22.2 C
Rio de Janeiro
quarta-feira, 22 de maio de 2019 6:2950
- Publicidade -

“Deixa Clarear, Musical sobre Clara Nunes” chega à Maison de France

Assistido por mais de 300 mil pessoas há seis anos, espetáculo faz temporada no Centro do Rio, desta vez na Maison de France, onde será assistido às quartas de fevereiro, sempre às 18h30m

- Publicidade -

Há seis anos circulando pelo Brasil, “Deixa Clarear, musical sobre Clara Nunes” volta ao Rio para sua 33ª temporada – a sexta no Centro da Cidade. O musical chega agora à Maison de France, onde poderá ser assistido do dia 13 a 27 de fevereiro, sempre às quartas-feiras em sessão vesperal, às 18h30m. 

Motivo para celebrar não faltam: o espetáculo, que nunca teve patrocínio, comemora seis  anos em cartaz devido única e exclusivamente ao sucesso, provocado sobremaneira pela acolhida do público, que já ultrapassou a marca de 300 mil espectadores. Tamanho sucesso originou, inclusive, um DVD lançado pela gravadora Biscoito Fino, com a incrível tiragem de 12 mil exemplares. 

- Advertisement -

Com texto de Marcia Zanelatto, direção de Isaac Bernat, direção musical de Alfredo Del Penho, o espetáculo é protagonizado pela atriz Clara Santhana, que vive Clara Nunes  (1942-1983), e  mistura música e poesia na construção de um olhar sobre a cantora mineira e sua carreira. Ele busca incentivar a juventude a valorizar a música brasileira e suas raízes genuínas. “Nossa ideia é apresentar o legado da cantora para as novas gerações”, explica Clara Santhana, idealizadora do projeto e apaixonada pela obra da artista. Ela se apresenta acompanhada por um quarteto de violão, cavaco, percussão e sopros (flauta/ sax). 

No repertório estão clássicos de grandes compositores como “O canto das três raças”(Paulo Cesar Pinheiro/ Mauro Duarte), “Na linha do mar”(Paulinho da Viola), “Morena de Angola” (Chico Buarque), “Um ser de luz”(João Nogueira/Paulo Cesar Pinheiro e Mauro Duarte), “O mar serenou” (Candeia), entre outras.   

Trajetória de sucesso
“Deixa Clarear, musical sobre Clara Nunes” estreou em 2013, no Teatro Café Pequeno, no Leblon, em homenagem aos 30 anos de morte de Clara Nunes.Desde então, a peça cresceu e chamou a atenção da crítica e do público. Do Leblon foi para o tradicional Teatro João Caetano  (onde já cumpriu quatro  temporadas), passou pelo Imperator – Centro Cultural João Nogueira, Teatro das Artes, Teatro Glauce Rocha, Espaço Furnas Cultural e Teatro da Uff, em Niterói.  Quando completou dois anos de estrada, fez uma apresentação especial no Teatro SESI Graça Aranha, e doou o lucro da bilheteria para a Creche Clara Nunes, em Caetanópolis (MG). Fora do Rio, o espetáculo circulou pelas cidades de Goiânia, Salvador e fez temporada em São Paulo.  Em Minas Gerais, fez uma turnê pelos teatros do circuito SESI em Belo Horizonte, Contagem, Itaúna, Uberlandia, Ouro Preto, Mariana e Tiradentes. EmUberaba, foi registrado em DVD – incentivado pelo SESI Minas e com selo da Gravadora Biscoito Fino. Há também no DVD um minidocumentário, gravado em Caetanópolis, cidade Natal de Clara Nunes (com depoimentos de pessoas ligadas à sua infância, sua irmã e mãe de criação Dindinha) e na Portela (com depoimentos de integrantes da escola que conviveram com a cantora).

Serviço

Deixa Clarear

Temporada: de 13 a 27 de fevereiro
Dias e horário: quartas-feiras, às 18h30m
Teatro Maison de France (Av. Presidente Antonio Carlos, 58, Centro)
Telefone:(21) 2544-2533
Ingresso:R$ 60 (inteira) e R$ 30 (meia)
Duração: 70 minutos
Capacidade: 353 lugares
Classificação indicativa: livre

Ficha técnica:

Idealização e atuação – Clara Santhana
Texto – Marcia Zanelatto
Direção – Isaac Bernat
Direção Musical – Alfredo Del Penho
Direção de Movimento – Marcelle Sampaio
Assistência de Direção – Daniel Belmonte
Iluminação – Aurélio de Simoni
Figurino – Desirée Bastos
Cenário – DorisRollemberg
Foto divulgação banner – Marcelo Rodolfo
Operação de Luz – Brisa Lima
Operação de Som – Fernando Capão
Contrarregra– Cristiane Morilo
Programação visual – Gabriela Zuquim / Leandro Carvalho
Produção executiva– Lucas Oliveira
Direção de Produção – Sandro Rabello
Realização – Diga Sim! Produções

Últimas Notícias

“Chega” de homofobia no futebol, pede Antoine Griezmann

"A homofobia não é uma opinião, é um crime", disse o atacante

Vasco da Gama chega a dois meses de salários atrasados e jogadores podem sair

O receio da diretoria é de perder peças importantes por conta da insatisfação com a situação a qual o clube chegou.

Caças dos EUA interceptam bombardeiros russos na costa do Alasca

A esquadra russa incluía dois bombardeiros estratégicos Tu-95, que foram interceptados na segunda-feira por dois caças F-22

Apenas 38,7% das vagas do Fies foram preenchidas no primeiro semestre

Das 100 mil vagas ofertadas, foram assinados 38.793 contratos

Embratur tem seu terceiro presidente em pouco menos de seis meses no governo Bolsonaro

Gilson Machado teve sua nomeação para o cargo publicada no Diário Oficial da União desta terça

Adidas, Puma e Nike consideram novas tarifas à China catastróficas

Trump elevou a 25% as tarifas já existentes sobre US$ 200 bilhões em produtos chineses

Fitch mantém nota de classificação de risco do Brasil

A agência manteve a perspectiva estável para o país, indicando que a classificação não deve ser alterada nos próximos meses.

Termina primeira audiência do julgamento de Cristina Kirchner

A audiência de hoje foi a primeira de um processo que deve durar o ano todo

Caixa começa a chamar candidatos aprovados no concurso de 2014

O presidente da Caixa, Pedro Guimarães, disse que as contratações têm por objetivo o fortalecimento da rede de agências, valorizando o atendimento aos clientes.