24.4 C
Rio de Janeiro
terça-feira, 21 de maio de 2019 11:4309
- Publicidade -

Bolsonaro “abandona” Witzel e TRE proíbe apoio de Flávio Bolsonaro ao candidato

- Publicidade -

Jair Bolsonaro resolveu deixar de apoiar o candidato Wilson Wtzel, do PSC, no segundo turno das eleições para governador do Rio de Janeiro.

Wilson Witzel, que foi a grande suprerpresa do do primeiro turno no Rio de Janeiro, sendo o candidato mais votado, vai disputar o segundo turno das eleições com Eduardo Paes, do DEM.

Leia também: Wilson Witzel paga R$ 220 mil ao Gooogle para se associar a Bolsonaro

- Advertisement -

Segundo informações de Adriana Cruz, do Jornal O Dia, o ex-juiz federal Wilson Witzel, do PSC, da Coligação Mais Ordem, Mais Progresso, também está proibido de veicular o apoio do senador eleito Flávio Bolsonaro, do PSL, sob pena de pagar multa de R$ 50 mil por inserção indevida. A decisão é do desembargador eleitoral de plantão Luiz Fernando de Andrade Pinto, do Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro (TRE-RJ).

Leia Também: Vídeo flagra Wilson Witzel ensinando juízes a burlar a justiça para ganhar gratificação

Ainda de acordo com Adriana, Eduardo Paes foi quem fez o pedido de proibição junto ao TRE, alegando que ontem foi ao ar na propaganda eleitoral de Witzel na televisão, na qual Flávio Bolsonaro declarou: “Governador, todos nós vestimos a mesma camisa, que é a camisa do Brasil”. Porém, o partido de Bolsonaro não declarou apoio a Witzel no segundo turno. A decisão do TRE-RJ é de sexta-feira.

Ao chegar para gravar o programa de propaganda eleitoral na casa do empresário Paulo Marinho, na zona sul do Rio, Bolsonaro disse que não vai apoiar nenhum candidato ao governo do estado do Rio de Janeiro. O candidato Eduardo Paes (DEM) disputa o segundo turno com o candidato Wilson Witzel (PSC).

Bolsonaro disse também que não desmarcou encontro ontem (12) com o candidato ao governo do estado de São Paulo, João Dória (PSDB), que esteve no Rio para conversar com ele. “Eu não havia combinado esse encontro e não sei quem marcou isso. Eu encontro com ele sem problema. Bato papo com ele sem problema algum. Eu sei que ele é oposição ao PT, somos oposição ao PT. Eu sei que o outro lado o [Marcio] França (PSB) tem o apoio velado do PT. Então, no momento, eu desejo boa sorte ao Dória”, disse.

Neste sábado, Jair Bolsonaro declarou que “está neutro” na disputa ao governo do Rio.

– No Rio, vamos ficar neutros – afirmou Jair Bolsonaro.

Na reta final da campanha de primeiro turno, Flávio Bolsonaro, filho de Jair e senador eleito pelo Rio, abraçou a campanha do candidato do PSC. Witzel tem exibido imagens ao lado de Flávio em seu programa eleitoral.

– O juiz colou no Flávio. É onde ele cresceu. Os candidatos, cada um tinha seu calcanhar de Aquiles. Mas eu orientei a garotada, no segundo turno, a ficar neutro – disse Bolsonaro.

Últimas Notícias

Três milhões de pessoas abandonaram a Venezuela desde 2015

Segundo o ACNUR, um total de 3,7 milhões de venezuelanos estão registrados no exterior, 700 mil deles emigraram antes de 2015.

Cristina Kirchner encara julgamento por corrupção em meio à campanha eleitoral

O caso diz respeito ao suposto favorecimento ao empresário Lázaro Báez, ligado à família Kirchner, na concessão de licitações de obras públicas.

Anistia Internacional denuncia que governo Bolsonaro ameaça os Direitos Humanos

O informe "Brasil para o mundo" expressa as preocupações da entidade após a chegada ao poder, em janeiro, de Bolsonaro

Prefeitura oferece mais vagas em cursos gratuitos na área da construção civil

Os interessados podem se candidatar em um dos Centros Municipais de Trabalho e Emprego, pelo site www.seconci-rio.com.br ou pelo telefone 2101-2565.

Kaká faz brincadeira e insinua que Corinthians é time pequeno

Ex-Jogador brincou sobre não ter jogado no Corinthians: ‘Escolhi só jogar em time grande’

Botafogo e DAZN promovem transmissão do jogo da Sul-Americana em telão

Jogo será transmitido em telão no Ginásio Oscar Zelaya, em General Severiano

Osmar Loss, ex-Corinthians, é o novo técnico do Vitória

O novo treinador já inicia os trabalhos à tarde.

Vasco da Gama: Luxa define nomes para deixar o clube e Ricardo Rocha ganha força

Para abrir espaço para a chegada das novas peças, o clube vai dispensar, ou negociar alguns jogadores que não serão aproveitados

Xavi encerra carreira em derrota do Al Sadd no Irã

O ex-capitão do Barcelona, que tem 39 anos, recebeu várias homenagens nesta segunda-feira por sua última partida.