Líder supremo do Irã, Ali Khamenei, - REUTERS/Handout
Líder supremo do Irã, Ali Khamenei, - REUTERS/Handout

O principal líder do Irã, aiatolá Ali Khamenei, disse neste sábado que o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, enfrenta oposição ao redor do mundo conforme Washington se prepara para reimpor sanções sobre as vitais exportações de petróleo do Irã e seu setor financeiro, segundo reportagem na televisão estatal.

O líder supremo Ali Khamenei também disse que os EUA, arqui-inimigos do Irã, falharam em reafirmar seu domínio sobre o Irã desde a Revolução Islâmica de 1979, que derrubou o xá apoiado pelos EUA.

- Publicidade -

“O mundo se opõe a cada decisão tomada por Trump”, disse Khamenei, segundo a TV estatal. O líder, um clérigo xiita com autoridade máxima sobre o Irã, falou durante um encontro com milhares de estudantes.

“O objetivo da América tem sido restabelecer o domínio que ela tinha (antes de 1979), mas ela fracassou. A América tem sido derrotada pela República Islâmica nos últimos 40 anos.”

Washington irá retomar na segunda-feira sanções sobre as vendas de petróleo do Irã e seu setor bancário, para tentar forçar a República Islâmica a negociações para desistência de seus programas de energia nuclear e mísseis balísticos, além de encerrar seu suporte a militantes em conflitos no Oriente Médio.

Mas a administração Trump disse na sexta-feira que oito importantes países devem ser temporariamente autorizados a continuar comprando petróleo iraniano quando as sanções retomarem seus efeitos. O Irã é o terceiro maior exportador de petróleo do mundo.

Deixe seu comentário