25.4 C
Rio de Janeiro
quarta-feira, 22 de maio de 2019 8:2112
- Publicidade -

Leandro Almeida comenta primeiras semanas no Paraná

- Publicidade -

Contratado pela diretoria do Paraná há algumas semanas, o zagueiro Leandro Almeida, emprestado pelo Palmeiras ao tricolor até o meio do ano, destacou o desejo do grupo em conquistar o segundo turno do Campeonato Paranaense nas próximas semanas. Para o jogador, esse título seria muito importante para todos.

“Temos que lutar muito para conquistar o Campeonato Paranaense este ano. Essa conquista será muito importante para nós, do grupo, e para o clube. A torcida também espera isso da gente. Vamos dar a vida neste segundo turno para que isso seja possível. Precisamos ter muita regularidade e intensidade nas próximas semanas”, disse. 

- Advertisement -

Ainda de acordo com o atleta, o elenco paranista tem qualidade e vai lutar para ter um 2019 especial.

“Nossa meta é fazer um grande ano em 2019. É importante buscar esse título estadual para entrarmos com tudo na Série B. Queremos, também, brigar pelo acesso para a primeira divisão neste ano”, disse

Últimas Notícias

Vasco da Gama terá de pagar R$ 400 mil ao Santos pelo empréstimo do atacante André

A determinação judicial é de que o clube de São Januário pague R$ 400.038,39, acrescida de correção monetária e juros de 1% ao mês.

Só clubes de primeira divisão poderão jogar torneios da Conmebol em 2020

A Confederação Sul-Americana divulgou os novos requisitos que os clubes admitidos na Copa Libertadores e na Sul-Americana

Diretor do Flamengo polemiza: “Mickey todo certinho, não foi a torcida”

Dirigente pois em xeque a capacidade intelectual da torcida rubro-negra

Marcos Paulo comemora boa sequência no Fluminense

Jovem atacante tem sido uma das opções do técnico Fernando Diniz

Governo publica decreto sobre armas; civis não podem adquirir fuzis

O novo decreto (nº 9.797, de 21 de maio 2019) está publicado no Diário Oficial da União desta quarta-feira (22).

Vasco da Gama segue analisando contratação de Giovani dos Santos

Luxemburgo e Campello analisam a contratação que além de cara é considerada de risco