21.8 C
Rio de Janeiro
quinta-feira, 18 de julho de 2019 2:4353
- Publicidade -

Raquel Dodge quer arquivamento de inquérito sobre algemas de Cabral

Publicidade

A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, enviou ontem (17), ao Supremo Tribunal Federal (STF) uma manifestação em que pede o arquivamento do inquérito aberto para apurar o uso indevido de algemas na prisão e deslocamento de Sérgio Cabral, ex-governador do Rio.

O ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal, determinou abertura de inquérito. Em despacho na última segunda-feira (16), ele marcou o depoimento de Cabral para amanhã (19).

Publicidade

A investigação foi aberta após Mendes ter se manifestado sobre o que seria um abuso no uso de algemas nas mãos e nos pés de Cabral durante a transferência dele, pela Polícia Federal, do Rio de Janeiro, para um presídio no Paraná, em janeiro deste ano.

Para Dodge, ao abrir o inquérito por conta própria e se autodesignar relator do caso, Gilmar Mendes, violou o princípio do juiz natural, que estabelece regras de competência para a investigação de modo a garantir a imparcialidade do órgão julgador.

Sérgio Cabral - Foto: Reprodução
Sérgio Cabral – Foto: Reprodução

“O ordenamento jurídico vigente não prevê a hipótese de o mesmo juiz que entende que um fato é criminoso, determinar a instauração da investigação e presidir essa investigação”, escreveu Dodge.

A procuradora-geral da República acrescentou que o fato é investigado em um inquérito policial próprio, e que a iniciativa para a abertura de inquérito seria exclusiva do Ministério Público.

“Para além da não observância das regras constitucionais de delimitação de poderes ou funções no processo criminal, o fato é que tal conduta [de Mendes] transforma a investigação em um ato de concentração de funções, e que põe em risco o próprio sistema acusatório e a garantia do investigado quanto à isenção do órgão julgador”, disse Dodge.

A procuradora-geral da República destacou ainda que sequer foram apontadas, na autuação do inquérito, quais autoridades seriam investigadas, não se podendo assim saber de quem seria a competência de supervisionar a apuração do caso.

Assine nossa Newsletter

Para ser atualizado com as últimas notícias, ofertas e anúncios especiais.

Últimas Notícias

Jorge Jesus sente primeiro cheirinho: Flamengo está elimindado da Copa do Brasil

O Flamengo está fora da Copa do Brasil. O milionário time do Flamengo foi eliminado pelo Athletico-PR...

Cruzeiro perde para Atlético-MG, mas avança às semifinais da Copa do Brasil, veja os gols

O Cruzeiro usou a força da sua camisa e a tradição na Copa do Brasil, torneio que...

Grêmio vence o Bahia e está nas semifinais da Copa do Brasil, veja o gol

Com gol de Alisson, o Tricolor superou o time da casa por 1 a 0

Ina Wroldsen Lança novo single ‘Forgive or Forget’

A cantora já compôs para Britney Spears, Little Mix, One Direction, Anne Marie e muitos outros

Psicanalista Cristiane Medina comenta sobre depressão na terceira idade

Depressão é um problema silencioso que muitas vezes passa despercebido entre os familiares. Os idosos também podem...

MetrôRio encontra porteiro que perdeu carteira com mais de R$ 2 mil na estação Pavuna

Saga para localizar cliente, que perdeu o objeto na estação Pavuna, durou 15 dias e mobilizou várias equipes

“El Chapo” é sentenciado à prisão perpétua nos Estados Unidos

O mexicano, considerado o maior narcotraficante após a morte de Pablo Escobar, comandou o cartel de Sinaloa, maior organização de tráfico de drogas do mundo

Horóscopo de quinta-feira 18 de julho de 2019

Confira a previsão do horóscopo para o dia 18 de julho de 2019 e fique por dentro de tudo...

PDT suspende Tabata Amaral e outros deputados que votaram a favor da reforma da Previdência

A sigla também deliberou que filiados que façam parte de grupos de financiamento externo não receberão legenda do PDT para disputar eleições.

Empresários do ramo de alimentos é alvo de operação do MPRJ

Quadrilha de membros da mesma família desviou cerca de R$ 305 milhões