Nas oitavas de final da Copa do Brasil, mais duas classificações definidas. Se na primeira partida a rede não balançou, o jogo de volta entre Corinthians e Vitória foi muito diferente. O time paulista tinha o apoio da torcida e foi para cima dos visitantes, em Itaquera, para espantar os quatro jogos sem vitória. De certo. Com o controle da partida em boa parte do tempo, o Timão foi para cima e abriu o placar aos 38 da primeira etapa com Maycon.

No segundo tempo a equipe comandada por Fábio Carille manteve o domínio sob o Vitória e viu surgir o principal personagem da noite, o atacante paraguaio Romero. Justamente no aniversário de quatro anos da casa corinthiana, o estrangeiro anotou mais dois gols na conta, ampliando a vantagem. Romero é o jogador corinthiano que mais vezes balançou as redes na arena, com 23 gols no total. O Vitória ainda descontou com André Lima, mas ficou nisso. Corinthians, classificado, três, Vitória, um.

Corinthians avança na Copa do Brasil
Corinthians avança na Copa do Brasil

Quem também avançou, mas não teve a mesma tranquilidade foi o Flamengo. Diante de mais de 52 mil torcedores no Maracanã, o Rubro-negro jogou para o gasto e apenas administrou a vantagem mínima conquistada no primeiro duelo contra a Ponte Preta. Durante os dois tempos, a equipe carioca jogou apostando no bom posicionamento defensivo e controle da partida. Mas, chegou a correr riscos. Pouco antes do fim da partida, Felippe Cardoso acertou a trave flamenguista, mas não passou disso. Placar final, Flamengo, zero, Ponte Preta também zero. Como tinha vencido em Campinas por um a zero, o resultado garantiu o Mengão nas quartas da Copa do Brasil.

Fazendo a primeira partida pelas oitavas, o Santos lavou a alma depois da goleada sofrida para o Grêmio no fim de semana. O Peixe encarou na Vila Belmiro a equipe da Luverdense, do Mato Grosso, que foi campeã da Copa Verde do ano passado. E a brava e organizada equipe do Centro-Oeste conseguiu sair na frente com gol de Itaqui, que contou com uma falha maiúscula do goleiro Vanderlei. O gol sofrido acordou o Alvinegro Praiano, que ainda na primeira etapa descontou com Gabriel Barbosa, o Gabigol. Se o primeiro tempo do Santos foi apático e sem muita criatividade, o segundo tempo foi avassalador. Após cobrança de falta, Gustavo Henrique virou a partida para os donos da casa. Gabigol anotou outros dois gols no jogo, um deles uma obra-prima de letra. O jovem atacante Yuri Alberto, de apenas 17 anos, fechou a conta. Santos cinco, Luverdense um. Agora o Santos pode perder por até três gols de diferença na partida de volta, que está marcada para o dia 17, no interior do Mato Grosso.

Sofrimento para os times brasileiros que entraram em campo pela Sul-Americana. Na Argentina, o Atlético Paranaense encarou o Newell’s Old Boys e tomou um susto. Apesar da vantagem de três gols na primeira partida, o Furacão viu a equipe argentina abrir dois a zero no placar e cogitar uma possível disputa de pênaltis. Mas, por sorte, Nikão descontou para a equipe paranaense e garantiu a classificação. Placar final, Newell’s Old Boys dois, Atlético Paranaense um.

Se a situação do Furacão não foi boa, a do Fluminense foi um verdadeiro sufoco. Jogando na altitude boliviana na cidade de Potosí, a mais de quatro mil metros acima do nível do mar, o Tricolor das Laranjeiras perdeu para a equipe do Nacional Potosí por dois a zero e sofreu com o ar rarefeito. Cilindros de oxigênio foram usados pelos jogadores para suportar os 09 minutos. No entanto, fazendo jus à alcunha de time de guerreiros, o time de Abel Braga segurou os bolivianos e garantiu a classificação do Flu, mesmo com derrota.

Reportagem, Raphael Costa

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here