- Publicidade -

Saiba tudo sobre o novo modelo de internação involuntária para dependentes químicos

Na semana em que se comemora o Dia Internacional de Combate às Drogas, assunto foi debatido pelo podcast Ilha de Vera Cruz

Neste ano, a guerra contra as drogas ganhou um novo capítulo no Brasil. Está em vigor, desde o início do mês de junho, a lei que autoriza a internação involuntária de dependentes químicos. Ou seja, o paciente viciado no uso de drogas poderá ser internado para tratamento, mesmo contra sua vontade.

A solicitação para a abordagem terapêutica poderá ser feita pela família ou pessoa responsável. Na ausência deles, o pedido poderá ser realizado por servidores públicos da área da saúde.

A nova legislação, sancionada pelo presidente Jair Bolsonaro, reacendeu o debate sobre o assunto. O tema ganha ainda mais relevância nesta semana, já que nesta quarta-feira (26) se comemora o Dia Internacional de Combate às Drogas.

Vice-presidente do Fórum Internacional de Testes de Álcool e Drogas e diretor médico do Centro de Assistência Toxicológica do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP, Anthony Wong avalia a nova legislação como positiva.

“É definição de psiquiatria. Pessoa dependente perdeu o seu controle de raciocínio, porque ele faz tudo pela droga. Ele acorda pensando na substância, almoça pensando, anda na rua pensando. E, portanto, ele não vai medir esforços para conseguir a substância do seu desejo, que é a droga”, afirmou o médico.

Wong foi entrevistado pelo podcast Ilha de Vera Cruz, que discutiu o assunto nesta semana. Até então, a legislação não estipulava critérios específicos para internação involuntária. A alternativa era a Justiça. Somente os tribunais poderiam conceder autorização para a realização de internações compulsórias.

“Vamos raciocinar sobre direitos humanos? A Constituição assegura que a pessoa tenha direitos humanos, entre eles, habitação, saúde e segurança. Cadê a habitação de um usuário de crack? Não tem, é rua. Cadê a segurança que ele tem? Nenhuma. É explorado e, inclusive, pode ser morto. E onde está a saúde? Então, para assegurar direitos humanos para ele, eu tenho que dar os direitos humanos”, enfatizou o médico.

De acordo com estimativas da Organização Mundial da Saúde (OMS), o consumo de drogas mata mais de 500 mil pessoas por ano em todo o mundo. No Brasil, os dados sobre a quantidade de dependentes químicos ou de consumidores não são tão frequentes. No entanto, segundo pesquisa do IBGE, publicada em 2016, a proporção de jovens estudantes que já experimentaram drogas ilícitas subiu de 7,3% (230,2 mil) em 2012, para 9% (236,8 mil) em 2015.

Vida pós-internação

Além de Anthony Wong, o podcast “Ilha de Vera Cruz” ouviu a opinião de outros especialistas, como a psiquiatra Felianne Meirelle. Na entrevista, ela afirma que a internação não é uma solução definitiva. Ela entende que o processo seguinte, da volta para a casa, é ainda mais importante. 

“A internação é só um primeiro momento. Só começa ali o tratamento. Por isso, é extremamente importante ele (paciente) buscar grupos de apoio, como o ‘Narcóticos Anônimos’ e algumas outras instituições que também fazem esses encontros. A dependência química é uma doença crônica. Você não se trata três meses e se cura. Se você não se manter motivado a ficar abstinente, corre o risco de você achar que está curado”, ressalta ela.

A visão de um ex-dependente

Morador de Brasília, o terapeuta holístico Eduardo está em abstinência do uso de drogas há mais de 20 anos. Ele conta que começou o consumo de álcool aos 12 anos e, aos 13, já era usuário de maconha e cocaína. O vício provocou problemas familiares, de relacionamento com amigos e de desenvolvimento na escola.

“Houve episódios de coma alcoólico e overdose de cocaína. Isso me levou a pedir a ajuda da minha família no sentido de uma internação. Nessa época, não havia a possibilidade de internação involuntária. Só havia comunidades terapêuticas ou hospitais psiquiátricos no Brasil”, contou Eduardo ao podcast.

Internado de forma voluntária em 1997, o hoje terapeuta holístico afirma ser complemente favorável à nova legislação.

“Sou plenamente a favor. Conheço inúmeras pessoas que são sóbrias há muitos anos que passaram por internações involuntárias. Mas o que se discute é mais o critério, é a forma como se trata. E isso vai depender de uma série de questões porque no Brasil, infelizmente, a vigilância exige inúmeros critérios para tratamento, mas a realidade não é essa”, afirmou.

Redução de danos

A redução de danos é uma estratégia voltada para pessoas que usam, abusam ou dependem de substâncias químicas. A proposta, segundo seus defensores, favorece um olhar diferenciado sobre cada usuário, analisando as singularidades dos indivíduos, das questões sociais e, principalmente, da autonomia de cada pessoa.

A psicóloga brasiliense Beatriz Scandiuzzi faz parte de um projeto que promove a estratégia da redução de danos em boates e festas.

“As estratégias são construídas em conjunto: o profissional de saúde ou a equipe e o usuário. A gente não vai querer impor nada, uma abstinência, uma internação”, explica.

A política de redução de danos foi uma das apostas do ex-prefeito de São Paulo (SP) Fernando Haddad. Em 2014, ele iniciou um programa que fornecia aos usuários bolsas-trabalho, moradia em hotéis mantidos pela Prefeitura e atendimento voluntário. O programa, no entanto, foi extinto pela atual gestão de João Dória (PSDB).

Sobre a nova legislação, a psicóloga Beatriz Scandiuzzi afirma que a “redução de danos não é contrária à abstinência”.

