27.2 C
Rio de Janeiro
segunda-feira, 24 de junho de 2019 11:2501
- Publicidade -

Flamengo dá mais um vice para o Vasco da Gama e é Campeão Carioca, veja os gols

Placar final da decisão foi 4 x 0 para os rubro-negros, favoritos desde o início da competição

- Publicidade -

O Flamengo voltou a vencer o Vasco da Gama por 2 a 0 neste domingo (21/4), no Maracanã, pela final do Campeonato Carioca e conquistou o título estadual de 2019. Favorito durante toda a competição, o Rubro-negro não teve muitas diificuldades para vencer seu maior rival e conquistar o  35º título estadual de sua história

Vencedor do jogo de ida da final do Carioca por 2 a 0 no Nilton Santos, o Flamengo defendia uma longa invencibilidade contra o Vasco. O Rubro-Negro não perde para o rival há três anos (ou 12 jogos, 4v/8e).

- Advertisement -

O JOGO

O Vasco chegou a primeira vez aos 2 minutos, quando Werley subiu mais que a defesa adversária e cabeceou por cima do gol. Aos 8, Marrony recebeu na entrada da área e finalizou de canhota, mandando por cima. Aos 15, o adversário abriu o placar: 1 a 0. Aos 33, Pikachu recebeu na entrada da área e bateu colocado no cantinho, mas o zagueiro tirou em cima da linha. 

Um minuto depois, Lucas Santos gingou pra cima do marcador pela esquerda e cruzou. Lucas Mineiro recebeu livre na marca do pênalti, mas pegou mal na bola. Aos 38, Marrony recebeu pela direita e cruzou para Lucas Santos, que bateu bonito. A bola desviou no zagueiro e passou muito perto. Aos 44, Cáceres recebeu pela direita, a bola piscou na área e sobrou para Danilo, que se esticou todo, mas não alcançou a bola. 

A segunda etapa começou com o Vasco na pressão. Marrony tentou logo no primeiro minuto, mas mandou pra fora. Aos 3, Pikachu chegou batendo, Maxi desviou de letra, mas o goleiro defendeu. Dois minutos depois, Maxi fez o pivô e tocou para Pikachu, que abriu em Raul. O volante arriscou de longe, mas mandou pra fora. Aos 8, Yan Sasse toca em profundidade para Pikachu, que foi travado na hora. 

Aos 20, Bruno César avançou em velocidade pela esquerda e cruzou em Maxi López, que se antecipou e desviou para o gol, obrigando o goleiro a fase grande defesa. Aos 21, o camisa 10 tentou de falta, mas o goleiro fez nova defesa. Aos 33, Ribamar arriscou de fora da área e o goleiro fez boa defesa. Aos 37, o adversário ampliou: 2 a 0. 

Assine nossa Newsletter

Para ser atualizado com as últimas notícias, ofertas e anúncios especiais.

Últimas Notícias