A preparação do Vasco da Gama para o clássico diante do Botafogo foi encerrada na tarde desta segunda-feira (08/10) no CT do Almirante, em Vargem Pequena. Repetindo o fez nas atividades realizadas no último final de semana, a comissão técnica voltou a promover um trabalho tático, dessa vez dando bastante ênfase ao posicionamento da equipe nas bolas paradas ofensivas e defensivas.

Antes da movimentação ter início, o treinador Alberto Valentim concedeu entrevista coletiva e revelou sua expectativa para o confronto. O comandante do Gigante da Colina reconheceu que tem um bom conhecimento do elenco botafoguense, assim como Zé Ricardo possui do grupo cruzmaltino, mas lembrou que muita coisa mudou nos últimos meses e que nada pode ser previsto no futebol.

- Publicidade -

– Foram muitos jogos. Eu e o Zé vamos para o sexto duelo nesse ano, sendo que agora estamos em lados diferentes. Vamos procurar fazer um bom jogo, com muita atenção nas duas fases, para sairmos de campo com os três pontos. Em relação ao conhecimento, acho que está igual, até porque foram jogos equilibrados. É verdade que conhecemos bem o clube que trabalhamos anteriormente, mas esse conhecimento vai até um certo ponrto. Passaram-se alguns meses e tem muita coisa nova. Futebol é imprevisível e não dá para você prever tudo – declarou o técnico vascaíno, apontando logo na sequência os pontos fortes do rival.

– Eu gosto muito do trabalho do Zé Ricardo. Acho ele um grande treinador. Vejo o Botafogo hoje como uma equipe muito organizada, um time muito compacto e que procura jogar sempre. Essa ideia de jogo é a mesma que o Zé executou nos outros clubes pelos quais passou. Iremos enfrentar um time que procurar atacar com o máximo de jogadores quando está com a posse de bola. Além disso, o Botafogo possui uma equipe muito organizada defensivamente. Temos que procurar ser iguais no sentido de organização e tranquilidade. É preciso ter uma marcação forte e jogar com personalidade se quisermos ganhar lá dentro – acrescentou Alberto Valentim.

Em caso de vitória sobre o Botafogo, o Vasco da Gama deixará o incômodo Z4 e encerrará a rodada em 12º lugar, na posição que atualmente pertence ao Alvinegro, equipe que hoje fecha a zona de classificação para a Conmebol Sul-Americana de 2019. Ao ser questionado sobre a importância do desafio, Alberto Valentim garantiu que o Almirante irá encarar a partida como uma final de campeonato.

– O que falei para os jogadores é que temos que trabalhar forte, principalmente quando se tem uma semana cheia para treinamentos. Procurei passar o máximo de tranquilidade para os atletas nesses dias. O que quero é que minha equipe jogue tranquila e com muita atenção daqui para frente, pois serão 11 finais até o término do Brasileiro. É preciso tranquilidade para colocarmos em campo tudo que temos feito de bom nos treinamentos. Se conseguirmos essa vitória, subiremos para o 12º lugar e passaremos o próprio Botafogo. É um jogo decisivo. As duas equipes precisam da vitória – concluiu o comandante do Gigante da Colina.

BOTAFOGO X VASCO – 09/10/2018 – CAMPEONATO BRASILEIRO

BOTAFOGO: Saulo; Marcinho, Joel Carli, Igor Rabello e Moisés; Matheus Fernandes, Rodrigo Lindoso, Gustavo Bochecha e Luiz Fernando; Erik e Kieza. Técnico: Zé Ricardo.

VASCO: Fernando Miguel; Rafael Galhardo, Luiz Gustavo, Henríquez e Ramon; Willian Maranhão, Andrey, Giovanni Augusto e Yago Pikachu; Andrés Ríos e Maxi López. Técnico: Alberto Valentim.