- Publicidade -

Sony Music disponibiliza 35 álbuns de Nelson Gonçalves, comemorando o centenário do eterno boêmio

Numa fase em que a imagem e o ritmo são muito mais valorizados pelo mercado musical, ouvir Nelson Gonçalves é cada vez mais apaixonante. Seu vozeirão e seu estilo são absolutamente únicos, inconfundíveis, com possivelmente o grave mais bonito da história de nossa música. Neste ano de 2019, estamos comemorando seu centenário, e para presentear velhos e novos fãs, o marketing estratégico da Sony Music Brasil dá prosseguimento ao projeto de digitalização do catálogo, restaurando tapes analógicos e projetos gráficos originais de 35 álbuns do cantor. Todos eles estarão disponibilizados nas plataformas de streaming (além dos que já estavam lá), a partir do dia 21 de junho. Haverá ainda diversas playlists temáticas, ambos com minha curadoria.

Nelson Gonçalves parecia uma máquina de fazer discos. Gravou sem parar de 1941 até 1997, e sempre na mesma gravadora, a antiga “RCA Victor” (que um dia foi somente “Victor” e hoje é a Sony Music), falecendo em abril de 1998. Primeiro, registrou 157 discos de 78 rotações (com duas faixas, cada). E já na fase dos LPs, foram 57 álbuns originais, dois póstumos, além de uma montanha de coletâneas e dezenas de compactos. Dos 35 que a Sony agora disponibiliza, inteiramente remasterizados, temos 27 originais (conforme relação abaixo) e oito coletâneas que nunca haviam saído antes em digital, lançados entre os anos 1950 e 1990.

A seguir uma lista dos títulos originais:

Anos 1950 – Noel Rosa na voz romântica de Nelson Gonçalves (1955), “Caminhemos” – Nelson Gonçalves interpretando músicas de Herivelto Martins (1957) e “Meu perfil” (1960)

Anos 1960 – Sambas e boleros na voz de Nelson Gonçalves (1961), Eu e minha tristeza (1962), A voz de seresteiro (1965), Coisas minhas (1966), Nelson Gonçalves e o tango (1967), Missão cumprida – a volta de Nelson Gonçalves (1968), Apelo (1969) e Só nós dois (1970)

Anos 1970 – Pra você (1971), Sempre boêmio (1972), Nelson 35 anos depois (1974), Nelson cada vez melhor (1975), Nelson de todos os tempos (1975), Nelson até 2001 (1976), Nelson de 3 gerações (álbum triplo, 1977), Reserva de domínio (1977), Eu te amo (1978), Os 40 anos de Nelson Gonçalves (1980)

Anos 1980 – Produção 96 (1981), Conclusão (1982), Joias musicais (1983), Hoje como antigamente (1984) e Ele & elas (1984)

Anos 1990 – O boêmio e o pianista – com Arthur Moreira Lima (1992)

Há também ótimas coletâneas. A primeira saiu originalmente ainda em LP de 10 polegadas, com apenas oito faixas, em 1957, como “Pensando em ti” (esta com alguns de seus maiores hits até então, inclusive a faixa-título). Depois, Dos meus braços tu não sairás é uma excelente compilação da sua fase 78 rotações lançada em 1963. O título é o mesmo de um de seus primeiros sucessos, ainda em ritmo de fox-canção (gênero que caiu em desuso a partir dos anos 50, sendo resgatado apenas por Roberto Carlos com “Emoções”, em 81). Há também os quatro volumes da Seleção de ouro, que trazia à época algumas inéditas, como “Negue” e “A noite do meu bem”, e ainda Nelson Gonçalves a pedidos(1966) e, um mais recente, Nelson Gonçalves & convidados (1996), da fase em que realizou duetos memoráveis com grandes astros e estrelas da MPB, como Gal CostaAlcioneMilton Nascimento Fafá de Belém.

Uma biografia impressionante

Para quem não sabe, Nelson Gonçalves foi um dos três cantores mais populares do Brasil de todos os tempos, rivalizando com Francisco Alves (seu antecessor) e Roberto Carlos (que o sucedeu), mas demorou muito para alcançar o sucesso, pois ninguém acreditava que aquele ex-lutador de boxe e ex-garçom poderia mesmo cantar, ainda mais porque era gago. Fez testes nas principais emissoras cariocas e nada conseguiu. Um dia gravou um acetato e foi com uma carta de recomendação à gravadora Victor. O diretor Vitorio Lattari ouviu, gostou, mas quando se deu conta de que o rapaz gaguejava pensou tratar-se de um impostor. Até que o flautista e produtor Benedito Lacerda, presente no local, decidiu lhe dar uma segunda chance, chamando-o para um teste com orquestra ao vivo. No meio da música já estava contratado. Nesta época, Orlando Silva, sua grande inspiração, era o maior astro do momento, entretanto, teve graves problemas de saúde que modificaram sua voz fazendo sua carreira declinar. Nelson, ao contrário, já em 1942 fazia um sucesso estrondoso com o fox-canção “Renúncia”.

