Neste sábado (12) o país inteiro estará mobilizado para a vacinação contra a gripe. Isso porque será o Dia D da campanha, que tem o objetivo de proteger a população com maior risco de ficar doente ou de ter as consequências mais graves dessa doença.

Por isso , 65 mil postos de vacinação de todos os estados ficarão abertos durante o sábado para intensificar a ação, uma vez que a expectativa do Ministério da Saúde é vacinar pelo menos 54 milhões de pessoas até 1º de junho, mas até agora apenas 11 milhões de pessoas receberam a vacina em todo o país. Segundo a coordenadora do Programa Nacional de Imunizações do Ministério da Saúde, Carla Domingues, quem for ao posto de saúde pode aproveitar para completar o calendário de vacinas que estiverem faltando.

“Se você não tem nenhuma contra indicação nem para a vacina da gripe e nem para outra vacina que está no calendário, você pode tomar várias vacinas, inclusive, no mesmo dia a não ser que você tenha uma contra indicação individual, que aí o profissional de saúde vai poder avaliar naquele momento se essa contra indicação que você tem para outro tipo de vacina, se você pode tomar”.

As pessoas que devem receber a vacina contra a gripe são crianças de seis meses até cinco anos incompletos; pessoas com 60 anos ou mais; trabalhadores de saúde; povos indígenas; gestantes, mulheres até 45 dias após o parto; população privada de liberdade; funcionários do sistema prisional, pessoas com doenças crônicas ou com outras condições clínicas especiais, além dos professores da rede pública ou privada.

Reportagem, Janary Damacena

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here