- Publicidade -

Meirelles: Política econômica de Dilma levou o Brasil à maior crise econômica e desemprego da história

- Publicidade -

Henrique Meirelles, pré-candidato pelo MDB, criticou nesta sexta-feira (13), em entrevista à rádio Metrópole, de Salvador, a política econômica adotada pelo governo de Dilma Rousseff. Na visão do ex-ministro da Fazenda, isso levou o Brasil à “maior crise econômica e desemprego da história do país”. Ele ressaltou também que, se eleito, pretende formar “os ministérios dos sonhos dos brasileiros”, repetindo o apelido que recebeu da imprensa pela equipe formada quando esteve à frente do Ministério da Fazenda.

Ao tratar das propostas que entende como “urgentes”, como a reforma Tributária e da Previdência, Meirelles mostrou preocupação com as chamadas “pautas-bomba” que têm sido discutidas por deputados e senadores.

- Publicidade -

“As pautas bomba que estão em votação no Congresso, espero que não sejam aprovadas. É importante que isso não entre em vigor, projetos são passíveis de discussão, mas a nossa posição é contra a aprovação de uma pauta que possa, de fato, inviabilizar a confiança dos consumidores, dos empresários e dos investidores”, afirmou.

O emedebista falou ainda sobre sua experiência como presidente do Banco Central, nos governos de Lula, e como ministro da Fazenda, durante a gestão de Temer. Um dos pontos fortes, a equipe econômica que foi muito elogiada por resgatar o país da crise, deve ser formado novamente caso Meirelles chegue ao Planalto.

“Quando eu assumir a Presidência da República, em janeiro de 2019, nós certamente vamos ter um time que será conhecido como “ministério dos sonhos”, isto é, dos sonhos de todos os brasileiros. Eu tenho um histórico de trabalho, de trabalho duro, trabalho sério, e de resultado concreto para a população”, prometeu.

A política econômica, com controle da inflação e investimentos no setor produtivo, é a principal bandeira levantada por Henrique Meirelles. Durante a entrevista, ele chegou a dizer que os governantes devem “cuidar do dinheiro público como se cuida do dinheiro da nossa casa”. Também falou que sua prioridade é gerar empregos e garantir serviços de qualidade para a população.

Como exemplo de diretrizes que não devem ser seguidas, o pré-candidato do MDB disse que não concordava com as propostas da ex-presidente Dilma Rousseff, e que, por isso, não fez parte do governo da petista.

“A política econômica que eu adotei quando presidente do Banco Central, na gestão do presidente Lula, ela era contra. Ela achava que poderia fazer mais, poderia crescer ainda mais, eu dizia que não, que se ela adotasse as políticas que ela acreditava, seria o contrário, o Brasil ia diminuir o crescimento e entrar em recessão. Infelizmente, de fato ela tentou isso e adotou uma política que levou o Brasil à maior crise econômica e desemprego da história e do país”, criticou.

Ao comentar seu tímido desempenho nas pesquisas de intenção de voto, Meirelles afirmou que isso reflete o desconhecimento da população sobre suas propostas e espera que os debates eleitorais na TV virem o jogo a seu favor.

- Publicidade -

Falando Nisso...
Conteúdo Relacionado

Mais Notícias
Conteúdo recomendado para você

Reforços do Vasco da Gama: Clube acerta a contratação de Jucilei, do São Paulo

O Gigante da Colina ainda busca dois laterais, um zagueiro e um camisa 10

Lei anticrime entra em vigor nesta quinta-feira (23)

Projeto foi sancionado pelo governo em 24 de dezembro de 2019

Prefeitura do Rio volta a pedir reabertura de instalações olímpicas

MPF pediu fechamento devido a falta de licenças obrigatórias

Moradores de prédios irregulares da Muzema são cadastrados no Rio

Condomínio irregular será desocupado posteriormente, diz prefeitura

“SBT Folia 2020” mostra todo o agito de Salvador entre os dias 21 e 25 de fevereiro

Helen Ganzarolli, Nadja Haddad e Léo Sampaio (apresentador da TV Aratu e especialista na folia baiana) irão comandar a festa

Série espanhola A ZONA estreia na HBO

A série contará com oito episódios, e reconta os eventos que se seguiram à explosão nuclear na Espanha

Riverdale retorna hoje na Warner Channel

Esse momento é seu, Riverdalian! A partir de hoje, 22 de janeiro, às 21h40*, Archie, Betty, Veronica e seus amigos estão de volta em episódios inéditos...

Vitor Kley, Oriente, 3030 e Atitude 67 fazem shows na Praia do Leblon

Em cenário paradisíaco, Tropikal Rio leva o melhor da música para o verão da praia do Leblon

Docas do Rio busca acordo com a EPL para utilizar infraestrutura de fibra óptica na Ponte Rio-Niterói

A CDRJ busca implantar, até o final de 2020, um Local Port Service (LPS) nos Portos do Rio de Janeiro e Niterói

Horóscopo de quinta-feira 23 de janeiro de 2020

Confira as previsões para o amor, dinheiro e saúde.

Luísa Sonza estreia na novela Amor de Mãe

Ela vive uma cantora famosa que vai convidar Ryan (Thiago Martins) para uma parceria musical.

Alerj solicita informações à Cedae sobre fornecimento de água

Parlamento Fluminense também oficiou Ministério Público Estadual e Tribunal de Contas