in

Sérgio Moro quebra sigilo do acordo de Palocci com a PF

Sérgio Moro quebra sigilo do acordo de Palocci com a PF
Sérgio Moro quebra sigilo do acordo de Palocci com a PF

O juiz Sergio Moro quebrou sigilo de parte do acordo do ex-ministro Antônio Palocci com a Polícia Federal. No despacho, Moro afirmou que a divulgação das informações não traz riscos às investigações.

À Polícia Federal, Antônio Palocci detalhou um suposto esquema de indicações para cargos na Petrobras durante o governo Lula. O ex-ministro relatou ainda uma reunião no Palácio do Planalto, com a presença de Lula, no qual ficou acertado o pagamento de propina no valor de R$ 40 milhões para a campanha de Dilma Rousseff, em 2010. Lula e Dilma negam as acusações.

Palocci contou ainda que seria muito mais fácil discutir com empreiteiras nacionais o financiamento de campanhas eleitorais do que com empresas estrangeiras.

Os benefícios acertados por Palocci também vieram à tona. O ex-ministro terá que pagar multa de R$ 35 milhões e, com a delação, teve redução de 2/3 da pena.

Reportagem, Thiago Marcolini

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Metrô fará operação especial para jogos de Fluminense e Botafogo na Copa Sul-Americana

Jóia do Vasco, Marrony já desperta interesse de clubes europeus

Joia do Vasco, Marrony já desperta interesse de clubes europeus