Os jogadores da SE Palmeiras, durante treinamento, na Academia de Futebol.

O Palmeiras começou oficialmente o seu período de treinos para 2019. Sem a presença da imprensa, a equipe se reuniu nesta quinta-feira (3) com 35 atletas na Academia de Futebol. As atividades serviram para a estreia do uniforme da Puma.


O treino foi recheado de testes físicos e fisiológicos, se reuniram com a comissão técnica e fizeram exercícios de força e condicionamento. Nesta quarta, o grupo treina em dois períodos. A estreia no Paulista está marcada para o dia 20 de janeiro, contra o Red Bull Brasil, fora de casa.

- Publicidade -


Marcos Rocha, que tem sua permanência encaminhada, mas não definida, só pode treinar com o elenco por conta do aval do Atlético-MG. Ele ainda não assinou o seu novo contrato, apesar de já haver acordo verbal entre os clubes.


Além dele, o Alviverde também recebeu em campo pela primeira vez os seus cinco reforços. Matheus Fernandes, que veio do Botafogo, Carlos Eduardo, do Pyramids (EGI), Felipe Pires, do Hoffenheim, Zé Rafael, do Bahia, e Arthur Cabral, do Ceará, pisaram no campo da Academia pela primeira vez.


Outra novidade foi o retorno dos atletas que estavam emprestados. Raphael Veiga, que estava no Athletico, Erik, no Botafogo, Juninho, no Atlético-MG, e Allione, no Bahia, treinaram com o restante do grupo.

Fabiano, que disputou o ano de 2018 pelo Internacional, também foi a campo. O lateral direito, no entanto, já tem até acerto para continuar a defender o Colorado; resta o Alviverde topar a proposta dos gaúchos.


Vitinho e Pedrão também treinaram com o grupo principal. Os dois, no entanto, têm acordos encaminhados para defenderem outras equipes por empréstimo. O Guarani é um possível destino para a dupla.


Por fim, o Palmeiras ainda promoveu Yan. Ele veio do Vitória em 2017, e na temporada passada foi protagonista dos títulos paulista e brasileiro Sub-20. O jogador já foi convocado para seleções de base e, também em 2018, integrou a delegação palestrina que viajou na intertemporada ao Panamá e à Costa Rica.


Willian, que operou o joelho e só deve voltar no segundo semestre, ainda não iniciou a fase de tratamento na Academia de Futebol. Ele operou o joelho direito no dia 21 de dezembro.

Deixe seu comentário