Apoiado por mais de 40 mil torcedores na Arena, o Grêmio bateu o Corinthians por 1 a 0 neste domingo (2) em Porto Alegre e garantiu a vaga direta na fase de grupos da Copa Libertadores da América do ano que vem ao terminar o Campeonato Brasileiro na quarta colocação. Jael fez o único gol do jogo.

O resultado deixou a equipe do técnico Renato Gaúcho com 66 pontos, três a mais que o rival direto São Paulo, que perdeu para a Chapecoense. Já o time de Jair Ventura, que está de saída do cargo, encerra de forma melancólica a temporada. Com apenas 18 pontos no returno (mesma campanha do rebaixamento em 2007) e 44 no total, os corintianos terminam o torneio nacional em 13º, com vaga na Copa Sul-Americana.

- Publicidade -

Com Michel improvisado na zaga, o Grêmio começou a partida pressionando, enquanto o Corinthians, cuja principal novidade foi Gabriel na vaga do suspenso Ralf, não trocava três passes seguidos. Aos 11 minutos, Maicon cruzou, Henrique tentou cortar e Jael cabeceou. Era o gol tricolor que parecia questão de tempo.

Everton infernizou a defesa do Corinthians no primeiro tempo. Primeiro, passou como quis por Fagner e Jadson antes de ser parado com falta. Minutos depois, entortou Léo Santos e carimbou a trave. Em seguida, deixou três adversários para trás e bateu para fora, quase anotando um gol de placa. Alisson, de cabeça, também esteve perto de ampliar para os donos da casa no primeiro tempo, enquanto os visitantes encerraram a etapa inicial sem criar uma chance de perigo sequer.

O Corinthians tentou mudar o cenário do jogo na etapa final. Paulo Victor teve que trabalhar pela primeira vez e defendeu chute de Romero. Mas o time da casa soube resistir às demais investidas e ainda assustou em contra-ataques. Léo Moura, Maicon e Jael foram muito aplaudidos quando substituídos. No Corinthians, Danilo substituiu Pedrinho e atuou pela equipe paulista pela última vez. Nem ele, nem ninguém, conseguiu alterar o placar novamente.

HOMENAGENS

Integrantes do elenco que venceu o Hamburgo em Tóquio no Mundial foram homenageados pelo Grêmio neste domingo. Entre eles, Valdir Espinosa, que deixou cargo diretivo no clube ano passado. O grupo visitou os vestiários e foi ao gramado antes de a bola rolar, sendo ovacionado pela torcida.

O herói do título da conquista de quase 35 anos atrás mais uma vez viveu uma tarde especial. De contrato renovado, Renato Gaúcho foi o mais celebrado quando a escalação tricolor foi anunciada na Arena. Também não faltaram cartazes de agradecimento pela permanência e provocações ao Flamengo, que pretendia o treinador.

GRÊMIO

Paulo Victor; Léo Moura (Matheus Henrique), Kannemann, Michel e Cortez; Maicon (Douglas), Ramiro, Alisson, Cícero e Everton; Jael (André).
T.: Renato Gaúcho

CORINTHIANS

Cássio; Fagner, Léo Santos, Henrique e Carlos Augusto; Gabriel (Douglas), Thiaguinho, Pedrinho (Danilo), Jadson e Mateus Vital (Clayson); Romero.
T.: Jair Ventura

Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (Fifa/MG)
Cartões amarelos: Jael, Kannemann (Grêmio); Romero, Henrique, Léo Santos, Carlos Augusto (Corinthians)
Cartões vermelhos: Nenhum
Gols: Jael (GRE), aos 11 minutos do primeiro tempo.