Para quem é fotógrafo ou trabalha na área relacionada a imagens, já está familiarizado com os bancos de imagem online.

Esta é uma ferramenta muito utilizada não apenas por fotógrafos, mas também por profissionais de criação, designers e publicitários.

- Publicidade -

Os bancos de imagem são sites que comercializam diferentes tipos de imagens, que são disponibilizadas tanto para uso pessoal quanto para profissional.

No entanto, os bancos de imagem não se limitam à comercialização apenas de fotos, há no mercado hoje quem já divulgue clips, miniclips, gifs, vídeos e até músicas livre de direitos.

O público consumidor dos bancos de imagens costuma procurar por fotografias de alta resolução para utilização em banners publicitários, ilustração para folders e tags, imagens para posts, campanhas publicitárias, entre outros meios de divulgação/comunicação.

Ficou curioso para saber mais? Continue lendo o texto até o fim.

Como funciona um banco de imagens?

Já sabemos que um banco de imagens é um site que comercializa os mais variados tipos de imagens, e tem a função de conectar pessoas que tenham fotos, ilustrações, vídeos, etc. Para vende-las.

A partir daí o usuário também disponibiliza os direitos de uso de suas imagens/fotos, ou seja, autoriza a utilização das suas imagens para fins comerciais ou publicitários por terceiros sem implicar ilegalidade.

Isto não significa que o fotógrafo irá disponibilizar suas imagens gratuitamente e, sim, que ele irá conceder uma licença de uso de imagem. O comprador irá pagar uma única vez pela fotografia, mas poderá fazer uso dela quantas vezes for preciso.

De fato, usar bancos de imagens nos possibilita aproveitar diversos benefícios. Todos os profissionais, não apenas fotógrafos, mas profissionais da web estão utilizando bancos de imagens para estratégias de criação e publicação de conteúdo.

Direitos Autorais

Mesmo nos deparando com tantas opções de bancos de imagens disponíveis online, é preciso estar atento para os direitos autorais de uso da imagem em questão.

Não é porque você achou fotos de flores ou fotos de amor lindas que pode sair pegando qualquer imagem na internet.

Como falamos anteriormente, o fotógrafo disponibiliza uma licença para uso de suas imagens, porém o consumidor final precisa ficar atento se àquela foto em questão poderá ser usada para o trabalho planejado.

As imagens quando utilizadas sem seus devidos direitos de uso, podem acabar se transformando em um grande transtorno tanto para o profissional quanto para o consumidor final.

É preciso estar atento ao contrato de uso do banco de imagens (pago ou gratuito) e saber quais regras se enquadram em cada caso para que não haja violação dos direitos autorais e de imagem, seguindo este procedimento, se evita futuros mal-entendidos.

O Google imagens é erroneamente associado à um banco de imagens, porém, ele somente é considerado uma biblioteca de imagens pois não contém nenhum direito autoral livre.

É possível encontrar imagens e ser penalizado pelo seu uso no Google imagens. Entretanto, a maioria dos bancos de imagens estão disponibilizando conteúdo livre de direitos autorais e isso é ótimo.

Banco de imagens pago x Banco de imagens Gratuito

 

Grandes bancos de imagens online já disponibilizam ambas versões para o consumidor final, tanto gratuito quanto pago. Basta o consumidor escolher qual a melhor opção para si.

Os bancos de imagem gratuitos têm um número limitado de imagens que o usuário pode utilizar, geralmente são imagens com resolução mais baixa e, em alguns casos, não podem ser usados para fins publicitários.

Por outro lado, os bancos de imagens pagos, oferecem imensa gama de fotografias, todas em alta resolução, em vários formatos e tamanhos, sem limites de imagens para o usuário e já liberadas para fins comerciais.

É preciso analisar bem o contrato para poder decidir qual o melhor banco de imagens a ser utilizado e qual atenderá melhor a todas as necessidades do consumidor final.

Vantagens em vender para bancos de imagens

Os bancos de imagens registram seus usuários e pedem uploads de, no mínimo, 10 fotos para primeira análise. Apenas depois desta triagem é que suas fotos estarão disponíveis na plataforma.

A partir daí cada vez que um cliente compra um produto seu, você recebe em média de 20% a 30% do valor por fotos e 35% por vídeos.

Para envio de fotos é necessário alta resolução. Recomenda-se o seguinte:

  • As fotos não podem ser maiores que 50 megabytes;
  • As fotos devem ser no formato JPEG/JPG e em RGB;
  • A resolução mínima é 3,8 MP (2400 x 1600 pixels);

 

O que vender para um banco de imagens?

Pode-se vender diversos produtos em um banco online de conteúdo audiovisual. Abaixo segue uma lista de ideias e sugestões de temas que são aceitos em bancos de imagens:

 

  • Abstratos
  • Animais
  • Artes
  • Ar Livre
  • Beleza
  • Ciência
  • Comidas e Bebidas
  • Edifícios/Lugares Famosos
  • Educação
  • Esportes
  • Famosos
  • Finanças
  • Industrial
  • Interiores
  • Lazer
  • Natureza
  • Negócios
  • Objetos
  • Parques
  • Pessoas
  • Restaurantes
  • Religião
  • Saúde
  • Tecnologia
  • Transportes

 

É imensa a variedade de temas para servir de inspiração para fotografias e vídeos. Então aí está mais uma chance de ganhar um dinheiro extra e de quebra poder divulgar seu trabalho.

 

Agências de design e publicidade estão entre as maiores compradoras de imagens. Com a alta demanda na busca por banco de imagens maiores também os ganhos. BOA SORTE!

 

Mentiras sobre bancos de imagens

Todos os bancos de imagens são gratuitos e possuem imagens de alta qualidade. Está aqui uma grande mentira sobre bancos de imagens. De fato, nem todos são gratuitos e muito menos possuem imagens de alta qualidade.

Você precisa escolher qual o melhor banco de imagem, por exemplo, o shopfy burst é um ótimo banco de imagem. Além de ser gratuito possui todas as imagens de alta qualidade.

Entretanto, existem alguns bancos de imagens que deixam a desejar. Outra mentira é que nem todos possuem imagens de direitos livres. Portanto, você precisa ler as atribuições antes de fazer o download do seu conteúdo.

Contudo, as verdades e mentiras sobre bancos de imagem estão aqui e você está mais do que informado. Parabéns por ter lido até aqui, se gostou do conteúdo não deixe de compartilhar nas redes sociais.

 

- Recomendado para Você -