27.6 C
Rio de Janeiro
segunda-feira, 22 de julho de 2019 1:3028
- Publicidade -

Médico de Bolsonaro diz que participação em debates depende apenas do candidato

O chefe da equipe que atendeu o presidenciável Jair Bolsonaro (PSL) afirmou, nesta quinta-feira (18), que a decisão de participar dos debates, a partir de agora, cabe ao capitão da reserva.

Por meio de nota, o cirurgião Antônio Luiz Macedo afirmou que Bolsonaro “está bem, mas ainda tem a colostomia como fator limitante”, mas que o comparecimento aos debates é decisão do político.

- Advertisement -

Ainda segundo o médico, Jair Bolsonaro apresenta “boa avaliação clínica”, mas ainda depende de suporte suplementar. Macedo esteve na residência de Bolsonaro na manhã desta quinta para avaliar o quadro de recuperação do militar.

O candidato do PSL sofreu um atentado a faca no dia 6 de setembro. O ataque aconteceu na cidade mineira de Juiz de Fora, durante ato político. Bolsonaro disputa o segundo turno das eleições presidenciais deste ano com Fernando Haddad (PT). Segundo o último levantamento de intenção de votos do Ibope, o militar lidera com 59% dos votos válidos, enquanto Haddad tem 41%.

Reportagem, Marquezan Araújo

#Eleições2018

Assine nossa Newsletter

Para ser atualizado com as últimas notícias, ofertas e anúncios especiais.

Últimas Notícias

Botafogo perde para o Santos com golaço de Marinho

Na manhã deste domingo (21), Peixe leva a melhor no duelo alvinegro, vence por 1 a 0 no Nilton Santos e alcança mesma pontuação do Verdão

Bolsonaro aguarda “sim” de Trump para indicar filho a embaixada do Brasil nos EUA

Após aval dos norte-americanos, Eduardo Bolsonaro ainda precisará ser aprovado na comissão de Relações Exteriores e no plenário do Senado

PM quer retomar programa de UPP no Rio

Segundo secretário, programa sofreu sucateamento nos últimos anos

Bolsonaro afirma que não vai propor fim da multa de 40% do FGTS

Ele se reunirá neste domingo com equipe econômica para definir saques

Estação Espacial Internacional lançará 100 “minicérebros” humanos ao espaço

rata-se de uma pesquisa realizada pela Universidade da Califórnia e que conta com trabalho do cientista brasileiro Alysson Muotri

Agnaldo Timóteo tem alta após quase dois meses internado

Cantor teve princípio de AVC e infecção urinária