Governo Bolsonaro pode privatizar distribuidora da Petrobras, diz Mourão

Hamilton Mourão, vice-presidente eleito, após votar em Brasília 28/10/2018 REUTERS/Adriano Machado
Hamilton Mourão, vice-presidente eleito, após votar em Brasília 28/10/2018 REUTERS/Adriano Machado

O presidente eleito, Jair Bolsonaro, quer privatizar a BR Distribuidora, unidade de distribuição controlada pela Petrobras, disse o vice-presidente eleito, general Hamilton Mourão, em conferência com investidores em Nova York nesta terça-feira.

As ações da BR Distribuidora subiram mais de 6 por cento após os comentários de Mourão.

A petroleira estatal abriu o capital da sua unidade de distribuição em dezembro de 2017 e ainda detém 71 por cento das ações. A BR Distribuidora tinha valor de mercado de 25 bilhões de reais no fechamento de segunda-feira.

Falando por meio de videoconferência para uma plateia de investidores e executivos, Mourão também disse que uma proposta de acordo sob a qual a Boeing adquiriria o controle das operações de jatos comerciais da Embraer é “muito boa” para a fabricante brasileira.

O governo brasileiro deve decidir em breve sobre o acordo, que tem o direito de vetar por ter ações privilegiadas na Embraer.

Mourão disse que a administração de Bolsonaro, que toma posse em 1º de janeiro, planeja aprovar a reforma da Previdência até o fim de junho do ano que vem. Ele também disse que uma reforma tributária é necessária.

(Reportagem de Tatiana Bautzer)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Dengue aumentou 41% e zika teve redução de 12%. Nesta terça (13), o Ministério da Saúde lançou campanha publicitária para reforçar o combate ao Aedes

No Rio de Janeiro, chikungunya tem aumento em relação a 2017

O presidente eleito Jair Bolsonaro durante coletiva de imprensa no Palácio do Planalto, em Brasília 07/11/2018 REUTERS/Adriano Machado

Confira os nomes já anunciados para o ministério do governo Bolsonaro