- Publicidade -

Senado confirma transferência de Coaf para Economia

- Publicidade -

O Senado Federal concluiu na noite desta terça-feira (28) a votação da Medida Provisória da reforma administrativa. Os parlamentares mantiveram o texto aprovado pela Câmara dos Deputados, que reduziu de 29 para 22 o número de ministérios, mas que tirou o Coaf (Conselho de Controle de Atividades Financeiras) das mãos do ministro da Justiça, Sergio Moro.

A aprovação foi uma vitória para o governo federal, uma vez que, no caso de qualquer alteração pelo Senado, o texto voltaria para análise dos deputados. Assim, a MP que tinha prazo de validade curto, poderia caducar antes de ser novamente analisada pela Câmara.

- Publicidade -

A preocupação fez com que Bolsonaro enviasse uma carta aos senadores pedindo a aprovação da proposta na forma com que ela saiu da Câmara. O documento foi assinado por Bolsonaro e pelos ministros Sérgio Moro (Justiça), Paulo Guedes (Economia) e Onyx Lorenzoni (Casa Civil).

O pedido fez com que os aliados do governo desistissem de tentar manter o Coaf com Sergio Moro, como foi o caso do líder do PSL na Casa, senador Major Olímpio (SP).

“Nós sempre nos mobilizamos para que o Coaf ficasse na Justiça, mas não foi a interpretação da Comissão Mista. Nós perdemos por 15 a 9. E depois nós perdemos por 228 a 210 na Câmara. Não dá para discutir agora. Para mim, é um soco no fígado todas essas circunstâncias que a Câmara nos impõe”, reclamou.

A articulação do governo deu resultado. O texto base da MP foi aprovado por 70 votos a 4 e, na sequência, os senadores rejeitaram um destaque que previa o retorno do Coaf para o Ministério da Justiça.

O texto agora segue para sanção do presidente Jair Bolsonaro

- Publicidade -

Falando Nisso...
Conteúdo Relacionado

Mais Notícias
Conteúdo recomendado para você

Reforços do Vasco da Gama: Matheusinho e Moisés negociam com o clube

Abel Braga é aguardado na segunda-feira para sacramentar a negociação

Ministério libera R$ 152 milhões para ajuda emergencial à saúde do Rio

O acordo foi assinado pelo ministro interino da Saúde, João Gabbardo, e o prefeito do Rio, Marcelo Crivella, no Palácio da Cidade

União estuda repasse para o Rio por unidades de saúde municipalizadas

O governo federal reconhece que ainda tem parte da dívida, mas equipes da pasta e do município estão analisando o valor que a União deve repassar ao longo do próximo ano.

Valdir Espinosa é apresentado como novo gerente de futebol do Botafogo

O novo gerente técnico prometeu muito trabalho e luta por um clube forte.

Horóscopo de domingo 15 de dezembro de 2019

Confira a previsão do horóscopo para o dia 15...

‘Carlinhos e Carlão’, com Luis Lobianco, tem pré no Festival do Rio

As sessões estão agendadas para 16 de dezembro (segunda-feira), no Cine Odeon NET Claro, e 17 (terça), no Cine Roxy e no Reserva Cultural de Niterói

Record TV apresenta a Retrospectiva dos Famosos

Marcos Mion e Mariana Weickert comandam a atração

Al Hilal vence e avança à semifinal contra o Flamengo no Mundial de Clubes

Atacante Gomis marcou o gol do jogo aos 27 minutos do segundo tempo

Horóscopo de sábado 14 de dezembro de 2019

Confira a previsão do horóscopo para o dia 14 de dezembro de 2019 e fique por dentro de tudo...

Vanderlei Luxemburgo não é mais o técnico do Vasco da Gama

Em breve, o Club de Regatas Vasco da Gama irá anunciar o nome do novo técnico.