21.9 C
Rio de Janeiro
terça-feira, 21 de maio de 2019 4:0804
- Publicidade -

Estudantes inadimplentes poderão renegociar dívidas com o Fies

- Publicidade -

Os alunos que contrataram o Fundo de Financiamento Estudantil, o Fies, e estão inadimplentes terão a oportunidade de renegociar, a partir do segundo semestre deste ano, as dívidas junto à Caixa Econômica Federal.

De acordo com o Ministério da Educação, o fundo estudantil tem hoje 2 milhões e 700 mil contratos e um elevado número de 453 mil estudantes inadimplentes, todos sem chances de fazer esta negociação. No momento, este índice de devedores equivale a um débito total de R$ 10 bilhões com o fundo.

- Advertisement -

O Fies concede financiamento a estudantes em cursos superiores não gratuitos, com avaliação positiva nos processos conduzidos pelo MEC e as regras para a renegociação ainda serão definidas pelo Comitê Gestor do Fies. A previsão é que isso seja feito em agosto.

A alta taxa da inadimplência foi um dos motivos que fez com que o governo revisse essas regras do Fies. Em 2014, mais de 700 mil contratos foram firmados. Esse número caiu e agora, a previsão para este ano é de 100 mil contratos no chamado Fies público, bancado pelo governo.

Segundo o governo, a intenção agora é que o setor privado complemente a oferta com 210 mil vagas financiadas com recursos de fundos constitucionais regionais e do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social, o BNDES. Nessas modalidades, o risco de crédito é assumido pelos bancos.

Reportagem, Cintia Moreira

Últimas Notícias

Alexandre Campello garante reforços no Vasco da Gama e diz que meta e fica entre os 10 primeiros do Brasileirão

O presidente do Vasco da Gama também falou sobre a busca de um terreno para a construção de um Centro de Treinamentos

Estado do Rio tem aumento de mortes por intervenção policial em abril

Número de vítimas registrado em abril foi o menor para o mês nos últimos quatro anos

Werley sobre o Vasco da Gama: “A torcida ainda vai ter muito orgulho desse time”

O zagueiro também falou sobre o início ruim no Campeonato Brasileiro

Contribuinte paga caro pelas mordomias de ex-presidentes; veja os valores

Em 2018, o Estado Brasileiro gastou R$ 4,6 milhões com cinco ex-presidentes

Peruanos protestam contra pedágios em vias construídas por Odebrecht e OAS

São pedágios "contaminados pela corrupção", declarou o prefeito de Lima, Jorge Muñoz, ao convocar a Câmara dos Vereadores para discutir a questão.

Ford vai eliminar 7 mil empregos; cerca de 10% de sua equipe mundial

Em março, a Ford anunciou a eliminação de mais de 5.000 vagas de empregos na Alemanha.

Luxemburgo confirma barca no Vasco da Gama

Elenco do Gigante da Colina tem mais de 40 jogadores

Bolsonaro diz que reforma tributária será apresentada após aprovação da Previdência

Se a reforma tributária for aprovada pela CCJ, proposta será examinada por uma comissão especial antes de ser analisada pelo Plenário da Câmara