20.2 C
Rio de Janeiro
terça-feira, 16 de julho de 2019 5:4644
- Publicidade -

Deyverson marca, e Palmeiras vence a primeira no ano, veja o gol

Não foi uma grande atuação do Palmeiras no Allianz Parque, mas o time de Felipão jogou o suficiente para superar o Botafogo-SP por 1 a 0, nesta quarta-feira (23), e conquistar sua primeira vitória no Campeonato Paulista. Deyverson fez o gol alviverde, aproveitando rebote de falta batida por Bruno Henrique.


A equipe da capital ainda teve a chance de ampliar no segundo tempo, quando o estreante Carlos Eduardo sofreu pênalti, mas Bruno Henrique bateu mal e desperdiçou a cobrança. Com o triunfo, o Palmeiras chegou a quatro pontos no grupo B, já que na estreia empatou por 1 a 1 com o Red Bull.

- Advertisement -


O Palmeiras volta a campo no próximo domingo (27), contra o São Caetano, fora de casa, pela terceira rodada. Já o Botafogo, com um ponto em dois jogos no grupo D, recebe a Ferroviária na próxima segunda-feira (28).


O Palmeiras teve o domínio da posse de bola durante toda a partida, mas sofreu um pouco para criar chances de gol no começo. O time trocava a bola de forma lenta e facilitava a marcação do Botafogo, que se fechava bem em duas linhas de quatro. Aos 18 minutos, Dudu balançou a rede de cabeça após cruzamento certeiro de Gustavo Scarpa, mas o lance foi bem anulado por empurrão do camisa 7 palmeirense no lateral Pará.


Esperando a oportunidade de atacar em velocidade, o Botafogo teve sua melhor chance no primeiro tempo aos 16 minutos. Após escapada rápida pela esquerda, Leonan recebeu de frente para o gol, mas Edu Dracena fez um corte providencial para evitar a finalização. O time de Ribeirão Preto tentou ligar mais contra-ataques, mas o Palmeiras cortou bem as jogadas antes que elas se tornassem perigosas.


Aos 20 minutos, veio o gol palmeirense, na bola parada. Scarpa rolou uma cobrança de falta para Bruno Henrique, que encheu o pé de fora da área; o goleiro Rodrigo Viana soltou para frente e Deyverson chegou antes no rebote. A bola ainda tocou na trave antes de entrar.


Em seu primeiro jogo com a camisa do Palmeiras, Zé Rafael teve altos e baixos. Aparentando algum nervosismo, o meia participou bem da partida, mas errou duas finalizações que poderiam ser perigosas: uma quando recebeu de Dudu em velocidade no contra-ataque, outra quando Scarpa cruzou rasteiro para a área. Um lance que resumiu o jogo do camisa 8 foi quando ele errou passe simples no meio-campo, provocando reclamações da torcida, mas logo na sequência recuperou a bola, arrancando aplausos.


O ritmo do Palmeiras caiu visivelmente na segunda etapa. Felipão colocou mais um estreante, Carlos Eduardo, na vaga de Dudu, e o time passou a dar mais espaço pra o Botafogo. O técnico alviverde inclusive chegou a ficar bastante irritado com alguns lances desperdiçados pela equipe, e reagiu colocando Felipe Melo e Lucas Lima nas vagas de Scarpa e Zé Rafael. Prass precisou trabalhar em cabeçada de Willian Oliveira, em lance perigoso dos visitantes.


O Palmeiras criou uma ótima chance aos 32 minutos, quando Deyverson girou para cima da marcação, invadiu a área e ficou cara a cara com o goleiro. Mas o centroavante enfeitou de mais e tentou driblar Rodrigo Viana antes de finalizar. Acabou perdendo a bola e desperdiçando a chance de marcar seu segundo gol no jogo.


Um dos estreantes da noite, Carlos Eduardo estava alternando bons lances de velocidade com erros simples de passe. Até que, aos 36 minutos do segundo tempo, balançou para cima da marcação e foi derrubado dentro da área: pênalti. Bruno Henrique foi para a cobrança, mas o capitão do Palmeiras chutou fraco, quase no meio do gol, e viu Rodrigo Viana defender com o pé.

PALMEIRAS
Fernando Prass; Marcos Rocha, Antônio Carlos, Edu Dracena, Victor Luís; Bruno Henrique, Thiago Santos, Zé Rafael (Lucas Lima), Gustavo Scarpa (Felipe Melo), Dudu (Carlos Eduardo); Deyverson. T.: Luiz Felipe Scolari

Botafogo-SP
Rodrigo Viana; Lucas Marques, Plínio, Ednei, Pará; Willian Oliveira, Diones, Pimentinha (Jean Silva), Renan Oliveira (Marlon), Leonan; Bruno Moraes (Rafael Costa). T.: Léo Condé

Estádio: Allianz Parque, em São Paulo (SP)
Público: 23.752
Renda: R$ 1.272.384,60
Juiz: Flávio Rodrigues de Souza
Gol: Deyverson, aos 20min do primeiro tempo
Cartões amarelos: Marcos Rocha (Palmeiras); Willian Oliveira (Botafogo-SP)

Assine nossa Newsletter

Para ser atualizado com as últimas notícias, ofertas e anúncios especiais.

Últimas Notícias