Na vitória do Vasco, Paulinho faz história na Libertadores

0

Estabelecer marcas e quebrar recordes tem sido uma característica forte de Paulinho desde que foi promovido ao profissional do Vasco da Gama, no segundo semestre do ano passado. Em sua temporada de estreia no time principal, o atacante entrou na história por ser o primeiro jogador nascido nos anos 2000 a balançar as redes no Campeonato Brasileiro. O garoto de 17 anos também se tornou o mais jovem a estrear e marcar pelo Vasco no Século 21.

Diante do Universidad Concepción (CHI), na noite desta quarta-feira (07/02), o talentoso prata da casa voltou a colocar seu nome na história. Com o tento anotado na etapa inicial, Paulinho superou Evander e se tornou o jogador mais jovem a marcar um gol pelo Vasco na Conmebol Libertadores. O camisa 11 se transformou também no atleta de menor idade a balançar as redes pelo Cruzmaltino em São Januário pela importante competição.

A marca mais expressiva atingida pelo atacante, porém, foi outra. Assim como no Brasileiro, Paulinho foi o primeiro atleta nascido nos anos 2000 a empurrar a bola para o fundo do barbante na Conmebol Libertadores. Após a partida, ainda no gramado do Caldeirão, o Menino da Colina não escondeu a satisfação ao falar sobre os novos recordes estabelecidos com a camisa do Vasco da Gama.

– Eu fiquei muito feliz com mais esse recorde quebrado. Fiquei sabendo ainda lá no Chile que o Evander havia conquistado essa marca. A partir daí coloquei como meta chegar no Brasil e quebrar esse recorde dele. Cheguei a brincar com ele nessa semana sobre isso. Foram várias brincadeiras sadias. Gostaria que tivesse saído com o passe dele, mas fiquei feliz por ter sido com passe do Wagner também. Espero bater mais recordes. Sempre trabalho buscando a perfeição e vou seguir assim para fazer uma carreira de sucesso – afirmou o jovem de 17 anos.

Contando com o recordista Paulinho, o Vasco da Gama retorna aos gramados pela Conmebol Libertadores na próxima semana. O Cruzmaltino terá como adversário o vencedor do confronto entre os bolivianos Oriente Petrolero e Jorge Wilstermann. Caso o Wilstermann, que venceu o primeiro jogo por 2 a 1, confirme a classificação, a partida de ida será disputada em São Januário. Se o Petrolero reverter o placar, o primeiro jogo será em solo boliviano.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.