25.2 C
Rio de Janeiro
segunda-feira, 20 de maio de 2019 12:0752
- Publicidade -

Gérard Depardieu é investigado na França por suposto estupro e agressão sexual

- Publicidade -

Gérard Depardieu, um dos atores franceses mais célebres do país, é alvo de uma investigação na França por “estupro e agressão sexual”, como consta em uma denúncia realizada em 27 de agosto em Aix-en-Provence (sudeste), informaram à Agência Efe fontes judiciais.

“A Promotoria de Paris encarregou à Polícia Judicial a investigação preliminar pelas acusações de estupro e agressão sexual”, apontaram as mesmas fontes, que não forneceram mais detalhes.

- Advertisement -

Depardieu, nascido há 69 anos em Châteauroux (centro da França), é conhecido pelo grande público por filmes como “Cyrano de Bergerac” (1990) e “Asterix e Obelix” (1999-2012).

O ator, que deixou de residir na França em 2012 por conta da alta carga tributária que pagava, negou “categoricamente qualquer agressão sexual e estupro”, afirmou seu advogado ao canal de televisão “BFMTV”.

Segundo fontes judiciais, a Promotoria de Paris assumiu a investigação em 29 de agosto, depois que o órgão de Aix-en-Provence, onde foi recebida a denúncia, “se desvinculou” das investigações.

“A Promotoria não fará nenhum comentário sobre as investigações”, indicou a instância judicial.

Por enquanto, se desconhece o lugar dos supostos fatos e a identidade da denunciante.

Segundo o canal “FranceInfo”, trata-se de uma jovem atriz e escritora que trabalhava em um projeto literário sobre uma personalidade do cinema de quem Depardieu é próximo.

Últimas Notícias

Fãs se despedem de “Game of Thrones” entre euforia e decepções

O episódio final da série selou o destino de Daenerys Targaryen, Jon Snow, Tyrion Lannister, Sansa e Arya Stark

Janaina Paschoal volta a criticar manifestações pró-Bolsonaro: “O governo se colocou na situação em que está”

A deputada acusa Jair Bolsonaro de não ter barrado Rodrigo Maia, que acabou se reelegendo presidente da Câmara com o apoio do partido do presidente.

O fim da Android na Huawei, uma comoção para o mercado de “smartphones”

A disputa entre a Huawei e a Google representa uma advertência para os demais fabricantes chineses (Xiaomi, Oppo, OnePlus...).

Toni Kroos renova contrato com Real Madrid até 2023

O contrato de Kroos, 29 anos, terminava em 2022.

Inflação do aluguel acumula taxa de 7,78% em 12 meses, diz FGV

A queda da taxa da prévia de abril para a de maio foi puxada pelos preços no atacado, no varejo e na construção civil.

Google suspende parte de acesso da Huawei ao Android

Empresa chinesa está sob pressão de Washington

Aposentadoria de policiais e professores entra em discussão na Câmara

Audiências temáticas voltam a ocorrer em comissão especial