22.7 C
Rio de Janeiro
sábado, 20 de julho de 2019 7:4327
- Publicidade -

Roberto Cabrini renova seu contrato com o SBT

No mês em que completa dez anos de SBT, Roberto Cabrini acaba de renovar seu contrato com a emissorapor mais dois anos. 

“Estou muito feliz pois aqui me sinto em casa. Em março de 2020 o Conexão Repórter completará 10 anos com a missão de continuar a busca pela verdade por meio de grandes reportagens”, afirma o editor-chefe e apresentador do Conexão Repórter, no ar todas as segundas-feiras, a partir das 23h45. 

- Advertisement -

Para o SBT é valioso ter em seu casting o premiadíssimo jornalista Roberto Cabrini, que sempre agrega valor e prestígio à reputação da marca. Confira os prêmios já conquistados por Cabrini e pelo Conexão Repórter abaixo:

Roberto Cabrini

• 1993 – Troféu Imprensa – Melhor repórter da TV brasileira (Prêmio recebido em 1994, ano em que cobriu a morte de Ayrton Senna e descobriu o paradeiro do fugitivo Paulo César Farias).   

• 1995 – Prêmio APCA (Ass. Paulista dos Críticos de Arte) – Melhor programa jornalístico (Entrevista com Fernando Collor de Mello, e documentário no Iraque).    • 1995 – Revista Veja – Menção. Entrevista com Fernando Collor de Mello é apontada como a melhor matéria do ano de 1995.   

• 1995 – Jornal do Brasil – Menção. Considerado melhor repórter da televisão brasileira em 1995.   

• 1996 – Prêmio Vladimir Herzog – Categoria TV, pelo documentário “Em Nome de Alá”, realizado no Afeganistão.   

• 1997 – 14º Prêmio de Direitos Humanos da Associação dos Repórteres Fotográficos e Cinematográficos (Arfoc/RS e Brasil), com o documentário “Em Nome de Alá”.   

• 1998 – VI Prêmio Líbero Badaró de Jornalismo – Reportagem “A Verdadeira História do Vôo 254”.   

• 1998 – 1º Prêmio Previdência Social de Jornalismo – com o documentário “Investigando a fraudadora do INSS”.   

• 2009 – Prêmio Tim Lopes – Reportagem “O Chefe do Tráfico”.

Conexão Repórter com Roberto Cabrini   

• 2010 – Prêmio Esso de Telejornalismo – Reportagem “Sexo, Intrigas e Poder” (investigando a pedofilia na Igreja).   

• 2011 – Troféu Imprensa – Conexão Repórter – Melhor Programa Jornalístico.   

• 2012 – Troféu Imprensa – Conexão Repórter – Melhor Programa Jornalístico.   

• 2012 – Troféu Internet – Conexão Repórter – Melhor Programa Jornalístico.   

• 2014 – Troféu MPT (Ministério Público do Trabalho) – Reportagem “O Doce Veneno dos Campos do Senhor”.   

• 2015 – Prêmio República (Ass. Nac. Procuradores da República – Reportagem “O Doce Veneno dos Campos do Senhor”.   

• 2015 – Prêmio Comunique-se – Roberto Cabrini – Melhor Repórter de Mídia Falada (e único jornalista que não é da Rede Globo a ganhar este prêmio).   

• 2016 – Troféu Imprensa – Conexão Repórter – Melhor Programa Jornalístico.    • 2017 – Troféu Imprensa – Conexão Repórter – Melhor Programa Jornalístico.   

• 2018 – Prêmio UOL (Voto Popular) – Melhor Jornalista – Roberto Cabrini.   

• 2018 – Troféu Área Vip – Melhor Programa Jornalístico.   

• 2019 – Roberto Cabrini recebe título de “Benfeitor da Humanidade”, da ONG 1 Milhão de Amigos, ligada à ONU

Assine nossa Newsletter

Para ser atualizado com as últimas notícias, ofertas e anúncios especiais.

Últimas Notícias

Vasco da Gama vence o Fluminense de virada em São Januário lotado, veja os gols

Na abertura da 11ª rodada, Cruzmaltino leva a melhor no clássico carioca, vence por 2 a 1 e se afasta da zona de rebaixamento

Polícia localiza cemitério clandestino usado por milícia em Queimados

Eles teriam sido assassinados pelo grupo criminoso Caçadores de Ganso

Liesa define ordem do desfile de escolas de samba no carnaval do Rio

Ao todo, 13 escolas vão desfilam no Grupo Especial em 2020

Ex-goleiro Bruno sai da prisão e vai para regime semiaberto

Ele foi condenado a 20 anos pelo homicídio de Elisa Samudio

Silvio Santos recebe o craque Neymar

O “Programa Silvio Santos” deste domingo, 21 de julho, recebe a visita especial do jogador Neymar.

Etiene Medeiros foca nos 50 metros costas e livre no Mundial de Natação

Tricampeã do mundo nos 50 metros costas, nadadora brasileira concentra seus esforços nas provas mais velozes em função da disputa dos Jogos Pan-Americanos do Peru