chocar” Bruna Marquezine, Isabela Freitas fala sobre como superar um ex

A autora do best seller "Não se apega, não" diz que já salvou vidas através da leitura

Dicionário Árabe: Dos termos coloquiais às expressões populares

Inspirado no sucesso das primeiras edições de bolso, Grupo Editorial Edipro relança Dicionário Árabe em novo formato

BarraShopping inaugura decoração de Natal com espetáculo e árvore interativa com 70m de altura

Programação inclui apresentações gratuitas de música clássica aos domingos e decoração interna com atrações para os pequenos

Wesley Safadão e Thyane Dantas aproveitam feriado em família

A pausa na agenda de Wesley veio após um fim de semana intenso

Xuxa opina sobre concurso de beleza com crianças: “Isso não deveria fazer parte do mundo infantil. É traumatizante”

Xuxa ainda compartilha qual lição teve após trabalhar durante anos com público infantil.

WBFF Brasil 2019 supera 1ª edição e revela novos modelos fitness

Competição fitness internacional contou com grande público e nova categoria de Divas

Peça “Quem sabe meu nome?” será apresentada no Ateliê Bonifácio

A peça retrata a história de um homem que se diz negro e a sociedade o impõe Pardo.

Quadrilha desviava cartões de crédito remetidos pelos Correios no Rio

Um deles é funcionário da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos e outro é um militar da Marinha brasileira

Denis Baum lança webclipe com participação especial de Vanessa Jackson

Versão de ‘Ao Sentir o Amor’ traz homenagem a cantora Deise, do Fat Family, falecida no início deste ano

Outras Notícias

- Publicidade -

De véspera, ministros do STF defendem prisão em 2ª instância

Tema será julgado na sessão do Supremo desta quinta-feira

Horóscopo de quinta-feira 17 de outubro de 2019

Confira a previsão do horóscopo para o dia 17 de outubro de 2019 e fique por dentro de tudo o que o seu...

Relatório final da CPI do Feminicídio recebe 106 recomendações

Na próxima semana os deputados da comissão vão se reunir para votar o parecer prévio do documento