Valentim antes da partida diante do Ceará (Foto: Carlos Gregório Júnior/Vasco.com.br)

O Vasco da Gama encerrou a temporada 2018 com um empate sem gols diante do Ceará, no Castelão. O resultado manteve a equipe na Série A do Campeonato Brasileiro. O técnico Alberto Valentim analisou a atuação do time e elogiou a garra e o nível de concentração dos jogadores durante os 90 minutos, ressaltando que a partida tinha uma carga emocional grande.

– Não tem como não bater em algumas teclas sempre. Fase defensiva de qualidade, marcação, e depois jogar com qualidade na frente. Meu pedido era essa. Jogo de força para se defender, porque não levar gol seria um objetivo conquistado. Havia tensão. Quando está perto do fim, os jogadores ficam mais cansados, baixa o nível de concentração. Não podíamos deixar cair – disse o treinador.

- Publicidade -

Valentim também falou sobre a preocupação da equipe em não levar gol. O treinador afirma que pretendia atacar mais, ter mais ofensividade, mas o jogo era emocionalmente difícil. O comandante vascaíno também falou sobre o planejamento para a próxima temporada:

– Tínhamos a preocupação de não levar gol, mas não deixamos de fazer o que temos de ideia. Queria atacar mais, finalizar mais, ter mais qualidade. Começando o trabalho no próximo ano, vamos em busca de fazer um ano melhor, do tamanho do que o Vasco merece. Os jogadores estão de férias, mas amanhã já vamos conversar no almoço com a diretoria. Vamos começar a trabalhar e planejar.