- Publicidade -

Brasileiro Karim Ainouz ganha prêmio Um Certo Olhar, em Cannes

O filme é uma "denúncia do patriarcado e do prejuízo que pode causar", disse Ainouz.

- Publicidade -

O diretor brasileiro Karim Ainouz ganhou, nesta sexta-feira (24), o prêmio Um Certo Olhar, o segundo mais importante do Festival de Cannes, com seu “melodrama tropical”, “A vida invisível de Eurídice Gusmão”.

O filme retrata o patriarcado no Brasil narrando, da adolescência à velhice, a vida de duas irmãs cariocas dos anos 1950, cujos sonhos são soterrados pelo peso de uma sociedade machista.

- Publicidade -

Ao receber o prêmio, Ainouz dedicou-o às suas protagonistas, Carol Duarte e Julia Stockler, bem como “a todas as mulheres do mundo”.

“Vivemos um momento de muita intolerância” no Brasil, denunciou o cineasta.

- Publicidade -

Em seu terceiro longa-metragem exibido em Cannes, Ainouz retoma a temática que mais o comove: as mulheres, uma forma de homenagear sua mãe, que o criou sozinha, e sua avó, que viveu até os 108 anos, a quem dedicou seu primeiro trabalho.

Baseado no romance homônimo de Martha Batalha, “A vida invisível de Eurídice Gusmão” acompanha Eurídice e Guida, almas gêmeas, mas que o destino separa e leva para caminhos muito diferentes.

- Publicidade -

– Voltando atrás –

Elas compartilham a frustração de não poderem se realizar e a enorme dor de viverem separadas no Rio.

Assim, Eurídice, cujo sonho é ser pianista, luta por anos para ser admitida no conservatório, embora seu pai e seu marido não consigam entender por que uma mulher não quer ficar em casa e cuidar da família. Guida é atingida muito jovem por uma tragédia e precisa formar uma família menos convencional.

“Minha mãe era solteira e quando pequeno não me dei conta de como foi duro para ela. Ao mesmo tempo, tinha a impressão de que as coisas tinham mudado nos últimos 30 anos para as mulheres, mas com o que está acontecendo politicamente no mundo e no Brasil, vejo que estamos andando para trás”, disse o cineasta à AFP na segunda-feira, após exibir seu filme na mostra Um Certo Olhar.

No Rio dos anos 1950 de Ainouz, uma mãe não pode sair do país com seu filho pequeno porque é necessária a autorização do pai. Uma jovem que ainda não quer ter filhos vive com medo de ser abandonada pelo marido. Outra mulher se cala quando o patriarca humilha sua filha.

O filme é uma “denúncia do patriarcado e do prejuízo que pode causar”, disse Ainouz. Mas também “quero evitar apresentar os personagens como vítimas e explorar suas possibilidades de resistência”, acrescentou.

– Novelas como inspiração –

“Isso é o mais importante do cinema hoje em dia: mostrar que é preciso resistir e dar esperanças”.

Potente em sentimentos, o filme reforça visualmente seu aspecto melodramático com grande densidade de cores e uma atuação com mais cara de teatro.

Sua inspiração: as novelas brasileiras dos anos 1970. “Tenho lembranças maravilhosas daquelas novelas, de seus atores, que vinham, em sua maioria, do teatro. Mas até agora sentia certo pudor para retomar seu estilo. É preciso ser muito cuidadoso para não fazer um filme sem graça”.

Ainouz afirma ter perdido o medo de deixar os sentimentos aflorarem. “As novelas têm força de chegar a um grande público, e não é por acaso que gostam tanto delas no Brasil”, resumiu

- Publicidade -

Falando Nisso...
Conteúdo Relacionado

Mais Notícias
Conteúdo recomendado para você

Vasco da Gama sofre gol no fim e cede empate para o Goiás, veja os gols

Em São Januário, equipe carioca saiu na frente com gol de Guarín, e Esmeraldino marcou no fim com Oswaldo Henríquez, contra: 1 a 1

Região sudeste tem a gasolina mais cara do país

Conforme levantamento realizado pela ValeCard em cerca de 20 mil estabelecimentos em todo o território nacional, o combustível mais caro é encontrado no Rio de Janeiro e o mais barato, em São Paulo

Importação de cigarro eletrônico pode ser considerada contrabando

Projeto de lei em tramitação na Câmara dos Deputados prevê pena de dois a cinco anos de reclusão para quem cometer a infração

China disponibilizará US$ 100 bilhões para governo brasileiro

Foco dos investimentos é a área da infraestrutura

Alerj se reúne com PGE em busca de solução para concursados da SEAP

Na ocasião, Rômulo Carvalho, da comissão dos concursados de 2006, disse que os candidatos já passaram por todos os requisitos

Prefeitura do Rio aprimora sistema de alerta sobre temporais

Toda a rede de saúde estará preparada para o atendimento à população.

Dólar ultrapassa R$ 4,20 e fecha no maior valor desde criação do real

Bolsa reverte alta e encerra o dia em queda

PM retirou mais de 5 mil armas de circulação desde janeiro

Foram 451 fuzis, 2.735 pistolas e 2.049 revólveres

Governo oficializa descontingenciamento do Orçamento de 2019

Ao todo, foram liberados R$ 13,976 bilhões que estavam bloqueados

Horóscopo de terça-feira 19 de novembro de 2019

Descubra o que os astros lhe reservam para seu dia

Prislla agitará as comemorações de fim de ano no Réveillon do Flutuante Rio

A noite será brindada com a melhor vibe da virada, muita música, alta gastronomia, drinks e uma atmosfera fantástica dos pontos turísticos cariocas Cristo redentor e o Pão de açúcar.

Cantora portugesa MARO se apresenta na Audio Rebel

Artista apresenta canções de seus cinco álbuns

Shopping Nova Iguaçu promove Natal do Aladdin

Centro comercial na Baixada Fluminense ganha atração inspirada no brinquedo Tapete Mágico de parque temático de Orlando

Supervia retira de circulação 20% de sua frota de trens no Rio

A Secretaria estadual de Transportes informou que lamenta os impactos causados aos passageiros e que está trabalhando para que a normalização do serviço ocorra o mais rápido possível.

ARCHcine chega à sua 4ª edição com o tema ‘Cidades em Transe’

O 4° ARCHcine – Festival Internacional de Cinema de Arquitetura vai de 22 a 27 de novembro,...