A seguir vieram tantas outras, entre sambas (“Dolores Sierra”, “Normalista”, “Nega manhosa”, “História da Lapa”), valsas (“Maria Betânia”, sem o “h” mesmo, que inspirou o nome da famosa cantora), tangos (“Carlos Gardel”, “Vermelho 27”, “Hoje quem paga sou eu”), músicas carnavalescas (“Serpentina”, “Espanhola”) e muito, mas muito samba-canção, o ritmo preponderante na década de 1950, que o consagrou mais ainda, definitivamente.

Em ritmo de samba-canção, ele emplacou três sambas-canção de Herivelto Martins e David Nasser – “Caminhemos” (que já havia sido hit com Francisco Alves dez anos antes), “Pensando em ti” e “A camisola do dia”. Mas, em 1957, “A volta do boêmio”, composta por Adelino Moreira, que até então era seu divulgador mudou a sua vida. “Boemia aqui me tens de regresso…” diziam os versos que viraram seu maior emblema. Embora já tivesse gravado algumas canções dele, como o hit “Meu vício é você”, a partir de então a parceria se intensifica, e são as composições dele que passam a dominar seu repertório: “Meu dilema”, “Escultura”, “Negue”, “Fica comigo esta noite”, etc.

A partir de então, seguiu pelas próximas duas décadas como o maior vendedor de discos da RCA Victor, cujo auge foi entre os anos 1940 e início de 60. Mesmo com uma vida de outsider, com muitas mulheres, bebidas, jogatinas e o terrível vício em cocaína (que se orgulhava de ter conseguido superar), nada o afastaria dos estúdios. Tanto assim que nos anos 1970 ganhou o prêmio Nipper da gravadora, somente concedido a ele e a Elvis Presley pelo tempo de permanência (e sucesso) na mesma gravadora. A partir da década seguinte, se enturmou com astros e estrelas da MPB, do samba e do rock e gravou mais alguns álbuns memoráveis, em dueto com colegas de geração, como Luiz Gonzaga e Angela Maria, e aqueles que o tinham como ídolo, como Maria BethâniaTim MaiaLobão e Chico Buarque.

As playlists temáticas:

Outro diferencial que a Sony Music promove neste centenário é investir em seis playlists temáticas, mostrando toda a versatilidade do cantor.  

1 Nelson Gonçalves e o cabaré – Em ritmo de samba-canção e tango, Nelson Gonçalves vai ao submundo dos cabarés, narrando suas paixões e a “tragédia das perdidas” em canções como “Dolores Sierra”, “Carlos Gardel”, “Quem há de dizer”, “Mariposa”, “Esta noite me embriago” e “Deusa do asfalto”.
https://SMB.lnk.to/NelsonEOCabare

2 Nelson Gonçalves também é do sambão – Uma seleção dos melhores sambas de várias épocas na voz do cantor. “Foi um rio que passou em minha vida”, “Louco (Ela é seu mundo)” (com Alcione), “Retalhos de cetim”, “Juramento falso”, “Normalista” e “Nega manhosa” estão na seleção.
https://SMB.lnk.to/NelsonSambao

3 Nelson Gonçalves além do cabaré – canções de vários temas, das mais sofisticadas (“Preciso aprender a ser só”) às mais populares (“Eu e a brisa”), incluindo bossa nova (“O barquinho”, “Chega de saudade”), sambas de Cartola (“Sim”) e Nelson Cavaquinho (“Notícia”), marchinhas de carnaval (“Serpentina”), e até algumas estrangeiras, como o  bolero “Minha (Mia)”, de Armando Manzanero.
https://SMB.lnk.to/NelsonAlemDoCabare

4 Nelson Gonçalves e a sofrência – Uma seleção imbatível, pois uma das especialidades do cantor sempre foi a dor-de-cotovelo, incluindo “Negue”, “Cabelos brancos”, “A volta do boêmio”, “Nunca” e “Matriz ou filial”. 
https://SMB.lnk.to/NelsonSofrencia

