- Publicidade -

Alerj requisita contrato que daria ao Fluminense exclusividade no setor Sul do Maracanã

O presidente da Ferj afirmou que a entidade pediu diversas vezes ao Fluminense que mostrasse o documento que garantia a exclusividade no uso do setor sul do Maracanã ao clube das Laranjeiras, mas a agremiação nunca o apresentou

- Publicidade -

A Comissão Especial do Esporte de Alto Rendimento da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) pediu ao Consórcio Maracanã, ex-concessionário do estádio, que entregue, até a próxima sexta-feira (03/05), uma cópia do contrato que o Fluminense Futebol Clube celebrou, em 2013, para mandar jogos naquele campo. O colegiado quer saber também quais os custos de manutenção do complexo esportivo, além de informações fiscais de empresas prestadoras de serviço terceirizadas que atuam durante os eventos na arena.

O tema foi debatido em audiência pública realizada nesta segunda-feira (29/04), na Alerj, com as presenças de dirigentes de Flamengo e Botafogo, além do presidente da Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (Ferj), Rubens Lopes. Vasco e Fluminsense não enviaram representantes, embora tivessem sido convidados.     

- Publicidade -

O presidente da comissão, deputado Rodrigo Amorim (PSL), explicou que mesmo sendo um acordo estabelecido entre duas entidades de direito privado, o contrato celebrado entre o Consórcio e o Fluminense deve seguir parâmetros mínimos de transparência inerentes à gestão de um bem público, como o Maracanã. O parlamentar criticou a postura do clube das Laranjeiras por não ter mandado nenhum representante para prestar esclarecimentos sobre o tema. “Eu não posso crer que uma questão tão importante que envolve o consórcio de um equipamento público do Estado do Rio de Janeiro nas suas relações com um clube haja alguma cláusula de confidencialidade seja para tratar do posicionamento da torcida, ou qualquer outro tema. Toda questão que envolve o futebol e o Maracanã deve ser tratada de forma absolutamente transparente e cristalina”, avaliou.

Ausência de documento

O presidente da Ferj afirmou que a entidade pediu diversas vezes ao Fluminense que mostrasse o documento que garantia a exclusividade no uso do setor sul do Maracanã ao clube das Laranjeiras, mas a agremiação nunca o apresentou. “O presidente do Complexo do Maracanã afirmou à época da decisão da Taça Guanabara que o Fluminense só tinha direito ao lado sul quando fosse o mandante das partidas. Diversas vezes pedimos ao que nos apresentassem pelo menos o dispositivo contratual que lhes garantia exclusividade daquele lado tanto como mandante, quanto como visitante, mas não tivemos sucesso”, lamentou Lopes.

O advogado da ex-concessionária do Maracanã, Marcos Salgado, afirmou a disposição do Consórcio em responder todas as perguntas feitas pelo colegiado, mas não foi capaz de fornecer dados sobre os contratos estabelecidos com os clubes, com outras empresas, nem esclareceu questões referentes aos custos de manutenção do estádio. O deputado Rodrigo Amorim afirmou que tomará todas as medidas necessárias para resguardar o interesse público. “O Consórcio Maracanã foi incapaz de responder qualquer pergunta. Essa é uma demonstração de profundo desrespeito com essa Casa e com a comissão aqui instalada. Nós vamos à Justiça. Tomaremos todas as medidas para endurecer a relação com o Fluminense e com o Consórcio, ou com qualquer outra entidade que tente criar obstáculo ao funcionamento desta Comissão.

Salgado argumentou, também, que devido à contratação recente de sua assessoria jurídica, ainda não é capaz de prestar os esclarecimentos necessários, mas garantiu que há empenho do Consórcio Maracanã em facilitar a retomada do estádio pelo poder público. “Não queremos criar, de forma alguma, nenhum embaraço nem ao novo permissionário, nem à própria extinção da concessão. Fomos contratados para auxiliar nessa fase de transição e nos comprometemos a fornecer qualquer informação solicitada por essa comissão por escrito”, prometeu

- Publicidade -

Falando Nisso...
Conteúdo Relacionado

Mais Notícias
Conteúdo recomendado para você

Horóscopo de sábado 14 de dezembro de 2019

Confira a previsão do horóscopo para o dia 14 de dezembro de 2019 e fique por dentro de tudo...

Vanderlei Luxemburgo não é mais o técnico do Vasco da Gama

Em breve, o Club de Regatas Vasco da Gama irá anunciar o nome do novo técnico.

Copa do Brasil 2020: sorteio define confrontos da Primeira Fase

Sorteio realizada na sede da CBF determinou confrontos da Primeira Fase e mando de campo da Segunda Fase da Copa do Brasil 2020

Vasco da Gama quer Everaldo da Chape e Luxemburgo está na mira de Santos e Palmeiras

O Gigante da Colina chegou a sondar os argentinos Nicolás Blandi e German Cano, que não empolgaram Vanderlei Luxemburgo.

Quem vai reforçar o seu time? Confira no ‘Central do Mercado’

Até o dia 6 de janeiro, a apresentação é de André Hernan, que passa o bastão para Carlos Cereto a partir do dia 7

Thyane Dantas curte férias em Orlando com Dom, Ysis e Yhudy

Eles esperam o papai Wesley Safadão, que se junta a eles para completar a bagunça

Monique Alfradique prestigia evento de grife de lingerie

Label italiana de lingerie e loungewear promoveu coquetel com a atriz para celebrar a abertura de sua primeira loja na Serra gaúcha

Marcela Tavares apresenta ‘Não Seja Burro’ em São Paulo

A humorista mulher com as redes sociais mais engajadas no Brasil se prepara para a segunda apresentação do stand-up

TRT do Rio bloqueia contas da prefeitura pra pagar servidores da saúde

A decisão foi tomada nesta quarta-feira (11) pelo vice-presidente do TRT, desembargador Cesar Marques Carvalho, durante audiência de conciliação entre a prefeitura e os trabalhadores

Segundo dia de paralisação na saúde do Rio é marcado por manifestações

Pelas redes sociais, o prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, anunciou nesta tarde que irá pagar os salários dos funcionários.

Raimundos celebra 25 anos de história no palco do Circo Voador

Noite ainda contará com Jimmy & Rats e Meu Funeral