Jair Bolsonaro
Jair Bolsonaro

O presidente eleito do Brasil, Jair Bolsonaro, disse nesta segunda-feira que o comércio com a China poderá até ser ampliado e que, após conversa com o embaixador chinês, ficou claro que o país asiático não quer deixar de fazer negócios com o Brasil.

Após investimentos bilionários no Brasil nos últimos anos, empresários chineses estão aguardando sinalizações de Bolsonaro para definir movimentos de investimentos, disse a Câmara Brasil-China disse à Reuters nesta segunda-feira.

- Publicidade -

Durante entrevista à TV Bandeirantes, Bolsonaro afirmou também que, nos pontos em que houver antagonismo entre ele e Sérgio Moro, anunciado como ministro da Justiça e Segurança Pública na semana passada, eles negociarão um meio termo.

(Texto de Laís Martins)

Deixe seu comentário