26.6 C
Rio de Janeiro
segunda-feira, 17 de junho de 2019 1:4929
- Publicidade -

Agenor comemora momento do Fluminense: ‘Estamos em uma crescente’

Tricolor vem de duas goleadas na sequência, diante de Cruzeiro e Atlético Nacional-COL

- Publicidade -

O Fluminense venceu e convenceu o Atlético Nacional-COL na última quinta-feira. O Tricolor conseguiu a segunda goleada por 4 a 1 consecutiva e conquistou uma boa vantagem para a partida de volta da segunda fase da Copa Sul-Americana contra os colombianos. Em entrevista coletiva nesta sexta-feira, o goleiro Agenor comemorou o bom momento vivido pela equipe e a união com a torcida.

– Acho que essa motivação que o torcedor tem nos passado a cada jogo é um reflexo do que estamos fazendo dentro de campo. O time vem numa crescente muito boa em um momento importante do ano. Isso contagia todo mundo, não só o torcedor, mas a gente também. É sempre importante ter o apoio do torcedor, dá bastante motivação – afirmou.

- Advertisement -

Titular nas duas últimas partidas, Agenor atingiu uma importante meta pessoal no triunfo sobre o Atlético Nacional-COL: seu centésimo jogo como profissional. Motivado, o arqueiro projeta muito mais nos próximos anos.

– Me sinto com muito mais jogos, até pelo tempo de profissional. É uma marca importante para mim. Sem dúvida nenhuma é de expressão. Mas vamos em busca do 200, 300 – disse.

Confira outras respostas da entrevista:

Esquema tático
O esquema que estamos jogando desde o começo do ano favorece o time como um todo. Isso tem feito a diferença agora que a bola tem entrado, tem mostrado ainda mais nosso trabalho, o trabalho do Diniz. Claro que a gente aproveita a boa fase do menino que vem entrando, todos nós sabemos das qualidades dele. Cabe a nós, mais velhos, tentar segurar a euforia dele para que possa crescer ainda mais a cada jogo para ajudar ao Fluminense.

Titularidade
Fico feliz de ter entrado na equipe e a gente ter vencido os jogos, jogando bem, acima de tudo. O Rodolfo é um cara super bacana, que eu confio bastante. Já o conheço há algum tempo. Próxima partida, se eu precisar jogar, vou dar meus 100% novamente. Quem escala é o Diniz e tenho certeza que o Fluminense está bem servido de goleiros

Jogar com os pés
Sempre joguei muito com os pés, desde a base. Claro que o Diniz exige muito mais. A gente procura se adaptar o mais rápido possível. Aos poucos vou me adaptando ao estilo de jogo do time titular, vamos nos soltando mais. Vou fazer o que tiver mais seguro ali atrás. O mais importante é passar segurança para os companheiros de defesa.

Pênalti
Tem bastante estudo por trás. Agradeço sempre ao pessoal que trabalha aqui, que passa as informações. Ontem, infelizmente, não consegui pegar. Pênalti, que no meu modo de ver, foi mal batido. Mas pênalti é circunstância do jogo. Se tivesse pegado ia continuar da mesma maneira o jogo. O mais importante é pensar na equipe e na próxima partida.

João Pedro
Na minha opinião ele tem um baita futuro pela frente. Cabe a ele amadurecer ainda mais a cada jogo. Cabe também a quem está de fora não ficar mimando muito ele, para que não possa contagiar uma forma negativa. Sem dúvida nenhuma tem um futuro brilhante. Se continuar com essa cabeça que tem nos treinamentos, no dia a dia, tem muito a crescer. Só depende dele. Cabe a nós dar o suporte para que ele faça o que vem fazendo nos jogos, sem dúvida nenhuma precisamos aproveitar o momento que ele está aqui.

Bom momento
O Brasil inteiro já olha o Fluminense de outra maneira. O futebol que estamos jogando nos credenciou a ser olhado de uma maneira diferente. Não podemos cair numa armadilha. Temos que trabalhar como trabalhamos para o jogo com o Flamengo, Cruzeiro… Temos que pensar somente no Bahia agora, não podemos ficar vivendo das vitórias que passaram. O Brasileiro é longo e temos que ir lá para a Bahia e somar pontos

Assine nossa Newsletter

Para ser atualizado com as últimas notícias, ofertas e anúncios especiais.

Últimas Notícias