22.7 C
Rio de Janeiro
sábado, 20 de julho de 2019 7:2319
- Publicidade -

Com show de Guerrero, Peru vence Bolívia por 3 a 1

O atacante Paolo Guerrero brilhou e ajudou a seleção do Peru a derrotar a Bolívia por 3 a 1 em jogo válido pelo Grupo A da Copa América disputado no Estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro. Com a vitória, o time peruano soma 4 pontos e alcança a liderança provisória da chave. Ainda falta o resultado de Brasil e Venezuela, que jogam hoje às 21h30. Os bolivianos permanecem sem pontuar.

O time peruano começou melhor a partida, apostando na velocidade de seus jogadores, em especial de Polo Andrade, que criava boas jogadas pela ponta direita.

- Advertisement -

Porém, quem abriu o marcador foi a Bolívia, mas em lance controverso. Aos 23 minutos Saucedo recebe dentro da área e chuta para o gol. A bola explode no braço de Zambrano. Contudo, o árbitro ficou em dúvida sobre um possível impedimento do ataque boliviano no início da jogada. Após uma demorada consulta ao VAR (árbitro de vídeo) o juiz finalmente confirmou a penalidade máxima. E, aos 28 minutos, o artilheiro Marcelo Moreno cobrou com muita categoria para abrir o marcador. 1 a 0 para a Bolívia.

Com a vantagem no marcador, a Bolívia se fechou atrás, esperando oportunidades para sair na velocidade. Já o Peru tentava encontrar espaços, em especial pela esquerda com o lateral Trauco. Mas a defesa boliviana conseguia afastar o perigo.

Mas, aos 44 minutos, a equipe boliviana avançou um pouco sua defesa e deu espaço para o Peru chegar ao gol do empate. O meia Cueva lançou Guerrero nas costas dos zagueiros da Bolívia, o atacante se livrou do goleiro Carlos Lampe com uma meia-lua e tocou para o gol vazio. Um golaço para deixar tudo igual.

Animado com o gol do empate obtido no final da etapa inicial, o Peru continuou comandando as ações no segundo tempo. E a virada não demorou a vir.

Aos nove minutos, Guerrero recebeu a bola na ponta esquerda. Com a bola no pé, o camisa 9 se livrou de um adversário e cruzou na medida para Farfán, que, dentro da área, subiu muito e cabeceou com categoria para vencer o goleiro adversário – 2 a 1 para a seleção peruana.

Com a desvantagem no placar, a Bolívia deixou a postura defensiva de lado e começou a dar espaços para a equipe adversária, que encontrava muitos espaços para contra-atacar.

E, aos 21 minutos, o time boliviano teve uma ótima chance de empatar. Castro chuta de fora da área com perigo, e Gallese defende parcialmente. No rebote, Saavedra chuta para fora sozinho diante do goleiro peruano e perde chance incrível.

Como para a Bolívia apenas a vitória interessava, o técnico Eduardo Villegas decidiu tirar dois meias para colocar dois atacantes: Fernández e Vaca.

Mas quem melhorou na partida foi o Peru, que a partir dos 30 minutos teve inúmeras chances claras de gol, com Polo, Tapia, Guerrero e Advíncula. Mas Lampe mostrou muita segurança no gol para segurar os ataques do adversário.

Aos 50 minutos, o terceiro gol do Peru finalmente veio. Após contra-ataque rápido, Flores recebe livre, avança até a entrada da área, dribla um zagueiro, deixa o goleiro adversário no chão com uma finta e chuta por cobertura para marcar um golaço. Peru 3 x 1 Bolívia para dar números finais ao jogo.

Na próxima rodada, o Peru enfrenta o Brasil na Arena Corinthians, em São Paulo, enquanto Bolívia e Venezuela jogam no estádio do Mineirão, em Minas Gerais.

Ficha técnica:

Bolívia 1 X 3 Peru

Competição: Copa América (2ª rodada – Grupo A)

Local: Maracanã, Rio de Janeiro

Juiz: Roddy Zambrano (Equador)

Escalações:

Bolívia: Carlos Lampe; Diego Bejarano, Luis Haquin, Adrian Jusino e Marvin Bejarano; Erwin Saavedra (Leonardo Vaca), Fernando Saucedo (Roberto Fernández), Raul Castro (Álvarez), Leonel Justiniano e Alejandro Chumacero; Marcelo Moreno. Técnico: Eduardo Villegas.

Peru: Gallese; Luis Advincula, Luis Abram, Carlos Zambrano (Araujo) e Miguel Trauco; Yoshimar Yotún, Renato Tapia, Andy Polo, Christian Cueva (Flores) e Jefferson Farfan; Paolo Guerrero (Gonzáles). Técnico: Ricardo Gareca.

Gols: No primeiro tempo: Marcelo Moreno (28) e Guerrero (44). No segundo tempo: Farfán (9) e Flores (50).

*Fábio Lisboa é jornalista e comentarista esportivo dos programas da TV Brasil Stadium No Mundo da Bola.

Assine nossa Newsletter

Para ser atualizado com as últimas notícias, ofertas e anúncios especiais.

Últimas Notícias

Vasco da Gama vence o Fluminense de virada em São Januário lotado, veja os gols

Na abertura da 11ª rodada, Cruzmaltino leva a melhor no clássico carioca, vence por 2 a 1 e se afasta da zona de rebaixamento

Polícia localiza cemitério clandestino usado por milícia em Queimados

Eles teriam sido assassinados pelo grupo criminoso Caçadores de Ganso

Liesa define ordem do desfile de escolas de samba no carnaval do Rio

Ao todo, 13 escolas vão desfilam no Grupo Especial em 2020

Ex-goleiro Bruno sai da prisão e vai para regime semiaberto

Ele foi condenado a 20 anos pelo homicídio de Elisa Samudio

Silvio Santos recebe o craque Neymar

O “Programa Silvio Santos” deste domingo, 21 de julho, recebe a visita especial do jogador Neymar.

Etiene Medeiros foca nos 50 metros costas e livre no Mundial de Natação

Tricampeã do mundo nos 50 metros costas, nadadora brasileira concentra seus esforços nas provas mais velozes em função da disputa dos Jogos Pan-Americanos do Peru