Henan foi oferecido ao Vasco, mas recusado
Henan foi oferecido ao Vasco, mas recusado

O Vasco da Gama se movimentou silenciosamente no mercado da bola durante a parada para a Copa do Mundo e conseguiu reforçar seu time.

O cruzmaltino fechou contrato com o lateral Lenon, que estava no Guarani, o zagueiro colombiano Oswaldo Henriquez, que se desligou do Sport, e está com a contratação do astro argentino Maxi López, ex Milan e Barcelona encaminhada. Além disso, o clube de São Januário renovou o contrato de Andrés Ríos, que seguirá no clube até o final do ano.

Considerado o setor mais carente da equipe, o ataque do Vasco vai ganhar um reforço de peso com a contratação de Maxi López, mas o clube ainda segue no mercado buscando mais um centroavante.

Henan, artilheiro do Figueirense na série B, foi oferecido ao clube, mas a diretoria descartou abrir negociação. O atacante, apesar de ter 31 anos, é desconhecido da torcida, pois em praticamente toda sua carreira atuou em clubes modestos.

Artilheiro do Figueirense na Série B do Campeonato Brasileiro, o jogador marcou quatro gols em 11 jogos, mas atualmente está sendo reserva.

Saídas de jogadores contestados aliviam folha salarial do Vasco e abrem espaço para reforços

Além de conseguir contratar nomes que virão para disputar posição no clube, o Vasco da Gama se desfez de alguns jogadores que vinham sendo perseguidos pela torcida, casos de Erazo, que deve jogar no Barcelona de Gayaquil, e Wellington, que foi liberado pelo clube e está acertando sua transferência para o Atlético-PR.