5 Nelson Gonçalves interpreta Clássicos da música popular – Pixinguinha (“Rosa”), Noel Rosa e Braguinha (“Pastorinhas”), Caymmi (“Marina”), Ataulfo (“Na cadência do samba”), Roberto Carlos (“Proposta”), Dolores Duran (“Ternura antiga”), Chico Buarque (“As vitrines”), chegando a clássicos do fado português (“Coimbra”) e do tango argentino (“Mano a mano”).
https://SMB.lnk.to/NelsonClassicosPopulares

6 Nelson Gonçalves em dueto – Nelson canta com Maria Bethânia (“Caminhemos”), Gal Costa (“Dos meus braços tu não sairás”), Fafá de Belém (“O negócio é amar”), Roberta Miranda (“De igual pra igual”), Fagner (“Mucuripe”), Tim Maia (“Renúncia”), Luiz Gonzaga (“Asa branca”) e outros pesos-pesados da MPB, do samba, do rock e do soul, gravados já nos anos 1980 e 90.
https://SMB.lnk.to/NelsonEmDueto

- Publicidade -

Confira as celebridades que estarão no Teleton 2019

Ação terá representantes de parceiros solidários como Band (José Luiz Datena), Record TV (Sabrina Sato), TV Cultura (Karyn Bravo, Mariana Kotscho e Roberta Manreza), Rede TV! (Luciana Gimenez) e TV Globo (Camila Queiroz e Klebber Toledo)

Conheça quatro funcionalidades do Windows 10 para pessoas com deficiência visual

Sistema permite que o usuário utilize comandos de voz para manusear o dispositivo e conta com recursos que auxiliam pessoas com baixa visão

Camila Queiroz e Klebber Toledo são liberados pela Globo para o SBT

Luciana Gimenez e Sabrina Sato também estarão no SBT

Bolsonaro assina MP que concede 13º pagamento do Bolsa Família

Na mesma solenidade, governo libera verbas para obras de Irmã Dulce

STF derruba liminar concedida por ministro a traficante Elias Maluco

O habeas corpus fora concedido em um processo que tramita na Justiça de São Gonçalo (RJ).

Confira a provável escalação do Botafogo contra o Vasco da Gama

Cícero vê clássico como oportunidade de dar resposta em reestreia de Valentim

Confira a provável escalação do Vasco da Gama contra o Botafogo

No treino desta terça, Luxemburgo deu coletes de titulares para Felipe Ferreira, Bruno Gomes e Gabriel Pec.

Sem Censura recebe a atriz Alexandra Richter

O programa Sem Censura ainda conta com a participação da aluna Juciara Belisário de Carvalho que está na faixa etária de 50 anos e não teve oportunidade de estudar na juventude

Festa literária das periferias do Rio dará destaque para o feminismo

A Flup será realizada pela primeira vez no Museu de Arte do Rio (MAR), na região portuária da cidade, localidade também conhecida como Pequena África

Vale a pena usar de novo: a ascensão dos brechós e a busca pela moda sustentável

Cada vez mais comum, o resgate de peças usadas e o consumo consciente tem se tornado tendência entre a geração millenium

Bad Medicine faz tributo a Bon Jovi no NewYorkCityCenter

O projeto Palco New York leva entretenimento gratuito às terças-feiras ao shopping.

Horóscopo de quarta-feira 16 de outubro de 2019

Confira a previsão do horóscopo para o dia 16 de outubro de 2019 e fique por dentro de...

Prestes a lançar música, Ananda fala sobre ativismo: ” Como bissexual, eu preciso falar sobre LGBTfobia

A cantora, do hit Quero que Tu Vá", discursa sobre sexualidade, feminismo e racismo

Após “chocar” Bruna Marquezine, Isabela Freitas fala sobre como superar um ex

A autora do best seller "Não se apega, não" diz que já salvou vidas através da leitura

Dicionário Árabe: Dos termos coloquiais às expressões populares

Inspirado no sucesso das primeiras edições de bolso, Grupo Editorial Edipro relança Dicionário Árabe em novo formato

BarraShopping inaugura decoração de Natal com espetáculo e árvore interativa com 70m de altura

Programação inclui apresentações gratuitas de música clássica aos domingos e decoração interna com atrações para os pequenos

Wesley Safadão e Thyane Dantas aproveitam feriado em família

A pausa na agenda de Wesley veio após um fim de semana intenso

Xuxa opina sobre concurso de beleza com crianças: “Isso não deveria fazer parte do mundo infantil. É traumatizante”

Xuxa ainda compartilha qual lição teve após trabalhar durante anos com público infantil.

