Crédito: Divulgação/Twitter
Crédito: Divulgação/Twitter

Dois torcedores do Flamengo foram baleados em briga antes do clássico da equipe contra o Botafogo, no Engenhão. Um deles morreu, segundo a Polícia Militar.

A vítima não foi identificada, mas a PM divulgou nota informando que, após dar entrada no Hospital Municipal Evandro Freire, na Ilha do Governador, ele não resistiu aos ferimentos e morreu. Outro torcedor foi atendido no local após também ser baleado.

- Publicidade -

Segundo a assessoria da Polícia do Rio, o conflito aconteceu na rua Combu, bairro da Cacuia, também na Ilha do Governador. Quando os oficiais chegaram ao local, a briga já havia terminado e os feridos, levados ao hospital.
A Delegacia de Homicídios investiga o caso.

Embora tenha sido a mais grave, não foi a única briga envolvendo flamenguistas e botafoguenses neste sábado (10), antes de partida válida pelo Campeonato Brasileiro.

No caminho para o estádio, na avenida Brasil, próximo à  favela Parque União, integrantes da Fúria Jovem, organizadas do Botafogo, avistaram torcedores rivais.

Eles ignoraram a presença dos policiais que escoltavam o ônibus e obrigaram o motorista a parar. Todos desceram do veículo para confrontar os flamenguistas.

Embora não tenha um número exato, a PM estima que cerca de 50 botafoguenses foram presos. As janelas dos ônibus foram destruídas por pedras atiradas pelos torcedores do Flamengo.

Mais próximo ao estádio do Engenhão, no estacionamento do Norte Shopping, membros de organizadas das duas equipes também entraram em confronto.

Deixe seu comentário