Na primeira partida da Copa do Mundo 2018, a anfitriã Rússia não tomou conhecimento da adversária Arábia Saudita e venceu na estreia do mundial por 5 x 0.

O jogo foi realizado no estádio Luzhniki e os gols foram marcados por Cheryshev (2), Gazinsky, Dzyuba e Golovin.

- Publicidade -

Os donos da casa abriram a Copa do Mundo com uma goleada sobre a Arábia Saudita. Desacreditada por resultados ruins em sua preparação para o torneio, a seleção russa surpreendeu e venceu por 5 a 0 o fraco time da saudita. Cheryshev saiu do banco e marcou dois gols, sob aplausos do presidente Vladmir Putin.

A Rússia procurou se impor desde o começo do jogo, trocando passes e tentando furar a defesa, mas não ofereceu perigo real até os 11 minutos. Na primeira chegada com perigo real, o time da casa marcou o primeiro gol. Gazinsky aproveitou um cruzamento pela esquerda e cabeceou sem chances para o goleiro Abdullah Al-Mayouf. Primeiro gol da Copa e festa no Estádio Luzhniki, em Moscou.

Aos 20 minutos, os árabes chegaram pela primeira vez com perigo à área russa. Al-Sahlawi cabeceou à esquerda do gol de Akinfeev. Logo em seguida, a Rússia puxou um contra-ataque rápido, e Dzagoev desabou em campo, após sentir uma lesão na coxa. Fim de jogo para o camisa 9, substituído por Cheryshev.

E foi exatamente Cheryshev quem marcou o segundo gol da Rússia. Aos 42 minutos, quando o jogo parecia morno, ele aproveitou o vacilo da defesa adversária, que o deixou livre. Cheryshev recebeu na entrada da pequena área e, com um corte certeiro, driblou dois sauditas e colocou a bola no fundo da rede.

Segundo tempo

No início do segundo tempo, a Arábia Saudita buscou mais o jogo, teve mais posse da bola, enquanto os russos faziam marcação forte no campo de defesa. A Rússia, no entanto, era quem tinha mais chances de gol. Em uma dessas chegadas, aos 25 minutos, Golovin cruzou pela direita e encontrou Dzyuba, que tinha acabado de sair do banco e marcou de cabeça o terceiro gol russo.

O jogo, que já não era de alto nível técnico, caiu muito de ritmo após o terceiro gol. Quando tudo parecia definido, Cheryshev – de novo ele – marcou um golaço com um chute de três dedos da entrada da área. A Rússia ainda teve fôlego para o quinto gol, já nos acréscimos, com Golovin, de falta. Fim de jogo e muitos aplausos para os donos da casa em Moscou.

 

Com a vitória, a Rússia consegue um bom saldo de gols e aguarda o resultado de Uruguai e Egito para ver se fica em primeiro lugar ao final da rodada. Na próxima rodada, a Rússia enfrenta o Egito e a Arábia Saudita joga contra o Uruguai.

A Rússia é a seleção de pior posição no ranking da Fifa entre as participantes da Copa do Mundo. No momento, os russos estão em 70º lugar. Treinada por Stanislav Cherchesov, ex-jogador da antiga União Soviética, a seleção russa participa pela 11ª vez de Copas do Mundo. O destaque do time é o goleiro e capitão da equipe Akinfeev.

Nas últimas participações em Copa do Mundo, a Rússia foi eliminada na primeira fase. O melhor resultado alcançado foi em 1966, na Inglaterra, quando ficou em 4º lugar ainda disputando como União Soviética. Para a Copa, a Rússia não precisou passar pelas eliminatórias porque é o país-sede.

No ranking da Fifa, a Arábia Saudita é a segunda pior seleção participante do Mundial. Os sauditas estão em 67º lugar. Em sua quinta Copa do Mundo, a seleção conta com o comando de Juan Antonio Pizzi (que é argentino naturalizado espanhol), contratado em novembro do ano passado. Dentro de campo, a principal arma é Mohammad Al-Sahlawi. O atacante foi o principal artilheiro das eliminatórias asiáticas para a Copa, com 16 gols.

A Arábia Saudita já participou de quatro copas e a melhor campanha foi em 1994 (nos Estados Unidos), quando ficou em 12º lugar. Para a Copa na Rússia, classificou-se como campeã do Grupo A nas Eliminatórias asiáticas, com 20 pontos ganhos (seis vitórias, dois empates e nenhuma derrota).

A arbitragem da partida foi sul-americana e ficou a cargo de Néstor Pitana (Argentina). É a segunda Copa do Mundo de Pitana como árbitro. Os auxiliares serão Pablo Bellati e Hernan Maidana, também da Argentina. O brasileiro Sandro Meira Ricci foi o quarto árbitro. Novidade na Copa, a arbitragem de vídeo teve o comando de Massimiliano Irrati (Itália), Mauro Vigliano (Argentina), Carlos Astroza (Chile) e Daniele Orsato (Itália).

Esta foi a primeira vez que Rússia e Arábia Saudita se encontram em Copas do Mundo. Até hoje, as equipes haviam jogado uma vez na história. Foi em um amistoso no ano de 1993. Na ocasião, a Arábia Saudita venceu por 4 a 2 em jogo realizado na cidade de Dammam (Arábia Saudita).