WBFF Brasil 2019 supera 1ª edição e revela novos modelos fitness

Competição fitness internacional contou com grande público e nova categoria de Divas

Peça “Quem sabe meu nome?” será apresentada no Ateliê Bonifácio

A peça retrata a história de um homem que se diz negro e a sociedade o impõe Pardo.

Quadrilha desviava cartões de crédito remetidos pelos Correios no Rio

Um deles é funcionário da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos e outro é um militar da Marinha brasileira

Denis Baum lança webclipe com participação especial de Vanessa Jackson

Versão de ‘Ao Sentir o Amor’ traz homenagem a cantora Deise, do Fat Family, falecida no início deste ano

Famosas como Anitta e Camila Cabello adotam o permanente

Não temos como negar: os anos 80 estão de volta!!! E o que você lembra dessa década?...

Rentcars.com abre programa de estágio com vagas para Curitiba

Primeira edição do programa é exclusiva para estudantes da área de Tecnologia da Informação. Inscrições podem ser feitas até 20 de outubro.

Ticiane Pinheiro volta ao programa Hoje em Dia após licença maternidade

Hoje em Dia é apresentado por Cesar Filho, Ana Hickmann, Renata Alves e Ticiane Pinheiro.

Agora é Lei: pipódromos são regulamentados

De acordo com a lei, os pipódromos deverão estar localizados em área restrita aos participantes e a uma distância mínima de 1 km de rodovias públicas e de redes elétricas

Festival da Lua Cheia recebe Adriana Calcanhoto no VillageMall

Cantora prepara show acústico para os fãs com setlist de seus maiores sucessos

Oferta de vagas no comércio para o Natal será a maior em seis anos

Espera-se a contratação de 91 mil trabalhadores temporários

Procon-RJ realiza mutirão para renegociação de dívidas

Pessoas com dificuldade de locomoção e idosos também poderão buscar atendimento no Procon Móvel

Viagem com desconto? Entenda como funciona a passagem aérea de estudante

Produto oferece condições especiais e descontos para quem irá estudar ou estagiar no exterior

Resumo da novela Éramos Seis de 21 a 26 de outubro de 2019

Assad anuncia Elias como seu novo sócio, e Júlio reage com despeito

Universal TV estreia a 21ª temporada de Law & Order: Special Victims Unit em novembro

Série, protagonizada por Mariska Hargitay, alcança a posição de produção mais longeva da TV

Nego do Borel renova jardim com árvores caídas das chuvas

Paisagista cria Natureza Viva para área da piscina do cantor

Famosas apostam em cabelos vermelhos para o verão

E se você é daquelas que acredita que o ruivo é a coloração para dias mais frios,...

Até essa terça-feira (15), a CAIXA sorteará R$ 58 milhões em sete concursos

Supremo retoma discussão sobre possíveis candidaturas sem partido

A audiência foi marcada para 9 de dezembro pelo ministro Luís Roberto Barroso, relator do recurso de um postulante a prefeito do Rio de Janeiro

Horóscopo de terça-feira 15 de outubro de 2019

Confira a previsão do horóscopo para o dia...

Detonautas Roque Clube assina com a Sony Music

Banda assina contrato ao lado do Presidente da Sony Music Brasil, Paulo Junqueiro

CNCO lança esperado EP “Que Quiénes Somos”

No início deste ano, a CNCO foi nomeada o primeiro artista do VEVO LIFT de 2019, marcando a banda como os primeiros artistas latinos a serem escolhidos para o programa.

Jennifer Lopez lança seu novo single “Baila Conmigo”

Na última sexta-feira (11), a superestrela Jennifer Lopez lançou seu novo single "Baila Conmigo".

Comércio projeta crescimento de 0,30% em outubro

Segundo o IBEVAR, os indicadores de 2019 apontam para uma recuperação da economia e do varejo, mesmo que de forma lenta e gradual

IOUU passa a oferecer crédito para o setor de franquias

Proposta vem para ajudar empreendedores que pensam em expandir seus negócios reformando o espaço, contratando funcionários ou ainda comprando novos equipamentos

8 dicas para aumentar a vida útil do motor do seu carro

O tempo de duração do motor depende do cuidado com o veículo e seu uso adequado.

Pique Novo se apresenta no Shopping Jardim Guadalupe

O grupo é formado por: Liomar (vocal), composição de Cesinha (cavaco), Nego Binho e Binho Percussão (percussão), Kadú Love (banjo), Edson Cigano (pandeiro) e Renato (bateria).

Linha Amarela terá manutenção na iluminação em toda a via

Concessionária prossegue com recuperação de passarela em Del Castilho

Outras Notícias

- Publicidade -