“Pode ser, inclusive, que a abstinência seja um objetivo da redução de danos construído em conjunto com o usuário, quando aquilo faz sentido para o contexto dele, para aquele indivíduo. Então, a abstinência é uma possibilidade, mas não é a única. Não é todo mundo que vai querer parar”, considera.

Para ouvir o podcast na íntegra, acesse os aplicativos do Spotify ou do SoundCloud e digite “Ilha de Vera Cruz” na aba de busca dos apps. Além dos especialistas citados na reportagem, o episódio conta com a presença de Cid Vieira de Souza Filho, criador e presidente da Comissão Antidrogas da OAB de São Paulo.

- Advertisement -

Assine nossa Newsleter

Receba as principais notícias do Brasil e do mundo em seu email

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Mais Notícias Relacionado
Recomendado para você

- Patrocinado -
- Publicidade -

Governo anuncia medidas para combater incêndios na Amazônia

Presidente Jair Bolsonaro autorizou atuação das Forças Armadas na região para combater atividades ilegais e conter o avanço das queimadas e autorizou o IBAMA a contratar brigadistas temporários

Trump chega à França para participar da cúpula do G7

O avião do presidente norte-americano pousou no Aeroporto de Merignac, em Bordéus, sudoeste da França,

Lava-Jato investiga ex-presidente da Petrobras e sócio do banco BTG Pactual

PF investiga crimes de organização criminosa, corrupção ativa e passiva e lavagem de dinheiro, após delação do ex-ministro Antonio Palocci

Bolsonaro diz que incêndios na Amazônia não podem gerar sanções ao Brasil

Presidente fez pronunciamento nesta sexta falando sobre a Amazônia

Babilônia Feira Hype entrega novo gramado na Praça das Figueiras

O evento de entrega do gramado vai acontecer no sábado, 24, às 15h

Bruna Caram lança “Alívio”, seu trabalho mais autoral

O destaque fica para a faixa Certas Canções que já ganhou um clipe

Marcos Jr comenta escalação do Vasco da Gama para encarar o São Paulo

Volante comentou nova formação e exaltou atmosfera de São Januário

Nova temporada de Marvel’s Agents of S.H.I.E.L.D. chega ao Sony Channel

A sexta temporada, que estreia no dia 27 de agosto, às 22h55, terá 13 episódios, ao invés dos 22 de anos anteriores.
- Publicidade -

Brasil gerou 43,8 mil empregos formais em julho

É o quarto mês consecutivo com saldo positivo na geração de empregos

Anvisa e Vigilância Sanitária do Rio realizam operação no Galeão

De olho na prevenção de riscos à saúde, ação resultou em 15 infrações no aeroporto que, a partir desse sábado, 24, vai operar também os voos do Santos Dumont

Raquel Dodge prorroga força-tarefa da Lava Jato por um ano

A equipe também continuará com orçamento de aproximadamente R$ 800 mil para gastos com pagamentos de diárias e passagens para procuradores e servidores que estiverem no trabalho de investigação

Governo está procurando terrorista da Al Qaeda no Brasil

A informação foi dada por Sergio Moro e Ernesto Araújo.

Preço do gás natural pode cair 60% em dois anos

A expectativa do Governo do Estado é terminar os estudos sobre essa revisão em três meses

Flutuante Rio traz Música no Deck com Prislla Dj

DJ desembarca de turnê na Europa agitando os cariocas

Peça infantil ‘A Lâmpada Mágica’ é atração do West Shopping

A entrada é gratuita com classicação livre

Flamengo e São Paulo ‘secam’ o Santos em busca da liderança

Peixe pega o Fortaleza na Vila Belmiro, enquanto Tricolor e Mengão jogam fora de casa

Resultado das eleições primárias da Argentina surpreendeu tanto macristas quanto kirchneristas, avalia professor

O atual presidente Maurício Macri perdeu para a chapa de Cristina Kirchner e Alberto Fernandez por 10 pontos percentuais

Chapa Fernández-Kirchner vence eleições primárias na Argentina

A inflação na Argentina terminou o primeiro semestre deste ano em 22%, e 32% da população se encontram na linha da pobreza.

‘Prévia’ do PIB mostra necessidade de aprovação de reformas para país voltar a crescer, aponta economista

IBC-Br, medido pelo Banco Central, indicou recuo de 0,13% no 2º trimestre deste ano

ENCCEJA: prova será em 25 de agosto

A avaliação é destinada a brasileiros que não concluíram o ensino fundamental ou médio em idade adequada.

Guedes sobre recuperação econômica: “Tenham um pouco de paciência”

Em sua fala, Guedes fez uma longa defesa de políticas liberais contra o “atraso cognitivo”

Coxinha: o salgado mais brasileiro ganha diferentes versões em bares e restaurantes cariocas

Confira releituras cariocas do salgado queridinho da família imperial

Confira a escalação do Vasco da Gama contra o São Paulo

Com quase 80% de aproveitamento em jogos em São Januário na temporada, o Vasco conta mais uma vez com a força da torcida
video

MARIA lança clipe da música “Acabou”

Novo single autoral inicia série de lançamentos e novidades da artista carioca
- Publicidade -
- Publicidade -

Deu o que falarPOPULAR
As noícias mais lidas da semana

Marcos Jr comenta escalação do Vasco da Gama para encarar o São Paulo

Volante comentou nova formação e exaltou atmosfera de São Januário

Horóscopo de domingo 25 de agosto de 2019

Confira a previsão do horóscopo para o dia...

Trump chega à França para participar da cúpula do G7

O avião do presidente norte-americano pousou no Aeroporto de Merignac, em Bordéus, sudoeste da França,