Jadson - Foto: Lucas Merçon/ FFC
Jadson - Foto: Lucas Merçon/ FFC

Faltando menos de uma semana para voltar aos gramados, o Fluminense continua com o trabalho focado na preparação para o retorno do Campeonato Brasileiro. O Tricolor entra em campo diante do Vasco, às 20h da próxima quinta-feira, em São Januário e o volante Jadson comentou sobre a expectativa de retornar à competição, além de projetar o técnico Marcelo Oliveira no comando do time.

– O Marcelo é um treinador extremamente vitorioso, todos sabem da carreira dele e de tudo que ganhou no futebol. Tem nos ajudado bastante, principalmente os jogadores jovens, que estão começando a trajetória no futebol. Espero que ele tenha muito sucesso no comando desse time e consequentemente, nós também – disse o camisa 16, falando sobre a período sem jogos durante a Copa do Mundo.

– Foi uma parada extremamente importante, pela troca de comando, pela sequência negativa que tivemos antes da Copa, foi importante para organizar a casa. Vai ser um Fluminense mais descansado, tivemos uma sequência muito pesada de jogos, sem tempo para treinar, então, acho que seremos mais organizados e bem mais competitivos – declarou Jadson. O atleta também analisou seu desempenho como titular do Fluminense.

– A gente trabalha para isso, para ser reconhecido, construir um certo prestígio não só dentro de campo, mas fora dele também. Tenho o respeito de todos os jogadores, gosto de estar com eles, é importante ter esse retorno e visão da comissão técnica e diretoria, não só como jogador, mas como pessoa também – destacou o volante, avaliando ainda se o uso do VAR no Brasileirão seria eficiente.

– Particularmente, acho que não seria bom, porque o VAR tira a emoção de quem está no estádio, a discussão do torcedor, que no dia seguinte quer discutir um lance diferente. Pelo que vi na Copa, é interpretativo, para demais o jogo, tira um pouco da emoção. Acho que deixa o futebol muito mecânico – concluiu Jadson.