Johnny Lucas está próximo do Vasco da Gama
Johnny Lucas está próximo do Vasco da Gama

O Vasco da Gama já começou as tratativas para se reforçar em 2019 e está com várias negociações em andamento.

O Clube negocia com alguns meias e um deve chegar no próximo dia, entre os nomes que estão na pauta do Vasco estão Sornoza, equatoriano que atua no Fluminense, Bruno César, que está no Sporting de Portugal e Emannuel Reynoso, do Boca Juniors 

- Publicidade -
– Publicidade –

Como o Diário Carioca adiantou o Vasco da Gama também negocia com Alejandro Guerra, venezuelano que está no Palmeiras e pode chegar à Colina em breve.

Já para lateral direito o clube busca Gino Peruzzi, que atual com Maxi Lopez no Catania e atualmente está no Boca Juniors, da Argentina.

Outros dois argentinos também estão na pauta de São Januário: O meia atacante Lautaro Acosta, do Lânus, e o atacante Marco Ruben, do Rosário Central.

O Vasco da Gama ainda negocia com um zagueiro e um lateral esquerdo, além do o volante Johnny Lucas, do Paraná.

As negociações mais adiantadas são as de Gino Peruzzi, que pode ser anunciado na próxima semana e já acertou salários e tempo de contrato, juntamente com Johnny Lucas, do Paraná.

De acordo com o jornal Extra, as negociações com representantes do Johnny Lucas começaram ainda no fim de outubro e os responsáveis pela carreira do volante acreditam que seria interessante para ele atuar em um clube de maior expressão do Brasil antes de partir para o futebol europeu.

Ainda de acordo com a publicação, o Vasco da Gama ofereceu salário de R$ 70 mil no primeiro ano de contrato, enquanto que ele recebe cerca de R$ 20 mil no Paraná.

A ideia é assinar um contrato válido por três temporadas com o jogador de apenas 18 anos, com aumento gradativo dos salários. Para convencer o Paraná, o Vasco tenta a compra de 50% dos direitos do jogador por cerca de R$ 1,2 milhão e mostrar que uma negociação mais adiante para o futebol europeu pode render mais aos paranistas.

Além de reforços, Vasco negocia de permanência de peças importantes do elenco

Buscando peças de qualidade no mercado da bola, o clube de São Nauário também pretende manter seus jogadores mais qualificados, como Maxi López e Leandro Castan, avaliados como principais referências do elenco.

Os dois têm vínculo até dezembro de 2019, mas a ideia é ampliar para dezembro/2020. Com isso, aumentar a multa rescisória.

Pikachu e Andrey podem ser injeção financeira para o Vasco montar time forte

Enquanto a diretoria do vasco pretende prolongar a passagem de Maxi e Castan pelo clube, Yago Pikachu e Andrey podem estar de saída.

Segundo informações do jornal Lance, o Orlando City é o clube que está mais próximo de acertar a contratação de Yago Pikachu, apesar da concorrência de um clube japonês.

caso a transferência de Pikachu se concretize, o clube terá de pagar a multa rescisória avaliada em 20 milhões de dólares (R$ 77,1 milhões, na cotação atual), dos quais  o Vasco receberia R$ 46,2 milhões por possuir 60% dos seus direitos. A multa de Pikachu para times nacionais é de R$ 30 milhões.

Andrey, voltante de 20 anos que ganhou a vaga de titular e foi um dos destaques da equipe em 2018, está na mira dos Turcos há muito tempo e também não deve seguir em São Januário.

O volante tem contrato com o Vasco até 2021 e os 85% dos direitos que pertencem ao Vasco podem render um bom dinheiro aos cofre do clube com sua venda.