Início Brasil Paulo Guedes, economista de Bolsonaro, é alvo de investigação do MPF por...

Paulo Guedes, economista de Bolsonaro, é alvo de investigação do MPF por suspeita de fraude

- Publicidade -

Paulo Guedes, que comanda o núcleo econômico da campanha do candidato Jair Bolsonaro, candidato do PSL à Presidência da República, está sendo investigado pelo Ministério Público Federal (MPF) em Brasília.

O economista é suspeito de ter se associado a executivos ligados ao PT e MDB para fraudar negócios de fundos de pensão de estatais. As informações são do jornal Folha de S.Paulo.

- Publicidade -

De acordo com a publicação, Guedes conseguiu captar pelo menos R$ 1 bilhão dessas entidades em seis anos. Caso Jair Bolsonaro, que tem 58 % das intenções de voto no segundo turno, segundo o Datafolha, seja eleito, Guedes deve ser seu ministro da Fazenda.

Procedimento investigativo criminal, instaurado no dia 2 de outubro, está apurando se Paulo Guedes cometeu crimes de gestão fraudulenta ou temerária.

O economista de Bolsonaro também é investigado por suposta emissão e negociação de títulos sem lastros ou garantias ao negociar, obter e investir recursos de sete fundos.

Previ (Banco do Brasil), Petros (Petrobras), Funcef (Caixa) e Postalis (Correios), além do BNDESPar – braço de investimentos do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) estão entre as entidades envolvidas no esquema.

- Artigos Recomendados -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Últimas Notícias

Mais Lidas

José de Abreu volta a insinuar que Jair Bolonaro não levou facada

O ator José de Abreu, no ar em Segundo Sol, da Rede Globo, voltou a usar sua conta na rede social Twitter para insinuar...

Apenas 8% de imagens são verdadeiras em grupos de WhatsApp, diz pesquisa

Um levantamento realizado pelos professores Pablo Ortellado (USP), Fabrício Benvenuto (UFMG) e pela agência de checagem de fatos Lupa em 347 grupos de WhatsApp...

Mulher de Sergio Moro compartilha frase de Jair Bolsonaro: “não devemos cargos nem favores”

A advogada Rosangela Moro, esposa do juiz Federal Sergio Moro, usou seu perfil na rede social Instagram para compartilhar a frase "não devemos cargos...

Defesa de Temer pede ao STF anulação de indiciamento promovido pela PF

A defesa do presidente Michel Temer pediu ao ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Luís Roberto Barroso a anulação do indiciamento promovido ontem (16)...

Vídeo flagra Wilson Witzel ensinando juízes a burlar a justiça para ganhar gratificação

O candidato a governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, do PSC, teve um vídeo divulgado, pelo jornal no qual aparece ensinando como ele...